NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

10 de nov de 2010

PARECE MENTIRA, MAS HOJE CONCORDO COM O "ALAGOANO"

Volto às raízes dos objetivos deste blog: falar mal da imprensa. Falar mal, a dita maledicência, é uma arte, já elevada a tal status por gente bem mais talentosa do que eu, como o Cony. Mas cometo meus opróbrios, também.
Então, voltando à vaca fria, hoje, pela primeira vez em muito tempo, sou obrigado a concordar com o "capital das alagoas", nosso mais "ilustre" jornalista esportivo.
Mas concordo com o quê? Com a seguinte frase: "A esta hora, o leitor mais atento deve estar pensando: 'O colunista pirou'". Não poderia haver mais razão nesta sentença. Pirado, isso sim. Concordo (plenamente).
Não é fácil (haja fígado) acompanhar a coluna diária de "nosso mestre". Opiniões disparatadas - mas sendo opinião até aceito, melhor, agüento -, elogios os mais diversos aos mais completos desconhecidos, e erros factuais variados e inadmissíveis. Nessa última categoria é que me desespero.
Hoje Maceió comete mais uma daquelas. E digo mais, reincide. O mesmo erro já foi cometido outra vez (confira aqui). Talvez aproveitando colunas velhas por preguiça, ele reitera o equívoco. Qualquer pessoa com inteligência abaixo da média sabe que entre 1987 e 2000 ficamos treze anos sem levantar a taça do Campeonato Catarinense, nosso maior jejum.
Aí, abro a merda do jornal e leio, pela segunda vez na coluna do imortal que "o JEC nunca passou tanto tempo sem ganhar o catarinense". Porra, nem todo mundo é burro, e o mundo não começou com Elis Regina, como sempre diz o - novamete citado - Carlos Heitor Cony (talvez eu devesse atualizar a citação, dizendo que o mundo não começou com o nascimento de Ivete Sangalo, personagem mais marcante de nosso absurdo tempo). Há coisas que aconteceram antes de tais efemérides, e que não podem ser esquecidas. Para igualar o jejum de 13 anos entre 87 e 2000, temos que perder o Catarinão de 2011, 2012 e 2013 (eis que ganhamos também em 2001), aí sim nosso querido colunista estaria correto.
Talvez ele tenha o dom da previsão - o da secação estou certo que tem - e estejamos fadados a perder os três próximos campeonatos. Nessa hipótese a ser confirmada, antecipadamente peço desculpas, Maceió. Mea culpa.
Como reza a sabedoria popular, errar uma vez é humano, errar de novo ... (deixa pra lá).

Começaram as dispensas e renovações no Tricolor. Logo volto para comentar tais mudanças e renovações em nosso elenco. RUMO A 2011, JEC!

2 comentários:

  1. É amigo, não é facil ler a coluna do Capital das Alagoas, muitas palavras de vocabulario, utilizadas em frases inoportunas.
    Agora, esse cara é um autentico pé-frio, sempre que ele elogia demais uma equipe ela acaba derrapando pelo caminho, quem o diga o Avai, que segundo ele próprio no iniio do brasileiro, brigaria por uma vaga na libertadores da américa, mas hoje esta com 82% de chances de ser rebaixado....

    Saudações de um Tricolor que nunca desiste.
    Cristiano

    ResponderExcluir
  2. É isso aí Cristiano: se o brasileiro não desiste nunca (tenho seriíssimas dúvidas disso), o jequeano decerto é que não desiste mesmo. Ab, ST

    ResponderExcluir