NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

29 de jul de 2011

AUTORIDADE NÃO SE IMPÕE OU SE EXIGE. AUTORIDADE SE EXERCE. E A TORCIDA FAZ PARTE DISSO.

O JEC vive anos difíceis, com aparente melhora nesses últimos três ou quatro anos. Tivemos períodos muito ruins e sofridos, com Bartholi, Florêncio, Adelir (Tebaldo). Esses anos de baixa causaram uma significativa perda de auto-estima do time, do torcedor, que passaram a temer adversários medíocres, a esperar sempre o pior, a não acreditar em quase nada.
O Giba, embora tenha feito um trabalho pífio nos resultados, quando aqui chegou veio com um ótimo discurso, de que dali por diante, o JEC teria de se impor em casa, mostrar que quem manda nessa merda é o JEC. Não deu muito certo na prática, mas o discurso estava perfeito.


Dito isto, passo ao tema do post: A AUTORIDADE.

Quem tem autoridade não exige ser respeitado, não impõe que o respeitem. Quem tem autoridade a exerce, naturalmente, quando lhe é solicitado que assim o faça, e a exercendo, passa a ser, mais uma vez naturalmente,  respeitado.


É isso que falta ao JEC: AUTORIDADE. Ela tem de decorrer dos fatos, de nossa postura, de nosso futebol, da organização do clube, de nossa torcida, para que qualquer time que pise na Arena pense: PQP, essa turma é foda. Esse time é bom, essa torcida é do caralho, e a lógica aqui na Arena é que percamos o jogo. Um empate será ótimo resultado. Essa autoridade moral vem faltando ao JEC.


Arturzinho, que mais do que o Giba, tem trazido isso para a prática - não é só discurso. Ele disse que em seu mandato, o JEC vai sempre jogar para ganhar. Não poderia haver postura mais adequada.
Temos visto o JEC tentando jogar com essa firmeza, buscando o jogo (a Blitz lá em Pelotas é para mim uma clara demonstração disso), marcando o tempo todo (contra o Brusque, no final da Copinha, lutamos pela bola os 90 minutos).

Manda quem pode!!!
Outro componente importante desse RESPEITO que almejamos é a participação da torcida. Muito já se falou sobre nossa galera, que tem muitos defeitos, mas vou deixá-los de lado. E elencar o que espero:
O primeiro passo É IR AO ESTÁDIO - já é um começo.
Não cornetear demais, um segundo passo.
Torcer de verdade, com estádio cheio, incentivando o tempo todo, a utopia que devemos buscar.

Prossigo: nesse quesito torcida, um comportamento digno e uma presença numerosa e constante nas arquibancadas transmitem confiança ao time e fazem com que a equipe esteja acostumada a um grande público para que, nas horas decisivas, não dê o famoso CAGAÇO no elenco.
Eu tenho uma teoria (que não é provada cientificamente, mas uma mera impressão minha) que não é só a decisão por si que nos causa problemas de amarelão, mas a presença maciça da torcida, que aumenta a responsabilidade de um time desacostumado às grandes decisões.
O cara se acostuma a jogar para 5 ou 6 mil torcedores, sempre os mesmos, e quando vê a casa cheia, sente um peso maior, e o hábito de não vencer, cumulado com uma obrigação imposta pela presença maciça da torcida, se somam e fazem as tragédias (Novo Hamburgo, Atlético-Ib, Noroeste, América, etc, etc).
Por isso, precisamos já neste domingo um time bom, jogando bem, e uma grande torcida. Dessa forma, quando chegar o Dia D - na verdade o dia SÉRIE B, a rapaziada vai estar bem acostumada com o povão, sabe que estamos lá para incentivar, e vão jogar ainda mais.

Jogando bem, com torcida presente, imporemos uma AUTORIDADE natural, e entraremos a cada domingo com a certeza do bom resultado, o elenco cada vez mais confiante, a torcida mais empolgada e cada vez mais presente.
Se fizermos o dever de casa contra a bugrada, entraremos com o Santo André ainda melhores, com mais torcida, com mais confiança, um clube melhor do que há uma semana. E aí, nossos adversários já começaram a nos olhar com respeito, com medo. Sem que nada exijamos, estaremos exercendo nossa AUTORIDADE TRICOLOR!

Tudo dito, concluo que domingo é o dia. ARENA LOTADA seria o ideal, mas me contento até com 10 mil.
Vamos ao jogo. Depois da peleja, post aqui no blog analisando a partida, com vitória - oxalá. AVANTE, JEC! R-E-S-P-E-C-T!

20 comentários:

  1. Otima chamada Jequeano,pode cre(como sempre)! Realmente é uma pena eu morar na chamada capital (vão pro inferno manezada do caralho) senão COM CERTEZA estaria na Arena pra somar com a grande massa TRICOLOR que esperamos hj no estadio.Tentei mas não consegui ir até a MANCHESTER CATARINENSE. Vou te contar como É FODA morar em território inimigo,porem SEMPRE SEMPRE usando o manto TRICOLOR.Sempre ouço insultos mas como sou minoria faço que não é comigo.É FODA FODA mas nem to pra eles. ST esperando uma vitória MAIÚSCULA,aguardo ancioso o post analisando nossos guerreiros depois da batalha.

    ResponderExcluir
  2. O comentario acima é do Edson Parana ok galera TRICOLOR.

    ResponderExcluir
  3. Edson, eu morei em floripa de 94 a 2001, e era realmente muito foda. Andava com a camisa do JEC na rua e a turma abria o vidro do caro pra me xingar. Com os outros times, o Criciúma, por exemplo, não havia essa raiva, só contra o JEC. Vista a sua camisa hoje a tarde e torça por nos. Abraço, ST.

    ResponderExcluir
  4. Que pena esse tempo, mas nós tricolores natos, ja estamos acostumados com a chuva, é com ela que ja goleamos o Criciúma, pela série C, por 5x1 e o Friburguense por 5x2. Boas lembranças das nossas chuvas.
    Daqui a pouco estarei saindo com minha capa de chuva, rumo a Inacio Bastos. Meu palpite 3x1
    Vamos JEC, para cima dos indios!
    Saudações Tricolores!!!

    ResponderExcluir
  5. É Cristiano. Com certeza uma pena a chuva, vai dar pouca gente. 6 ou 7 mil, eu acho. Quem não comprou antecipado não vai. Meu guarda-chuva, meu radinho, meu boné. Tudo a postos para as 14h30 ir tomar uma cerva na frente da arena. Ab, ST

    ResponderExcluir
  6. VALEU BROU. AE JEQUIANO E GALERA TRICOLOR, VÃO NO YOUTUBE E DIGITEM EDSON SULDOVSKI (MEU NOME E SOBREN.) E APRECIEM HAHAHA EU COM A CAMISA DA NOSSA UNIÃO TRICOLOR NO SIMBOLO DA MANEZADA DO INFERNO, A PONTE HERCILIO LUZ. IMAGINEM A FURIA DOS DAQUI (COMO SEMPRE DIGO:VÃO PRO INFERNO MANEZADA ''DEMONHADA'' DO CARALHO).

    ResponderExcluir
  7. PERDÃO GENTE TRICOLOR, NÃO É YOUTUBE E SIM GOOGLE OK.

    ResponderExcluir
  8. É... 1 x 0 para o Chapecó! Falem mais. Independente do placar final, o time milionário de vocês paga o pato por alguns prepotentes que têm aí. Bem feito.

    ResponderExcluir
  9. É 2 a 1 para o JEC , e nós que somos prepotentes?Espera o jogo termina antes de fala

    Leonardo/Floripa

    ResponderExcluir
  10. Huahuahaua. O índio anônimo nao contava com essa. Que sufoco. Que virada. Espera o jogo acabar, meu irmão. E relaxa aí, aqui nao tem prepotência. Faz que nem o teu companheiro, o Fabrício de Chapecó, chega aqui pra tirar uma onda na boa, sem raivinha E outro conselho, agora vai pra cama que é lugar quente. Pode chorar. Huahauahaua. Vamos suBir, JEC! Abraços, ST.

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkkkk. O nosso amigo de Chapecó entrou pra zuar e se ferrou. 2x1 JEC

    ResponderExcluir
  12. Quem ri por último ri melhor kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Chupa anônimo secador!!! kkkkkkkkkkkkkkk Seu trouxa, seu otário!!!

    ResponderExcluir
  13. Anônimo de Chapecó, me dou o direito de falar o que bem quiser - e olha que aqui sempre se preza a educação: VAI TOMAR BEM NO MEIO DO OLHO DO CENTRO DO TEU CU. Se queres vir aqui tirar uma de engraçadinho, pelo menos espere o jogo acabar, seu MERDA.

    Voltando ao normal do blog: que jogo difícil, mas a vitória foi crucial. Vou escrever amanhã e dizer que para mim essa virada representará o nosso acesso.
    E como disse o Jonas, o Fabrício vem aqui, tira um sarro, leva o troco, tudo na mais completa esportiva. O futebol é importante, a vida é mais.
    DOIS Abraços jequeanos, POR TRÁS, NO ANÔNIMO. ST

    ResponderExcluir
  14. Pois é, a vitória foi super importante. Mas vamos falar, quantos lá na ARENA não se cagaram quando a Chapecoense fez aquele gol, hein? Eu já estava pensando: carai, vamos amarelar de novo em casa? Felizmente o time reagiu e continuamos fortes na briga. Agora é aguardar uma semana e buscar essa liderança diante do Santo André (que venceu hoje).

    ResponderExcluir
  15. Mas eu acho que esse anônimo aí da tarde não é de Chapecó não. Se fosse acho que falaria 1 a 0 para a Chapecoense, e não Chapecó. Deve ser de Manaus o coitado, o índio falso.

    ResponderExcluir
  16. Emerson, eu não duvido que seja o sergio, de manaus. mas deisa ele, é trisste torcer para umj time ineexistente.
    Mas, embora a maledicencia, eu reconheco,eu fiqueis assustadíssimo quando tomamos o um a zero. achei que acabocetudo. ab. ST

    ResponderExcluir
  17. Mario L. Nascimento1 de agosto de 2011 09:22

    Edson, uma dica.

    Pra tu não precisar mais aparecer como Tânia (eu sei que é a esposa e não pseudônimo after hours hehehe), seleciona perfil Nome/URL. Depois digita o teu nome e deixa a URL em branco.

    Abraço e força aí, na capital menos importante do Brasil.

    ResponderExcluir
  18. Mario L. Nascimento1 de agosto de 2011 09:39

    Agora, o jogo.

    Tomamos sufoco no 1º tempo e ainda bem que, depois de muito tempo, temos goleiro e a turma da tribo não tem pontaria.

    A diferença de características técnicas deu ao time do oeste (pesado e que bate muito, como desde os tempos do Beiço) vantagem quanto ao gramado. A armação do JEC, a cargo do Ricardinho e do Jaílton, não se encontrou e deixou espaço para a correria muito bem organizada pelo Ovino. Ele foi inteligente e mandou o time para cima, sabendo que o JEC não tem jogadores de força para jogar em um gramado como o de ontem. Competência nossa, temos goleiro. Sorte nossa, não tiveram competência para marcar.

    Mas eles deram sorte também. No gol no começo do 2º tempo assustou, a bola ia passar longe, mas bateu no Linno. O Miro do meu lado já praguejou que o empate já tava bom. "Não vamos conseguir virar".

    Mas, como disse Artur, o Breve, papai do céu ajudou. Dois gols em dois minutos (mesma média do famoso Glória - drei minuten, drei gols) foram suficientes para a virada.

    Depois o jogo foi igual. E o Ovino sempre apostando que o JEC não iria ter grande volume de jogo no campo do jeito que estava. Foi pra cima com tudo, colocando dois atacantes. Sua lógica foi perfeita. Perder de 3 ou 4 não seria nenhuma tragédia. Arriscou e não se deu bem porque a defesa do JEC está muito bem. E TEMOS GOLEIRO!!!

    Agora é fazer o serviço no Santo André, assumir a liderança e beliscar pelo menos mais um pontinho fora de casa. Assim vai dar pra ganhar o "título simbólico" do 1º turno e encaminhar a classificação.

    JEC, rumo à série B, mesmo que a profissionalização ainda não tenha chegado como deveria...

    ResponderExcluir
  19. Edson Parana (fpolis)1 de agosto de 2011 09:58

    Obrigado pela dica ok Mario L. Nascimento. ST.

    ResponderExcluir
  20. Edson Parana (fpolis)1 de agosto de 2011 10:01

    IUPIIIIII CONSEGUI HAHAHA KKKKKK. A CULPA QUANDO NÃO É DA ''MARDITA'' PINGA É DA ''MARDITA'' RESSACA.

    ResponderExcluir