NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

28 de jun de 2010

OITAVAS - JOGO 6 - BRASIL-IL-IL x CHILE

O Chile foi melhor nos primeiros dez minutos. Então, o Brasil tomou conta do jogo por 15 minutos. O Chile voltou a se encontrar, equilibrando a peleja, tentando lançamentos pelo meio, entre os dois zagueiros brasileiros.
O nosso Ramires, do JEC, jogava bem, roubando bolas, chutando a gol, procurando Maicon pela direita. Kokô mais apagado que luz de pobre. Robinho e Luis Fabiano ausentes do jogo.
Até que num escanteio, Juan abriu o placar. Um a zero, sem merecer, contudo. Logo depois, no entanto, num contra-ataque puxado por Robinho, e passe da Bispa Sônia, gol de Luis Fabiano, após driblar Bravo.
Voltamos para o 2°T, na mesma pasmaceira do primeiro tempo. Até que, aos 14', RAMIRES, o jequeano, fez uma jogada espetacular, e entregou a bola para o Robinho, que só teve o trabalho de meter nas redes, num belíssimo gol. RAMIRES, com essa bola, já está vendido do Benfica para um time grande - a proposta da Fiorentina é só a primeira e haverá proposta melhor, só basta ver quem o levará, e alguns caramiguás pingarão nos cofres do JEC - a multa rescisória é de 30 mi de Euros - provavelmente 1,5 milhões de Euros, ou seja, uns 4 milhões de reais aportarão na Arena. Pra mim, já deveria ser feita uma estátua do jogador em frente à Toca do Coelho. Serão uns 8 milhões de reais em nossos cofres só por um jogador. E pensar que conseguimos, na "grande" gestão Mauro Bartholi - grandessíssimo malfeitor do JEC - terceirizar (diga-se acabar) com as divisões de base do JEC. Em tempo, RAMIRES foi escolhido como o melhor em campo pelo PVC, na ESPN Brasil, voto com o qual concordo, e inclusive referendei ao escolhê-lo no site da FIFA (ou ele ou o Juan deveriam ser escolhidos). É claro que o melhor em campo foi alguém que fez um gol: Robson bailarino, aquele do Ratinho.
Voltando ao menos importante - a Copa do Mundo. Tivemos hoje, entre todos, o jogo mais fácil das oitavas-de-final. Em parte porque o Brasil é bom mesmo; em parte porque o Chile é uma grande porcaria, um timeco, que em 66 jogos venceu o Brasil apenas 7 vezes. Vai ter sorte assim lá em Joanesburgo. O Brasil pode ser campeão com apenas dois jogos com alguma dificuldade: a Holanda, na próxima sexta-feira, e a final, contra Argentina, Alemanha ou Espanha. Se a semi for contra o Uruguai o jogo pode ser difícil pela rivalidade sulamericana. A Alemanha, para ser campeã, pode ser obrigada a vencer Inglaterra, Argentina, Espanha e Brasil, em seqüência.
Não consigo torcer para esse time brasileiro. Sei lá, sou muito mais JEC do que essa seleçãozinha. Acho que a Holanda mata o Brasil na sexta-feira, se o IDH for determinante; na bola não sei. Vamo que vamo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário