NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

29 de nov de 2010

JÁ TEMOS UM TIME DE SEGUNDA EM JOINVILLE

É, meus amigos tricolores. Há um tempo, escrevi que se não nos cuidarmos, o futuro do futebol joinvilense será logo ali, no Ernestão.

Isso porque o Caxias reiniciou as suas atividades no futebol neste ano de 2010, e parece que com um planejamento - o que falta ao JEC.
Tenho um amigo envolvido com as coisas do Gualicho, e ele me afirmou que há um planejamento estratégico detalhado no Clube da Cel. Francisco Gomes, para que em dez anos o Caxias esteja na Série A do Brasileirão. É óbvio que esse plano não é uma garantia  de sucesso, mas é a garantia de um norte, de um objetivo a ser buscado, visando evitar a dispersão de estratégia e uma conduta errática. O planejamento do JEC, por sua vez, vem sendo o de não fechar as portas.
O alvinegro conseguiu sábado, ao empatar com o Guaraná de Palhaço, por 2 a 2, o acesso à segundona Catarinense. Esse acesso é mais difícil, penso eu, do que será o da segunda divisão para a primeirona. Isso porque o Caxias estava voltando ao futebol agora, e nesse campeonato somente uma vaga existia. Ano que vem, já com uma maior experiência, e num campeonato que sobem dois times, posso quase apostar que o Gualicho estará na Divisão Principal no ano de 2012.
Então, esse é o nosso deadline, nosso prazo fatal - dezembro de 2011. Ou até o final do ano que vem estamos, no mínimo, na série C (se não conseguirmos o acesso no tapetão ainda este ano), ou de preferência, na série B do Brasileirão (tapetão este ano mais acesso no campo em 2011), para que nos destaquemos - e para que em 2012 não estejamos em pé de igualdade com o Caxias, disputando a vaga para a série D - 2013.
Se essa igualdade infeliz acontecer, será a decretação do fracasso do JEC.
Ora, se o Caxias, em dois anos de atividade chegar ao mesmo patamar do Tricolor, aquele infausto futuro terá chegado, e ele será negro para nós (ou melhor, alvinegro para eles).
De qualquer forma, parabéns ao mais novo time de segunda de Joinville.  AVANTE, JEC! REAGE, JEC!

6 comentários:

  1. Cristiano - Ainda há esperança!29 de novembro de 2010 13:03

    É triste, mas é a realidade. Temos que pensar urgente em uma forma de sair dessa draga, estamos afundando cada vez mais.
    Profissionalização já.

    Em tempo: Meu amigo blogueiro, bem que você poderia fazer um post sobre os beneficios que uma parceria bem feita, poderia trazer ao nosso Tricolor. Como exemplo cito a do figeyra, no inicio do seu projeto quando trouxe o Marco Aurélio Cunha, do São Paulo, para reestruturar todo o clube da nossa odiada capital.

    Saudações Tricolores.
    Cristiano.

    ResponderExcluir
  2. Realmente, o Joinville não pode mais tropeçar. Acredito que Joinville suporta duas equipes profissionais, mas o JEC tem que estar à frente, pois é o maior.

    ResponderExcluir
  3. Nobres, estive na final aqui em palhoça. Um estádio em pé de igualdade com o Estrela da Praia do boa vista. A torcida do caxias era quase maior que a dos donos da casa. Foi legal ver aquela garotada jogando, com um ótimo toque de bola e raça, poderíamos até contratar um meia dúzia. Creio que não será fácil para eles alcançarem a se manterem a primeirona do catarinense, mas se realmente existir esse planejamento de 10 anos, parabéns. E nosso deadline é auto-flagelação...para mim o catarinense será o deadline. Abraço a todos!!
    Antes que eu me esqueça, o melhor do jogo foi a venda de cerveja e meu velho com a camisa do America!

    ResponderExcluir
  4. Cristiano, não conheço bem os pormenores da ascensão do Figueirense. Há de se lembra que em 94, quando ganharam o catarinense, já estavam há 21 anos sem um título. O que se dizia, na época, é que o dinheiro para o ressurgimento veio de um alfabeto de letras.

    Emerson, digo e repito: estamos tendo nossas últimas chances. Em 2011, por resultados recentes, somos apenas a sexta força do Catarinense (Av, Fig, Cri, Cha, Bru) - vou escrever logo sobre isso.

    Enderson: Contra times de estádio risíveis tais como América-AM, Iraty, Zequinha, etc, etc., é que andamos nos lascando. Teríamos, por lógica, de pegar esses timecos e vencer. E, PQP,é isso mesmo: we want beer.
    Ab, ST.

    ResponderExcluir
  5. É verdade, ouve muito dinheiro de "terceiros" na subida so figayra. Mas qual é sua opinião sobre parcerias. Será que esta forma de contratar jogadores e administrar o clube ainda funcionam aqui em Joinville ou isto ja esta ultrapassado?

    Abraço.

    Cristiano.

    ResponderExcluir
  6. Cristiano: acho que Figueirense Participações, que durou uns dez anos, ou um pouco mais, deu certo porque eles colocaram dinheiro, e como remuneração, ficavam com parte do "passe" dos jogadores, inclusive da base (e que base tiveram por lá - Soares, Filipe Karminski, Henrique, Rafael Coelho, entre outros agora Willian, já ganharam uma Copa SP).
    Participação, nestes termos, de colocar dinheiro (o mais importante), não vai acontecer. Não conseguimos nem patrocínios decentes, imagina investidor. Ademais, nossa base está ainda em processo de reconstrução depois de anos de abandono - até terceirização houve. Estamos, também, sem visibilidade na mídia fora de Joinville.
    A propósito, a parceria com a WL não era parceria, era terceirização do nosso futebol.
    Resumindo, a parceria que seria aceitável - investidor sério, a longo prazo, e que invista no clube - essa não vai acontecer, penso eu.

    ResponderExcluir