NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

25 de mai de 2010

UM JOGO RAZOÁVEL, TRÊS FALHAS


Às vezes nosso Tricolor consegue me irritar profundamente. Em um jogo equilibrado fora de casa, contra o tigrinho, nosso contumaz freguês nos últimos tempos, tivemos uma capacidade inimaginável de entregar a rapadura. O que era pra ser um bom resultado virou um problemaço.
Foram três (ou quatro) falhas medonhas de nosso time:
1. O pênalti do primeiro tempo que o Lima perdeu - a paradinha será proibida daqui a cinco dias, portanto, Lima, chega dessa besteira, já é o segundo pênalti que perdes - e o rebote igualmente desperdiçado (segunda cagada em menos de dois segundos).
2. Depois, uma falha dantesca do Fabiano, que depois de tentar socar a bola ficou vendido no meio da área, não tendo o atacante do Criciúma nenhuma dificuldade para abrir o placar.
3. E, por fim, uma furada do Renato Santos dessas que nem eu, lá na minha pelada semanal, cometeria.
Desse modo, um jogo que poderia ser tranquilo aqui na Arena virou uma missão dificílima para nosso time, nesta quinta-feira próxima. Como já dissera num post anterior, um amigo ex-jogador do Tricolor me alertou, no jogo contra o Figueira, que o Renato Santos não era confiável, e desconfio dele cada vez mais. Temos que virar o jogo, embora neste ano, em finais, nosso time tenha quase sempre derrapado.
Quinta-feira é dia de encher a Arena. AVANTE, JEC!

Nenhum comentário:

Postar um comentário