NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

2 de jun de 2011

MARCÍLIO E JEC - COMO FOI NOSSO TIME "NOVO"?

Em resumo: jogou como nunca; deixou de vencer como sempre!
Pra onde vai esse time?

O Rafa, meu amigo, até me ligou para irmos a Itajaí ver o jogo, mas, convenhamos, seria dose pra leão, ao menos antes de o jogo começar, fazer a viagem.
Jogada a partida, o que se pode dizer?

O Mira, no intervalo elogiou, disse que faltou um atacante matador - esse já sabemos quem é - e houve o mais importante - muita vontade. Até que enfim o time esfregou a bunda no chão. Pelo menos nos primeiros quarenta e cinco minutos - parece que no segundo tempo também, embora eu pense que o time tenha perdido fôlego no final. Fizemos um bom jogo.

Ouvi na rádio, tentei assistir na twitcam (não sei se a minha conexão é que é ruim, mas com a imagem pausando não consigo ver), e aparentemente melhorou - também, se piorasse depois das últimas duas partidas seria o fim.

No segundo tempo, embora aparentemente tenhamos ficado com a bola quase todo o tempo, tomamos o gol em chute de longa distância.
Corremos atrás e aos 39 empatamos, com um pênalti mal batido (na verdade, pênalti mal batido é o que não entra, logo esse foi perfeito) pelo nosso camisa 10. O pênalti se originou em jogada com a participação do Chris. Peço encarecidamente: não deixem o Chris no ostracismo, esse cara ainda vai ser titular, pois a melhor dupla de ataque que tivemos por aqui, em muito tempo, foi Lima e Chris, e os dois estão aí, não vamos desperdiçar!!!
Aos 42' Tiago Real poderia ter virado, mas chutou por cima.
Acabou empatado.


Considerações:
Vou começar uma campanha tal qual a do Mário, nosso comentarista aqui do blog (Profissionaliza Já): Tira a bola parada do pé do Ricardinho!!!!!!!!!!!! A bola sempre vem à meia altura, bate na barreira, não acontece porra nenhuma. Quem vem batendo bem na bola são Jocinei e Aldair, mas ambos serão reservas na Série C, pelo que entendo das idéias do Gilberto. Então achemos alguém que consiga jogar essa bola - sempre - dentro da área, na marca do pênalti, pois com Lima e Chris faremos gols de bola parada - desde que ela chegue.

Vamos tratar da bola parada!
Já cansei de dizer, e repito: na Série C a bola parada será importantíssima. O Giba tem que achar alguém que consiga botar essa merda de bola dentro da área. Não admito que a bola parada pare na barreira, quando se busca o cruzamento.

E minha profecia se realizou: empatamos, e o Giba, entrevistado, disse que viu melhorias, gostou da estréia de alguns jogadores, que estamos evoluindo, etc... Pode até ser verdade, mas a entrevista não podia ser mais previsível.

Nardela, o mito, disse que o time evoluiu: então eu acredito. Disse que o time foi MUITO (palavras dele) superior ao Marcílio, mas faltou um atacante.
Opinião minha, só depois de domingo, pois eu vou, sim, à Arena no domingo, ver o JEC contra o Metrô. Não consigo boicotar esse time. Hoje reproduzi o que disseram na rádio. 
Vamos deixar essa turma de hoje pegar ritmo, entrosar, para ver se vai dar liga. Pelo menos, deixamos a lanterna para o Concórdia (e o Brusque já ganhou o Turno). É uma "grande" evolução. AVANTE, JEC!

Ficha técnica: Marcílio Dias 1 x 1 Joinville, Hercílio Luz, 02.06.11
Joinville: Ivan; Eduardo, Linno, Renato Santos e Danilo Tarracha; Júlio Bastos, Glaydson (Tiago Real), Ricardinho e Ramon; Aldair (Jailton) e Ronaldo Capixaba (Cris). T: Giba
Marcílio Dias: Fabiano; Rogerinho, Ferreira, André Luís e Renan; Leandro Melo, Nilson Sergipano (Baraca), Ildemar e Maicon (Maicon Jr); Joelson e Leonardo (James). Técnico: Joceli dos Santos.
Gol: Ramon aos 39 do 2T.

18 comentários:

  1. Jequeano, ouvi o jogo pela rádio, e confesso que estou cansando de ouvir dos comentaristas "jogou melhor, merecia ganhar e bla bla bla"...
    Ora, fazer gols também faz parte do jogo, e merecimento no futebol ganha no máximo um troféu Esforço Coletivo, e não os jogos (em suma, o que interessa).
    Desculpe-me se pareço negativista, muito pelo contrário, não sou corneteiro e quero como todos nós que o Joinville vença todos os seus jogos de goleada, mas essa de "merecia mas não ganhou" não cola.
    Se a Itália é tetracampeã mundial, com aquele tradicional futebol "vistoso" e a Holanda no máximo é vice, o que nos resta observar é que o que importa é o gol, as vitórias, o título, a taça lá dentro da sala de troféus não é mesmo? O resto nem pra história fica.
    Continuo torcendo pra que o time mude da água pro vinho, como sempre digo, e que jogue bem sim, mas que comece a fazer resultados!
    No mais, FORÇA JEC!!! E sorte, ou sei lá o que falta...

    ResponderExcluir
  2. Sandrão - JOINVILLE3 de junho de 2011 08:07

    Continuarei firme no meu propósito de não ir a Arena assistir ao JEC jogar bem e não ganhar.

    Ontem nem pelo radinho ouvi... fui passear e jantar fora com a dona patroa e fazer uma média... hahaha... agora vejo que fiz o certo! ;)

    Abraços... e bom FDS a todos!!!!!

    ResponderExcluir
  3. André, sei que não és corneteiro e na verdade todos temos o direito de nos desiludir com o time. O JEC precisa voltar a ganhar - e não a Copinha, mas em grande nível. A gente vai se acostumando a perder, e quando quer ganhar, não sabe mais como.

    Sandro, baita idéia de fazer uma moral com a patroa. Fiquei no rádio e a minha sumiu. Economiza agora, fica com créditoss pra gastar no ano que vem, na série B, quando vai ter jogo terça e sexta à noite.
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  4. Mario L. Nascimento3 de junho de 2011 12:22

    O clube não tem projeto. O time não tem personalidade. A imprensa não tem competência (nem a direção do clube). A torcida (quase) não tem mais paciência.

    Consequências:

    Sem projeto, não tem patrocínio. Só essas merrecas que conseguem e que, a julgar por algumas entrevistas, se devem somente ao prestígio de um dirigente (aquele que disse que se sair todos os patrocínios vão com ele).

    Sem personalidade, o time perde (ou deixa de ganhar) jogos fáceis de times inexistentes.

    Sem competência da imprensa, não há cobrança. Sem competência da direção, não aparecem projetos nem correções de rota (qualquer caminho é bom para quem não planeja).

    A torcida sem paciência começa a vaiar nos primeiros erros. O que dificulta ainda mais o trabalho (existe esse trabalho?) de dar alguma personalidade ao time.

    É uma ciranda. Uma coisa leva a outra. Continuando assim vamos asssitir a mais uma década de fracassos. A situação do clube vai ficar cada vez pior. Talvez não esteja assim para quem negocia jogadores...

    Só para não deixar esfriar a "campanha":

    PRIFISSIONALIZAÇÃO JÁ!!!

    ResponderExcluir
  5. Não acompanhei o jogo nem via twitcam nem via rádio, mas, pelo que leio, parece que o time resolveu jogar bola. Até o Little Richard (que eu disse ontem que é "certo que não vai dar certo") foi elogiado num certo blog. Tarracha bem e Ivan bem - vi o gol e era um chute indefensável. As poucas mas retumbantes críticas foram dirigidas ao setor ofensivo da equipe, pois a equipe criou, criou, criou e só fez aquele golzinho no final com o Ramon, de penâlti. Pra ver como faz falta num jogo o Limatador.

    ResponderExcluir
  6. Não houvi o jogo, mas pelo que foi noticiado, parece que o time foi bem.
    Assiste hoje os melhores momentos, e realmente parece que "ouve uma evolução" (palavras do nosso estimado Giba), o Marcilio só chegou em chutes de longa distancia, o gol deles foi um achado.
    Isso mostra que nossa defesa e nossos volantes foram bem. O Tarraxa também jogou bem, apoiando e marcando, assim como o Eduardo.
    Vamos aguardar no domingo, assitindo o jogo ao vivo na arena.
    Saudações Tricolores

    ResponderExcluir
  7. O Emerson tem razão, falem o que quiserem do Lima, mas ele em campo faz a diferença!

    ResponderExcluir
  8. Pessoal, pintou o rival do velho "Jecão": O "Zarco do Pinguim sem freio"

    http://caxiasfc.blogspot.com/

    Deem uma olhada no bus deles.

    ResponderExcluir
  9. Em relação à configuração da decisão, teremos um JEC x Brusque na final (nem me permito pensar em final diferente dessa). Chegou a hora de dar o troco nos marrecos.

    ResponderExcluir
  10. Essa ciranda falta de planejamento, falta de time, falta de profissionalismo é um problemaço que corrói nosso clube, Mário. Às vezes, ouvindo o Moysés Cândido tenho a impressão que há uma esperança. Já o ouvi esquadrinhando nossos adversários da primeira fase, quem será perigoso (Chape e Caxias), quem estará mais fraco (Brasil e S. André). Parece que pode existir dentro do clube alguém que olhe além de seu próprio mundinho.
    Emerson, parece que o Chris vai se recuperar - ainda tem praticamente 60 dias para voltar à forma. Com esses dois em forma (Lima e Chris) acho que temos um ataque que nos leva à Série B, até mesmo com um time meia-boca.

    Cristiano, realmente, pela rádio, o Tarracha e o Eduardo foram bem. Espero que realmente tenhamos dois laterais bons, porque sem laterais o jec historicamente vem sofrendo. Tesser era nosso desafogo por anos.

    Que venha o Brusque (se é que chegaremos à final). Ab, St

    ResponderExcluir
  11. Chris e Lima serão o nosso "Bebeto-Romário" na série C. Papa essa, Tricolor!

    ResponderExcluir
  12. Se bem que o Giba disse que a formação ideal na série C é Lima e Jaílton no ataque (fonte: twitter do fronzi). Não é uma dupla qualquer essa também.

    ResponderExcluir
  13. Emerson, que seja Lima e Jailton; mas quer ver uma diferença? Ano passado era Charles, Pantico, Eder, Paulo Roberto. Vês ALGUMA diferença?

    ResponderExcluir
  14. E agora teremos opções (Capixaba, Chris e Aldair) muito melhores no banco.

    ResponderExcluir
  15. Chris e Aldair, sim. Capixaba... esse eu não sei. Mas de fato temos mais qualidade na frente.

    ResponderExcluir
  16. Sandrão - JOINVILLE3 de junho de 2011 17:21

    Tomara que não estejamos melhorando lá na frente e levando lá atrás (ops!!).. kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  17. E o jogo às 10 horas, é pra ir alguém lá ou não?

    ResponderExcluir
  18. 10 horas da manhã é horário de treino...

    ResponderExcluir