NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

29 de jun de 2010

OITAVAS - JOGO 8 - ESPANHA x PORTUGAL

A Espanha voltou ao seu patamar de favoritismo, ou seja, é uma das principais favoritas ao título, agora que chegou às quartas-de-final. Depois de um jogo em que dominou completamente (contra a Suíça) mas mesmo assim perdeu, os outros jogos, sem mudança de panorama no controle de jogo, resultaram em vitórias - 3 em seqüência. Honduras, Chile e Portugal foram vencidos pelo futebol de toque e posse de bola espanhóis. É um time que por jogar limpo comete poucas faltas, hoje tomou o seu primeiro amarelo na Copa, não deve sofrer com desfalques, apenas tem Fernando Torres em má forma física e técnica.
Portugal disparou apenas 9 chutes a gol, e só 3 no arco; quase fez um gol porque Casillas estava muito inseguro no jogo de ontem. A Espanha, por seu turno, arrematou 19 vezes, 10 na meta. Eduardo, goleiro português foi, sem dúvida, o melhor em campo.
O time espanhol, depois desse jogo duro contra os lusos, deve ter uma baba contra o Paraguai - é a maior favorita para classificar-se às semis entre todos os quadrifinalistas. Brasil X Holanda (semi 98), Alemanha X Argentina (finais de 86 e 90) são duelos equilibrados por cima. Gana X Uruguai é nivelado por baixo, o Uruguai seria favorito pela tradição não fosse ser Gana o último time africano na disputa, com o incentivo de todo um continente. Só Espanha X Paraguai me parece um confronto desequilibrado em favor dos ibéricos.
A Espanha martelou 90' sobre um time retrancado, covarde até. Portugal abdicou do jogo e mereceu cair. Os lusos sofreram só um gol na Copa, exatamente este marcado por David Villa (olé), o melhor atacante da Copa até agora. Com 4 gols, tem grandes chances de ser o artilheiro, pois tem pelo menos um jogo fácil pela frente. Excetuando Ronaldo em 2002, que fez oito, desde 1974 os artilheiros sempre fizeram 6 gols.
Quem vai atacar a Espanha? Contra-atacar, tudo bem, há quem possa. Tomar as rédeas do jogo, acho que ninguém. A Espanha voltou, e pra mim já é a primeira semifinalista. Será que a Fúria finalmente apaga a sua fama de amarelona e surgirá como a nova campeã mundial?
É possível, pois a par de ter um time muito bem montado, conta ainda com pelo menos quatro grandes jogadores em seu time (Xavi, Iniesta, Villa e Torres - embora este, como já disse, sem suas melhores condições físicas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário