NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

23 de out de 2010

TAPETÃO PERSA - AGUARDEMOS

Antigamente eu assistia, nas madrugadas, o programa "Medalhão Persa", em que se vendia de tudo, mas principalmente tapetes persas, com o indefectível Breno - o maior vendedor do mundo, que descrevia um tapete persa como se fosse a mais elevada obra da engenharia humana. Descrevia os fios de seda, os "mais de mil pontos" por centímetro, as figuras míticas representadas, a fênix, as aves sagradas, etc, que, no todo, geravam uma trama maravilhosa representada por aquele tapete das arábias. Terminava sua intervenção dizendo: "cerra la ventana" [fecha a janela].

Pois não é que nosso departamento jurídico e de registro aparentemente fabricou um tapetão desses que deixaria o Breno sem palavras para descrevê-lo?
Tiraram debaixo do sovaco um solução, e descobriram que um tal de Amaral, do América/AM estava duplamente irregular nos confrontos contra o JEC. Primeiro, porque jogou sem contrato, e depois com contrato registrado fora do prazo de inscrição, que se esgotou lá na segunda fase da série D. 


A última cartada vem aí!
Esse fato é a garantia de nosso acesso à série C? Aparentemente sim. Tudo indica que o direito está do nosso lado, mas ficamos na dependência da decisão da CBF. Precisamos que o Procurador do STJD aja logo, que o Tribunal acolha nosso pleito, e que a decisão seja rápida. Não há o que fazer durante o final de semana - os documentos já foram encaminhados ontem à CBF, mas como não há expediente, a decisão só deve sair na segunda ou terça. 

Há um senão: amanhã jogam América e Madureira, e o melhor seria que esse jogo não ocorresse, pra que não se diga que o fato já está consumado, que o passado é o passado. Mas isso não pode servir de desculpa: a CBF, em 2005, depois do escandâlo da arbitragem do Edílson, arranjou tempo para refazer 11 jogos. O que custa refazer um joguinho, agora entre Madureira - desde já o favorito - e o JEC.
Segunda-feira alguém deveria ir ao Rio de Janeiro, talvez o "ocupadíssimo" Presidente da FCF Delfim de Pádua Peixoto, fazer pressão, mostrar que o Joinville, além de ter o direito ao seu lado, é um Clube que já foi grande, que tem torcida, e que merece um lugar melhor no futebol brasileiro.

Se tudo se concretizar a nosso favor, então só restará arranjar um time para botar em campo. A diretoria, a imprensa, e nós os torcedores, já crucificamos quase todo mundo do elenco. Vai ser duro de arranjar 11 pra colocar em campo. Mas o Pedra, o Edinho e o terceiro goleiro - Jhonathan - vão querer jogar. Só faltam 8.
Vamos entrar pela janela que nos deixaram aberta? Que assim seja! Como já disse outra vez, o JEC já perdeu chances assim, por baixo dos panos. Por exemplo, quando por direito jogaria a série A de 1987 (fomos 12º em 1986) e foi criada a Copa União, nos tirando da jogada. Se uma vez o vento ficar a nosso favor, aproveitemos.
Agora, uma vez concretizada a tapetada, no próximo jogo, em vez de gritar o nome dos jogadores, vamos ter que aplaudir os advogados e os funcionários do JEC, pois terão sido eles os responsáveis pelo acesso. Teriam que passar a ser ídolos da torcida, para todo o sempre.
Aguardemos, porém. Nunca conto com o ovo no ânus da galinácea. Isto porque perder alguma coisa que já estava ganha de antemão, em que tudo estava ao nosso lado, é costume antigo aqui no JEC.
CERRA LA VENTANA, JEC!

13 comentários:

  1. Apesar de a vaga ser quase certa, não há como fugir da ansiedade. Se tudo der certo... ufa! Que o JEC não nos dê tamanho susto em 2011. A fórmula da série C é menos complicada, só envolve um mata-mata. Joinville precisa se planejar melhor para o ano que vem. Não pode mais vacilar tanto como este ano.

    ResponderExcluir
  2. Não sei, mas eu acho que os jogadores ainda não rescindiram com o JEC, então eles estão liberados para jogar com o Madu. Mas, sério, se a gente ganhar essa vaga, pra mim pode botar o time juvenil e até perder, essa vaga inesperada já pode ser considerada um título, tamanha a sorte que estamos tendo.

    ResponderExcluir
  3. Salve, Salve Jecqueano! Estou para escrever algo para o glorioso Jecmania, como se diz, em face dos últimos acontecimentos, mas também sofri, acredite, meus maus momentos com o empate do Coelho. Mas havia um terrível mau agouro. Explico-me. Com a presença maciça da família oliveira em Jlle, instalou-se em mim uma ancestral corrente para trás que não só me impediu de assistir ao jogo no Estádio Municipal como deve ter interferido no resultado produzindo no escrete jecano um terrível amarelão de recém nascido. Depois veio o "vas te faire enculer", do lider sindical da seleção francesa... De repente, e depois da ressaca moral, depressão, gritos e lamentos, vem esse tremendo tapetão persa...
    Não há personagem mais adequado: que ele seja anunciado por ninguém menos que ele, Breno, o maior vendedor do mundo, boooooaaa noite, mais de cinco, cinco mil nós por centímetro quadrado... Talvez o maior gênio anônimo da televisão brasileira, um Silvio Santos sem o SBT...
    Que o jec vá para a série C, e que a vontade de Alá, o misericordioso se cumpra... Salamaleico

    ResponderExcluir
  4. Emerson: certamente os jogadores ainda não rescindiram. Mas o Nereu disse que já contatou quem deve ficar. Vai ser difícil convencer esses jogadores "dispensados" a voltar e jogar. Também não estou preocupado com o resultado de eventual cruzamento contra o Madura.O negócio e ver se alguns dos juvenis terão condições (acho que não devem estar inscritos na série D).

    Estimado maledicente, corrente pra trás é pouco para que houve nessa última semana aqui em jlle. Se a engrenagem realmente mudou de sentido e passaremos a andar pra frente haverá mais um mistério a ser decifrado. Eis o mistério da fé. Aleikum Essalam!

    ResponderExcluir
  5. Naoooooooooooo, por favor, nao faça isso conosco, tapetão naoooooooooooo, desculpe-me mais nao posso aceitar isso, meu coração fala que sim, mas a razao diz que não, meu JEC tem que subir em campo, e com certeza em 2011 estarei na arena, se Deus permitir, no campeonato catarinense, mas por favor não, Sds Tricolores

    ResponderExcluir
  6. Dácio, é claro que todos queriam subir no campo, mas se o América utilizou jogador que só foi registrado posteriormente no BID, também não é certo que eles avancem de fase. E temos que pensar também no futuro: a grande chance do Joinville era neste ano. Times tradicionais foram mal, e o Joinville pegou um adversário "batível" nas quartas-de-final. Se mesmo assim não avançamos, pense no ano que vem, em que equipes tradicionais poderão estar jogando melhor e ainda por cima teríamos que enfrentar o Juventude logo de cara. Se o STJD decidir a favor do Joinville, temos que agradecer, porque será muito difícil subir para a série C ano que vem. Sem falar na diferença que diminuiria em relação aos rivais: Avaí, Figueira e Tigre estão entre as séries A e B. Seria bom o Joinville estar na série C e não ficar muito distante dessas equipes.

    ResponderExcluir
  7. Dacio, que tapetão que nada! Simplesmente a LEI estará sendo cumprida.Se o Ameérica utilizou um jogador irregular, tem que ser punido. e se a bola da vez for o JEC, que a vaga seja nossa. Ainda, se alguém puder me tire uma dúvida: se o Amaral estava irregular desde julho, os outros adversários do América não teriam direito também de ganhar os pontos das tais partidas (ou então o América perder os pontos)? Ou existe prazo para se entrar com recurso, e esses prazos já teriam terminado? Se puderem, respondam!

    ResponderExcluir
  8. Até aí tudo bem, mas o JEC demorou demais para reclamar...O jogo América x Maureira já vai ser realizado amanhã, não vai dar mais para voltar atrás. Sem contar que o erro pode ter sido lá na CBF também, pois eu vi o BID do Amaral e lá está dizendo: Gerado em 15/10/10; Vigência 15/06/10 -> 17/11/10. Será que é coincidência a geração e o início da vigência serem em dias 15? Pode ter sido um erro lá na CBF ao digitar a data da geração. A presidente do América disse que enviou os documentos para a inscrição dele em Junho.

    ResponderExcluir
  9. Pode até ter sido um erro da CBF, mas agora que a merda tá feita, o JEC não pode vender barato. Que o Márcio seja linha-dura como prometeu, e não desista desse "tapetão". Tem que ir Federação, JEC e companhia ao STJD e botar uma pressãozinha, porque, sinceramente, se falaram tanto de amadorismo por parte do América, por que eles não seriam amadores num detalhe que merece tanta atenção?

    ResponderExcluir
  10. Galera, a questao pra mim nao é o fato do jogador estar irregular (meu coração bate mais forte de alegria), mas penso (minha razao) no que vimos dentro de campo, nao estou recuperado ainda Jequeanos, e sinceramente isso me envergonha, nao o fato da "irregularidade" para subir, Sds Tricolores

    ResponderExcluir
  11. Também tenho as dúvidas apontadas pelo Alexandre Amaral e pelo Augusto.
    O advogado do América disse que o nosso prazo já teria expirado - mas não sei se tal argumento está certo.
    No mais, a alegação de erro de terceiro - da Federação amazonense ou da CBF é um argumento que merecerá análise no julgamento do STJD.
    Não tenho, ainda, certeza de nosso acesso, até porque não conheço a legislação desportiva.
    Valeu pelos comentários e boa discussão. Ab, Saudações Tricolores

    ResponderExcluir
  12. O america até pode ter feito essa megacagada, mas não é sim que temos que subir. Estariamos aceitando toda a desorganização do "Quase": quase o catarinense, quase a copa santa catarina e quase a série C.

    Imagina ver aquela trupe jogando novamente...

    ResponderExcluir