NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

20 de mai de 2010

EFEITO ORLOFF. ANTES DO AMANHÃ, A SÉRIE D 2010 - PARTE I

Como discorri em post anterior tratando sobre a terceira divisão (http://jecmania.blogspot.com/2010/05/serie-c-2010-eu-sou-voce-amanha.html), a série C não é muito diferente da D, ao menos na qualidade dos times; é tudo muito parelho - por baixo - e não há grande diferença entre ascender da D para a C ou da C para a B. Mas como o hoje vem antes do amanhã, é importante pensarmos primeiro no presente, para evitar a ressaca futura.
Pois bem: o Campeonato Brasileiro da 4a Divisão começou para o JEC com a divulgação da tabela e regulamento. Analiso:

Na primeira fase (Grupo A9), jogaremos contra o Oeste de Itápolis, Operário de Ponta Grossa e São José de Porto Alegre. Jogamos a primeira partida em casa, a segunda e terceira fora, quarta e quinta em casa, e fechamos a primeira fase fora novamente.
No ano passado, em todos os grupos, com exceção de um, em que o quarto colocado só perdeu, dez pontos foram suficientes para a classificação em segundo lugar. Em alguns grupos mais equilibrados até 8 ou 9 pontos foram suficientes. Dessa forma, três vitórias em casa e um ou dois pontinhos fora classificam para a segunda fase.
Manifestei preocupação decorrente do fato que ultimamente o JEC voltou a perder sistematicamente fora de casa (Brusque, duas vezes; Avaí B, Figueirense B, Criciúma), e isso terá de ser diferente na série D, não dá pra cruzar o Pórtico da saída da cidade e esquecer o futebol por aqui, sob pena de naufragar já na primeira fase, ou então, estar sempre em grande risco nos mata-matas.
Na outra chave do Sul (A10), estão Iraty, Metropolitano, Marcílio Dias e Pelotas. Desta chave sai o nosso adversário na segunda fase (primeiro mata-mata), pois se enfrentam em cruzamento olímpico os primeiros da A9 com os dois primeiros da A10, compondo assim as chaves B9 e B10.

Os vencedores da B9 e B10 cruzam-se novamente, no Grupo C5 (terceira fase). Nessa fase, em mata-mata de que reduz os contendores a 8 entre 10, o importante é não perder os dois jogos, pois se classificam os cinco vencedores e, estranhamente, também os três melhores perdedores. Nessa etapa, jogaremos novamente contra um daqueles sete times dos grupos aqui do Sul, eis que como acima demonstrei, o cruzamento volta a ser entre os integrantes dos dois grupos sulistas da primeira fase.
Dessa forma, para chegar à FINAL (para mim a final já é a disputa que garante o acesso à série C - e são quatro os que sobem), somente estes sete times (Oeste, Operário, Zequinha, Marcílio, Iraty, Metrô e Pelotas) estarão em nosso caminho. Só nessa FINAL é que pegaremos outro time, e aí ainda não dá para saber quem pode ser nosso adversário. Vamos chegar até lá, e então encararemos quem vier. Não dá pra chegar contra esses timecos? Eu acredito. AVANTE JEC!

Nenhum comentário:

Postar um comentário