NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

23 de nov de 2010

MACUNAIMICAMENTE PREGUIÇOSO

"Macunaíma passou mais de seis anos sem falar. Quando o incitavam, exclamava:— Ai! que preguiça!..." (Mário de Andrade, em Macunaíma, herói sem nenhum caráter).
Pois é: que preguiça de falar qualquer coisa do JEC, quando nada acontece.

De qualquer forma, o time se reapresenta hoje. Com certeza, haverá um período curto de avaliações médicas e físicas, para então iniciar a pré-temporada. Segundo ANotícia, os trabalhos do Tricolor recomeçam com os seguintes jogadores: GOL - Paulo Sérgio e Jhonathan; LAT - Eduardo, Tesser (pende renovação) e Daniel, e da base Filipe e Ednei e Divonzir; ZAG - Fernando, Souza, Renato Santos e da base Sidney; VOL - Soler e Paulinho Dias, e da base Régis, Gabriel, Mancini e Tarcísio; MEI - Marcelinho e da base, Jocinei e Cristian; ATA - Lima, Pantico, Edinho, Marcelo Silva, e da base, Felipe, Romero e Deivid.
Teremos a volta do Aldair que está no Vitória, e Chris, Carlinhos Santos (contusão e contrato pendentes) e Ângelo enconstados no DM.

Afora esse retorno dos boleiros, o fato é que continuamos em compasso de espera em relação à decisão do STJD. Não haverá julgamento neste dia 25, então o julgamento será ou no dia 2 ou no dia 9 de dezembro, se a turma do STJD assim resolver. Parece que há vários processos para serem julgados pelo Pleno do Tribunal - o que pode ir adiando a sollução dos problemas da série D.

Ademais, não me emociono (como alguns da imprensa) com o fato de o Procurador-Geral do STJD ter apresentado recurso contra a decisão da 4ª Câmara.

Primeiro, porque o Procurador-Geral não julga o caso, não vota. É como se fosse o Ministério Público, que acusa ou dá pareceres, sem valor vinculante. Depois, porque este Procurador já esteve ao nosso lado no primeiro julgamento, e não adiantou de merda nenhuma.

Acho o mais importante do julgamento é que o Pleno do STJD poderá tender a ser mais conservador - no sentido de conservar a autoridade da CBF e do BID - até para evitar futuras alegações de "não sabia" que o jogador não estava inscrito, de que houve engano da CBF ou outros argumentos estapafúrdios como o do América - e assim nos dar ganho de causa. Continuo no aguardo de alguma notícia relevante - embora o marasmo Tricolor deva continuar por um bom tempo. AVANTE, JEC!

Nenhum comentário:

Postar um comentário