NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

6 de dez de 2010

TRICOLOR CAMPEÃO E A DIVISÃO DE BASE

É óbvio que o tricolor campeão não foi o nosso - porque nos especializamos em não ganhar nada, mas o Fluminense. Isso é pouco importante, era apenas para termos uma manchete de impacto nessa lentidão em que andam o JEC e o blog.

Vamos cuidar da base, dos alicerces de nosso futuro
Nossa divisão de base - abaixo de 16 anos - venceu o Corinthians e o Paraná, ambos por um a zero, e perdeu o jogo contra o Botafogo - também por um a zero na tal de SC Cup. E nem sei se usamos todos os nossos guris, porque alguns andam treinando com o time profissional.
Parece-me que realmente nossa divisão de base começa a dar algum resultado, em um trabalho iniciado por Nardela - sempre ele - lá atrás, retomando as divisões de base para o Clube - para quem não lembra, tínhamos terceirizado nossas "canteiras".
É bem verdade que a classificação para a fase seguinte ficou difícil - precisaremos vencer o Rondonópolis e ainda será necessária uma combinação de resultados nos jogos de Corinthians e Botafogo. Mas, de qualquer modo, vencemos dois clubes maiores que o nosso, com mais infraestrutura, dinheiro para investimento na base, etc. Quem sabe daí saia um futuro melhor para o Joinville.

O Caxias, por sua vez, venceu as suas três primeiras partidas, e deve se classificar. O caminho do Caxias, para retomar seu futebol profissional, aliás, foi exatamente este, o de privilegiar a base e, com o tempo - em dez anos - chegar à Série A do brasileirão. Já disse que considero o plano ambicioso demais, mas que o planejamento deles faz inveja ao nosso (des)planejamento, ah, isso faz! E o primeiro passo já foi dado no primeiro ano de profissionalismo - embora fosse um torneio com só dois times (os outros eram figurantes), venceu e subiu para a segundona do Catarinense.

Meu único receio é de que, amanhã ou depois, empresários que estão vendo esses jogos - e obviamente que os há - venham aqui com 30 moedas, e nossos clubes, semi-amadores, não tenham como segurar esses jogadores por aqui.

Amanhã pretendo falar sobre o que anda acontecendo no STJD. Minha opinião diverge frontalmente do que vem se falando por aí. AVANTE, JEC!

2 comentários:

  1. Ramon, jogador experiente do Vitória-BA, próximo do JEC. Será que vale a pena?

    ResponderExcluir
  2. Jogou na série A, foi rebaixado, é um jogador lento. Mas acho que pode ser uma boa opção para fazermos um razoável campeonato catarinense (acho que contra Avaí e Figueira, pelo menos, não teremos chances). Teremos uma boa bola parada - cobra faltas próximas à área muito bem. Acho que tá com 38 anos. Será um meia inteligente - mas velho - que há muito não temos.

    ResponderExcluir