NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

7 de ago de 2010

JEC x TIME DO HOSPITAL

Neste domingo - dia dos pais, data que inclusive deve colaborar mais uma vez para um baixo público na Arena (mas o tempo melhorou bastante) - enfrentaremos o ajuntado do Hospital aí ao lado, que muitas vezes já deve ter sido útil à nossa torcida, nos momentos de felicidade, mas principalmente para socorrer o coração dos jequeanos nos infortúnios.
O JEC, como já adiantara, não deve sofrer mudanças (embora Edinho tenha colocado Paulo Sérgio no lugar do Fabiano em um dos treinos e Paulinho Dias parece ter sido resgatado lá das profundezas do ostracismo onde se encontrava), e o time deve ser escalado com Fabiano, Tesser, Souza, Fernando e Chiquinho; Paulinho Dias (Carlinhos Santos está sem ritmo), Luis André, Neném e Ricardinho; Marcelo Silva e Pantico. Espero que Eder, Marcelinho e Paulo Roberto já sejam opção no banco, pois habilitados na CBF.
Sobre o time do nosocômio (colocaram a enormidade de 69 torcedores no Passo D´Areia contra nós), a única certeza é a ausência de Alexandre, zagueiro, expulso e Deurick, lateral - 3° cartão. Boa notícia - se os titulares já não são lá essas coisas, imaginem os reservas! O site deles tá mais parado que olho de vidro, não consigo saber nada mais sobre nosso adversário. Apenas apurei que venceram um amistoso contra o Novo Hamburgo nesse meio de semana (1x0),
O maior risco que corremos, como quase sempre, é a bola alçada na área, que já nos lascou, p.ex., na final do Catarinense, e nessa série D contra o Operário/PR e contra o próprio Zequinha, no último sábado. Até porque segundo ouvi na rádio, o São José é um time forte, de jogadores altos.
Temos que superar a falta de treinamentos (essa semana até conseguimos realizar três coletivos, um bate bola no ginásio, dois treinos técnicos nas laterais da Arena - pra economizar o gramado), o adversário, o campo pesado, e arracar a vitória a qualquer custo.
É hora de vencer, e de preferência por 2 ou mais tentos, pois, lá na frente, a classificação poderá ser decidida no saldo de gols, dado o equilíbrio que vem marcando nosso grupo. Almocem com seus pais ou filhos, e depois disso dirijam-se à Arena. O JEC precisa da sua torcida. AVANTE, JEC!

Um comentário:

  1. O que foi aquele segundo tempo? Coisa horrível!

    emerson

    ResponderExcluir