NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

1 de jun de 2011

APROVEITAMENTO DE 40% NO ANO - NÃO É SUFICIENTE NA SÉRIE C

Tive um estalo durante o jogo de Brusque x JEC, por um ouvinte do jogo, que se não me engano passou uma mensagem para Cacá Martan (que chique o nome francês!!), de que o Joinville, neste ano do senhor de 2011, só havia ganho 7 partidas. Fui conferir, e é a mais pura e triste verdade.
Ganhamos de times sérios só duas vezes (Avaí e Chapecoense, em casa). Depois ganhamos de timecos, como Imbituba - lá e cá, Concórdia - lá, Marcílio - lá e Brusque - aqui.
No mais, foram 7 empates e 8 derrotas. Disputamos 69 (ui!) pontos e fizemos 28, com um aproveitamento 40,58%.

Com um aproveitamento nesse patamar, tenho uma boa e uma má notícia. A boa é que seria difícil sermos rebaixados para a Série D, pois faríamos 9,7 pontos, ou seja, ou 9 ou 10 pontos na primeira fase da Série C (mas e bom se ligar, pois houve um time que caiu mesmo com 10 pontos).
A ruim é que com esses 10 pontos, é quase certo que não classificaríamos para a segunda fase. Ninguém se classificou com 10 pontos, ano passado.

Há um agravante: nossos maus resultados em casa, ultimamente.
Digo isso porque um aproveitamento de 50% na Série C, em cada fase, pode ser suficiente para o acesso, penso eu. E isso significa que "apenas" vencer TODOS os jogos em casa seria bastante para subirmos para a Série B. Mas estamos pífios na Arena.
Em 3 dos 4 grupos da primeira fase da Série C-2010, doze pontos bastaram para a classificação à fase seguinte. Só em um grupo, muito desequilibrado, foram necessários mais do que 12 pontos. Mas, se alcançarmos 4 vitórias, classificaríamos pelo critério de número de vitórias em quatro de cinco grupos. Portanto, vencer na Arena é quase uma obrigação, mas que tem sido muito difícil de cumprir. Confira aqui como foram os grupos da Terceirona ano passado para ver o que nos espera.
A conclusão é uma só: nessa toada, vamos fazer figuração na Série C, ou seja, precisamos nos três meses da Série C MAIS DO QUE FIZEMOS nesses primeiros cinco meses de 2011.
Que o "novo" time - que o Giba ainda não colocou em campo - seja realmente melhor do que este dos "quarentinha por cento" se quisermos alguma coisa, até porque não vamos mais pegar babas como Imbituba, Concórdia, Marcílio e Brusque na Terceirona. A turma que vem por aí é carne de pescoço. E na Copinha, até agora, estamos com menos de 20% de aproveitamento. REAGE, JEC!

6 comentários:

  1. É verdade. Precisamos melhorar. Vamos torcer para que o "professô" Giba ajuste bem o time até o início da C. Ouso dizer que 4 vitórias, no nosso grupo, servem para a classificação. Num grupo tão equilibrado deverá haver muitos empates, o que vai diminuindo a chance de classificação de alguns. Ganhar 4 em casa, essa é a meta do JEC. Isso vale para a segunda fase. Quem for bom mandante nesse campeonato conseguirá o acesso.

    ResponderExcluir
  2. Só uma correção, Jequeano: não são cinco grupos, são QUATRO. E uma curiosidade: no grupo A o Fortaleza foi eliminado de forma INVICTA, 2 vitórias e 6 empates, e o segundo colocado, que se classificou com os mesmos 12 pontos, obteve 3 vitórias, 3 empates e 2 derrotas. Isso só reforça a sua tese de que é fundamental ser um bom mandante. Embora ganhar 4 e perder 4 seja uma verdadeira prova de irregularidade de uma equipe (só estou exemplificando, não creio que o JEC perca as 4 fora, apesar de a equipe não estar passando confiança no momento), o que importa é passar de fase. Não adianta ficar invicto, como o Fortaleza, e não conseguir o acesso.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com o Emerson, podemos dizer que o Fortaleza foi regular na série C do ano passado, pois não perdeu nenhuma partida fora de casa, porém em casa perdeu pontos, que no final acabaram fazendo falta.
    Então a lógica é, em dois jogos, casa e fora, vale mais uma vitória e uma derrota, do que dois empates!
    Vamos jogar para vencer Jec, nada de retrancas.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Por curiosidade fui atrás dos números do JEC nas mãos do Giba:
    - 3 vitórias (2C, 1F), 6 empates (3C, 3F) e 3 derrotas (1C, 2F) *C-Casa, F-Fora;
    - 15 pontos conquistados de 36, aproveitamento de 41,67%
    - Se tirarmos os 2 jogos da Copinha, supostamente sem motivação, chegamos a 14 de 30 disputados, aproveitamento de 46,67%.
    Olhando esses números a constatação é a mesma feita pelos colegas, temos que melhorar em casa e manter o aproveitamento fora.

    ResponderExcluir
  5. Emerson, é óbvio que são 4 grupos. O erro decorre da minha incapacidade matemática de dividir 20 por 5. Vou corrigir. E tens razão: o importante é vencer. Como não acreditas que o JEC perca todas fora, também tenho dificuldade em crer que ganharemos todas em casa. Vai ser sofrido.

    Cristiano, empate em casa é igual a derrota. o Fortaleza, invicto, foi pro pau, com 6 empates. E isso mesmo, temos que ir pra cima dos adversários e arriscar mesmo fora da Arena.

    Thales, o Giba tá até um pouco melhor do que os antecessores, mas também não é nada de espetacular. Precisamos subir nosso nível e temos 45 dias para fazer isso.
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  6. Sandrão - JOINVILLE1 de junho de 2011 16:03

    Temos que pensar SÓ em vitórias dentro da Arena.

    Se o time se comportar bem dentro de campo, e se mostrar batalhador, aguerrido, raçudo... nós torcedores vamos nos empolgar e transformar a Arena num caldeirão. Essa diferença de postura do time em campo que está faltando.

    Deixemos os empates para as partidas fora de casa!

    É possível sim... e particularmente, acho a série C mais fácil do que a série D.

    Vamos JEC.... porrrrrrrrrrraaaaaaaaaaaa!!!!!!!!

    ResponderExcluir