NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

5 de out de 2010

DE ESMOLAS E PATROCÍNIOS - II - A VIAGEM ATÉ MANAUS


CONVITE:

Exmos. Srs. Endinheirados e grandes empresários da "Manchester Catarinense":

Por meio desta, venho formalmente convidar a Fundição Tupy - ou a Tigre, a Consul, a Embraco, a Ciser, a Schulz, a Wetzel, o TESC, a Vega do Sul, a Amanco, etc, etc, etc, a PATROCINAR o JEC, pois existe uma boa quantidade de empresas na nossa região que poderiam adotar tal postura. Respeitosamente, convenhamos que 50 paus pro placar não convencem da existência de qualquer boa intenção de V. Sas. em relação ao Tricolor.

Lembro-vos que ano que vem estaremos na Série C, e nossos jogos serão transmitidos pela TV Brasil. Sejam parceiros prioritários nos tempos de vacas mais magras, pois quando vierem os 7 anos de fartura, tenho certeza que vai aparecer um monte de nego pra casar com viúva rica.
Se não quiserem patrocinar já, podem pelo menos tirar uma merrequinha do bolso - 60 mil, segundo o Fontan - pra custear a viagem do JEC até Manaus, e tirar um barato, posando de mecenas do Tricolor como fez a Tupy, de maneira muito inteligente para ela mesma, com o placar. Acredito que tenha sido uma das ações de propaganda - repito, não é patrocínio algum - com melhor custo benefício que já houve por estas bandas.
Com 50 merréis, tal empresa ficou sendo bem falada por uns dois meses, direto, na mídia impressa e televisiva, até que o tal placar ficasse pronto, e ainda deixará sua marca na Arena por um bom tempo (anos). Aqui não houve elogio a tal "patrocínio". A Tupy só pensou nela e na exposição de sua marca. O placar CUSTA MENOS DO QUE UMA VIAGEM DO TRICOLOR. Tenha dó!

Quem fizer tal "boa ação" deve conversar com o clube e tenho certeza que se daria um jeito de explorar a marca desse "amigo" do JEC no jogo de volta do mata-mata, em que pelo menos 15 mil pessoas devem estar no Estádio Municipal. Ademais, haveria um retorno de mídia, depois do acesso, bastante relevante. Bem conversadinho, até se poderia acertar o patrocínio master da camisa, há bastante tempo desocupado, com o risco nada desprezível de tal empresa ser lembrada como aquela que  patrocinou o time na campanha do título da Série D.
É claro que o Clube arranjou a grana pra viajar até Manaus, mas a que custo? Tirando grana da premiação futura dos jogadores pelo acesso? Fazendo eventuais dívidas? Impedindo investimentos na divisão de base - que vem fazendo campanhas bem dignas no Catarinense, que se aproxima do final? Comprometendo o final do ano, quando 13º e outras quireras terão de ser pagas pelo Clube?
60 mil. É um trocado para muitos, mas uma boa ajuda para o Tricolor. Não sei se aconteceu, mas se alguém já tirou esse dinheiro informalmente do bolso - provavelmente não - a diretoria então deveria divulgar o nome do benfeitor.
Mais uma vez louvores aos nossos atuais patrocinadores. ZUM, KRONA, TAIPA e UNIMED SEGUROS. Quem ajuda merece divulgação - ainda que muito pouca em razão da modéstia deste blog.
AVANTE, JEC!

2 comentários:

  1. Realmente, as empresas de Joinville podem acreditar em nosso acesso e aproveitar o momento para fazer "propaganda". O JEC é uma excelente vitrine.

    Aproveito para informar que todas as informações sobre o Natal Solidário da Torcida do JEC podem ser consultadas no site www.portaljec.com.br

    ResponderExcluir
  2. Caro Adilson, valeu pelo comentário. Vou informar aqui no meu blog sobre o Natal Solidário. Ab, ST.

    ResponderExcluir