NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

14 de abr de 2011

NÃO DEU... A SÉRIE C CONTINUA CURTA - E PERIGOSA

Todo aquele verbo que gastei outro dia, sobre a possibilidade de uma nova Série C foi por água abaixo. Também, com uma informação de um jornal de Maceió, queriam o quê? Vamos com uma primeira fase igual a dos dois últimos anos.

Vamos, então, rapidamente, ao nosso grupo (GRUPO D) e os jogos MAIS IMPORTANTES DO ANO DE 2011.
Como era previsível, nosso grupo é JEC, Chapecoense, Brasil cagado em Pelotas, Caxias/RS e Santo André/SP.

Nossos jogos:
  
Folga na primeira rodada (já começamos com zero ponto na 2ª rodada, enquanto outros já terão alguma coisa (em compensação, poderemos mandar observadores para ver os quatro times antes mesmo de estrearmos)


Brasil x JEC - 23.jul
JEC x Chapecoense - 30.jul
JEC x Santo André - 06.ago (aniversário da bomba atômica)
Caxias x JEC - 13.ago
Santo André x JEC - 20.ago
JEC x Caxias - 27.ago
Chapecoense x JEC - 03.set
JEC x Brasil 10.set
Folga na décima rodada (não podemos chegar aqui dependendo do resultado dos outros jogos).

Observem que essa primeira fase dura apenas de 23.jul a 10.set, ou seja, em pouco mais de 45 dias definimos nossa sorte na Série C. Isso significa que o time tem de estar pronto na estréia, focar nesses 45 dias, não deixar nada atrapalhar.
Não dá pra fazer, nesse curto período, qualquer correção de rota. Nossas escolhas serão definitivas, nosso time entrará num caminho sem volta: ou começa bem e vai bem, ou fode tudo.
Houve mudanças na segunda fase, com mais jogos e datas (dois grupos de quatro, em turno e returno), ficando um campeonato um pouco mais longo e interessante para quem se classifica para essa nova fase, mas isso não me importa agora. Agora é pensar e concentrar, sem perder tempo com mimimi, com lero-lero, sem distrações, para fazer uma ótima primeira fase.

Nessa, são apenas 8 jogos que decidimos nossa vida. Em primeiro lugar, buscamos A PERMANÊNCIA NA SÉRIE C. Classificar será conseqüência de um planejamento bem feito. Cair, resultado de cagadas. E a linha é tênue entre sucesso e fracasso num campeonato tão curto. Se o JEC cair de novo seria a completa tragédia.
Então para os menos letrados (ou alcóolicos anômimos): um mandamento: uma dia, um passo de cada vez: 
PASSO 1 - NÃO CAIR PARA A SÉRIE D.
PASSO 2 - CLASSIFICAR PARA A SEGUNDA FASE
PASSO 3 - NEM É HORA DE PENSAR AINDA, MAS, CONSEGUIR O ACESSO.
AVANTE, JEC!

PS: que pague uma multa de um milhão quem lê este blog, e quiser deixar de lê-lo. Pra bom entendedor, meia.

16 comentários:

  1. Vamos preparar o coração! Haja coração!

    ResponderExcluir
  2. Sandrão - JOINVILLE14 de abril de 2011 16:28

    Jequeano..

    Já vi que era fã do New Kids on The Block .. hahahaha... step by step!!!

    Meu medo maior é a última rodada antecipada em relação aos demais. Se dependermos de alguma combinação de resultados ... FODEU! Mais fácil os outros fazerem maracutaia pra ferrar o JEC!

    Temos que ganhar os 3 primeiros jogos: 1 fora e 2 em casa... e garantir os 9 primeiros pontos já de cara!!!

    Li no blog do orelha (rsrsrs) que a multa rescisória do Jailton é de alto em torno dos 10mi, enquanto que a do Lima é de 300paus. Mais fácil perdermos o Lima do que renovarmos com o Jailton para a série C! Uma pena!!!!!!

    VAMO QUE VAMO JEC !!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Sandro, é mais fácil ser alcoolatra que fá do NKOTB. Acho que a única vantagem de ficar de fora da primeira rodada será (se o jec for profissional e mandar alguém ver os jogos - o Giva vai num e o seu auxiliar noutro) a possibilidade de observar.
    No mais, a multa, pelo que apurei, está no Pronto Socorro.
    Como disse Emerson, haja coração!

    ResponderExcluir
  4. Não vai ser moleza...mas temos um bom tempo pra se preparar ainda. Nada como entrar no campeonato com a taça do catarinense!

    Esse ano vai, tem que ir!

    VAI JEC!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Na minha imparcial visão de torcedor,tenho que o JEC fecha a primeira fase com 24 pontos em oito jogos. Hahahaha. Eu não consigo deixar de ser otimista, deve ser uma doença. Hahaha. Olha só, falando sério, passando para a segunda fase teremos um grupo de 4 clubes com turno e returno, portanto, seis partidas. Para atingirmos o passo número 3 (acesso), teremos que terminar pelo menos em segundo nesse grupo. Tenho que a pontuação ideal, para não corrermos risco, é de doze pontos. Logo, na segunda fase o negócio é fazer o dever de casa e matar algum índio, gaúcho, carioca ou paulista fora de casa. Vamos conseguir, afinal, aqui é JEC porra!

    ResponderExcluir
  6. Esta chegando a hora, fico numa agonia só de pensar. Como disse o Sandrão, temos que marcar 9 pontos nos 3 primeiros jogos, assim administrar o resto da primeira fase.
    Gostei dessa mudança na 2º fase, mesmo errando em algum jogo, podemos conseguir o acesso.
    RUMO A SÉRIOR B!

    ResponderExcluir
  7. De qualquer maneira, temos que fazer as vitórias na Arena, não importa como. Não vai dar para titubear, não dá para perder pontos em cagadas tais como Marcílio, Concórdia, Metrô. Na primeira fase, pelo menos 10 pontos em casa, mas o ideal seriam 12. Ano passado, nessa chave, o Criciúma ficou em primeiro com 12 e o Juventude foi rebaixado com 8. Vejam só quanto equilíbrio. Ab, ST

    ResponderExcluir
  8. É mesmo, não dá para titubear em casa, e não vai ser fácil ganhar, mesmo em casa! Aqueles times gaúchos - e a Chapecoense também, pois joga um futebol estilo gaúcho - vão vir aqui na ARENA ligados, catimbando, fechando lá atrás, sem dar espaço. Vai ser pedreira. Série C é guerra, gente. Muitas vezes o futebol é o que menos se vê num campeonato com essa fórmula. Vamos ter de estar ligados para não perigarmos na tabela.

    ResponderExcluir
  9. Sandrão - JOINVILLE15 de abril de 2011 17:07

    Seremos campeões catarinenses esse ano (decidindo com os Crica aqui na Arena)... e vamos subir para a série B!!

    Escreve aí jequeano.. que o dia que isso acontecer... vamos tomar 1 cerva por cada dia de hoje até a data do acesso! hahahaha.. pensa num porre !!!!

    Todas lá no Marabá, fechado? haha

    ResponderExcluir
  10. Sandrão - JOINVILLE15 de abril de 2011 17:09

    E tem mais...

    "os hómi" foram pra Ctba ontem (Nereu e Giba, com Moisés abrindo caminho na serra do mar)...

    Tô botando fé que Jailton, Matheus e Tiago Real fiquem para a série C. O único problema é que Jonatas ficaria goela abaixo, e sendo assim, teria que continuar escalando ele pra dar visibilidade.

    Hoje tô inspirado.. muito mãe Diná... hahahaha

    ResponderExcluir
  11. O Jequeano vai ficar famoso, o Sandrão tá fazendo propaganda do blog lá no Castiel.

    ResponderExcluir
  12. Pô Emerson, fui lá conferir o comentário do Sandrão nesse blog. Então quer dizer que o Castiel vai propagar os blogs dos clubes, dentre eles este aqui, legal, legal. Quando a gente voltar para a série A o Jequeano pode ser o nosso blogueiro no portal da Globo. Hehehe. Que tu acha Jequeano? Tu vai concorrer com o humor do Arthur Muhlemberg, titular do Blog do Flamengo. Voltando ao blog do Castiel, e bem, nada a ver com o assunto acima, mas assisti ao video que tem no blog dele e reparei que ele e os jornalistas setoristas do Figueira e do Avaí, na RBS aqui da capital, são gaúchos (presumo pelos sotaques). Não sou xenófobo, gosto do povo gaúcho e especialmente das gaúchas, mas sou da opinião que ter pessoas da terra cobrindo o esporte local é sempre melhor, afinal cresceram na terra e conhecem a história e as peculiaridades do futebol daqui. Nesse ponto, apesar de não ser fã do Diego Santos, tenho que admitir que prefiro ele cobrindo os bastidores do JEC do que algum gaúcho importado pela RBS.

    ResponderExcluir
  13. Mario L. Nascimento16 de abril de 2011 01:21

    Jonas,

    eu gostaria que o pessoal que cobre o esporte fosse todo da terra. Seria bom mesmo. Mas se você reparar bem, estes são sofríveis. Nossa imprensa (?) esportiva precisa melhorar muito pra poder ser considerada medíocre. O cara mais influente era (será que ainda é?) o Alagoano, ídolo do Jequeano aqui... rs (reparem que eu disse o mais influente...). Hoje ele está defasado. Não acompanhou a evolução dos meios. Mesmo com suas barrigas e seu texto rebuscado muitas vezes (todas, Jequeano?) errada e inutilmente, era o cara que tinha os melhores contatos e trazia as "quentes" pré-intenet.

    Se não considerarmos o pessoal que está escrevendo, falando e aparecendo na internet, sobra quem? É lastimável. Com certeza uma das razões para a situação do esporte de Joinville.

    Eu citaria como exceção o Jeferson Cioato, de AN, que não tem mais tempo de escrever o blog Os Impedidos, o que havia de melhor na imprensa "convencional". E ele é de fora. Gaúcho.

    Eu chamaria a atenção para a "invasão" gaúcha na mídia de Fpolis. É o diferencial que leva nossa capital muito acima do que representa na realidade catarinense. Tome como exemplo a imprensa esportiva e verá que deixaram a dupla dinâmica manezinha de torcedores com microfone somente para o folclore e profissionalizaram tudo. Como estão na ilha da fantasia, divulgam os timecos de lá com descarado privilégio, como se representassem mais na história e na torcida do que os outros. É uma das razões para a situação atual. Mídia, divulgação e consequente patrocínio. Além, é claro, da profissionalização, que estamos longe de ver no JEC.

    Então, que bom se tivéssemos gente da terra com competência. Como não temos, uma invasão gaúcha seria bem-vinda. Competência não lhes falta. E digo isso com a experiência de ter morado nos 3 estados do sul. Os gaúchos estão anos luz à frente dos outros.

    Em tempo, excluo também da mediocridade reinante o Wilson França, com seus belos textos no blog.

    ResponderExcluir
  14. Muito obrigado pelos elogios e referências ao meu blog.
    Concordo com vcs, nossa imprensa é, de regra, ruim - o início do blog era exatamente pra isso, para meter pau na imprensa. Tenho me atido mais ao JEC, mas de vez em quando dou minhas cacetadas. Ab, ST.

    ResponderExcluir
  15. Concordo com o Jonas, ano que vem o Jequeano vai ser o nosso colunista no Blog do Torcedor da Globo.com.

    Em relação à nossa imprensa, realmente faltam bons nomes. Eu particularmente aprecio o trabalho do França, do jovem e promissor Fronzi, do Diego Santos (mas também já xinguei esse cara hehehe), do Deco, do RDB (que agora é assessor de imprensa do Gaylixo), do Juliano Schmidt, do Juca Miguel, do Elton Carvalho (leitura obrigatória de manhã cedo). Da bancada do programa dominical (nós sabemos que programa é esse) acho que se salva o Luís Carlos de Carvalho. Além desses aí, acho que todos os blogs que tenham o JEC como tema principal são excelentes, especialmente o SOUJEC e o JECmania.

    ResponderExcluir
  16. Emerson, não tenho essa pretensão - globoesporte, e nem a vontade de sofrer processos criminais movidos por aqueles que eu xingo. Não tenho dinheiro para ações por danos morais, além disso. Grande abraço, ST

    ResponderExcluir