NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

26 de nov de 2010

NOVO CONTRATADO E UM REFORÇO DO DEPARTAMENTO MÉDICO

Acho prematuro considerar qualquer novo jogador que chega ao JEC como um reforço antes mesmo de vê-lo em atuação com a camiseta Tricolor.
Digo isto porque contratamos o tal de Diego Zanut, que estava no Operário/PR. É salutar novidade a contratação de um jogador que pelo menos alguém viu jogar. Dessa vez, a contratação não se deu por DVD, não se deu por indicação de um zé mané qualquer: esse jogador nos enfrentou provavelmente quatro vezes (não sei se esteve em campo em todas os confrontos entre o Tricolor e o Operário/PR) e alguém deve ter observado seu futebol e gostado do que viu.
É bem verdade que provavelmente o jogador terá de passar por um período de adaptação a um esquema que se não é uma Brastemp, será levemente ofensivo, ao contrário daquilo a que estava acostumado tal jogador, eis que  jogava num time que costumeiramente atuava retrancado, num 3-5-2 mequetrefe, com todo mundo atrás da linha da bola. Quando o Sopp(erário) teve de sair pro jogo tomou duas tamancadas do Madura na Série D (4 a 2 e 6 a 2).
Bom, mas também se trata de apenas um volante. Eu sinceramente penso que se um time depende de um volante para ser um bom time, alguma coisa vai mal, vai dar errado. É óbvio que se pudéssemos ter volantes do naipe de Elias e Jucilei, Arouca ou Maldonado, eu retiraria o que acabei de dizer. Mas por aqui, volante, de regra, só destrói. O próprio Carlinhos Santos, ídolo por aqui, é um grande ladrão de bola, mas tem uma saída de bola e qualidade de passe não mais que razoáveis.
Neste 2010, se nos demos mal em alguma coisa (e realmente nos demos), não foi na meia-cancha defensiva, mas sim na armação de jogo e, no final do ano, no ataque.
Por isso, tomemos o Zanuto como nosso mais novo contratado, mas não nosso mais novo reforço - por enquanto. Se ele vai REFORÇAR o time, só saberemos quando a bola rolar e ele demonstrar alguma coisa que conquiste a confiança do treinador e da torcida.

Quem, sem dúvida será um reforço - acho que se ele estivesse na série D teríamos subido em campo - é o Chris, que hoje voltou a correr em volta do campo, no processo de recuperação da ruptura do tendão de aquiles. Acredito que Chris estará pronto para o início do Campeonato Catarinense - 2011, provavelmente reeditando a dupla de ataque com o Lima - pra mim um dos melhores avantes que já vi com a camisa Tricolor - pelo menos o melhor dos últimos dez anos. AVANTE, JEC!

6 comentários:

  1. Eu percebi o jogador em campo com o JEC na série D, e realmente me agradou, joga com a cabeça erguida e tem um bom passe, vamos ver se no Tricolor consegue manter a mesma técnica, grande abraço e Da-lhe JECCCCC

    ResponderExcluir
  2. O Chris realmente fez falta ao JEC, apesar de ter dificuldade no domínio da pelota é mortal na última bola (parafraseando o seu ídolo "alagoano").

    ResponderExcluir
  3. Dacio, eu não o notei em campo - mas também não sou tão observador de desempenhos individuais. Ouvi dizer que Zanuto tem bom passe, realmente.

    Thales, embora caneludo, na bola aérea o Chris faz a diferença - e teria feito na série D.

    Ab, ST

    ResponderExcluir
  4. Concordo Jequeano, o aproveitamento do Chris nas finalizações é muito bom, creio que é melhor até que o do Lima. Na "final" com todas aquelas chuveiradas na área, era bem possível que ele empurasse pra dentro.

    ResponderExcluir
  5. Aprovo esse Zanuto. Aquele papo de que viria jogador de série A e B era papo pra iludir coitado. Sempre soube que eles se esforçariam boas peças das séries C e D, e esse Zanuto realmente agrada. A primeira contratação eu considero acertada.

    Ah, o vizinho da Cel. Francisco Gomes conseguiu o primeiro acesso. Agora, temos mais do que obrigação de não dormir no ponto de novo.

    ResponderExcluir
  6. Realmente, a dupla Lima-Chris é a que mais me agrada. Dois jogadores com força física e faro de gol, bem diferente daquele ataque desmunhecado da série D. Acho que estamos montando uma equipe que não irá nos decepcionar na briga por essa vaga na série D (ou - tomara -na série C - ainda acredito!)

    ResponderExcluir