NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

28 de abr de 2011

COMO DIRIA MINHA MULHER: VAMOS ÀS COMPRAS!

Domingo passado, na Folha de São Paulo, uma reportagem de nome "Fim de Ano" mencionava que o ano praticamente já acabou para Paulista, Noroeste, Ituano e vários outros times do interior paulista.
Cada clube paulista (pequeno) recebeu 1,8 milhão de TV para disputar o Estadual (ou seja, para um campeonato de 3 meses, tais clubes tinham um cacife de 600 paus/mês), e com essa grana, nós que recebíamos 200 mil de TV pelo campeonato inteiro, não tínhamos como competir com aqueles clubes.
Daqui pra frente, temos (um pouco mais de) condições para tanto.
Para o futuro próximo - o resto do ano - os dirigentes desses times lamentam queda de arrecadação de, no mínimo, 50%. Cito: "O segundo semestre é muito complicado, não temos receita. Todo jogo dá prejuízo, nós perdemos cotas de patrocínio. A despesa é alta e a receita é baixa".

Essa realidade é a de todos os lugares, não só de São Paulo. Os times que não disputam, no mínimo, a Série D, praticamente não têm o que fazer, salvo copinhas de araque. 
Quantos times do Rio e que fizeram boas campanhas não terão o que fazer? Olaria, Boavista, times que fizeram ótima campanha, não tem ninguém lá que nos sirva? E nesses times paulistas? Pelo andar da carruagem, só o Ricardinho mesmo.

No Brasil todo, somente 100 times tem calendário (60 nas séries A, B e C e 40 na D). Temos que ter mais cacife do que todos os times da D, até porque, salvo raríssimas exceções, são de uma pobreza sudanesa - o JEC ano passado tinha, acho eu, orçamento inferior apenas ao do Santa Cruz. Na Série C, temos que no mínimo empatar na capacidade de angariar recursos com nossos contendores, à exceção de um ou dois times grandes, como o Fortaleza.

Ainda temos as propaladas parcerias com o Coxa, com o Atlético-PR, com o Internacional e com o Cruzeiro.


A hora (de investir, de gastar BEM) é agora. Teríamos de abrir os cofres, se grana houvesse. E ela só vai aparecer por um milagre da multiplicação do dinheiro, esperado para os próximos dias - já estou olhando para o céu, diga-se.
Esperam-se aquelas 200 empresas, espera-se a GM, espera-se a ANDRA, esperam-se mais sócios, fala-se até em patrocínio do Banco BMG. Mas como diria Chico Buarque, num "Bom Cnselho": quem espera nunca alcança. Cada dia que passa a competição se avizinha e não se sabe se os sonhos da diretoria se realizarão.

Outro dia ouvi o Ricardo Freitas (baita corneteiro, de vez em quando dá uma dentro) dizer que a Chapecoense tem 11 (isso mesmo, onze) patrocinadores na camisa, e arrecada mais de 300 mil reais com esses apoiadores. Estão bem à nossa frente, portanto, se for verdade a informação do "jornalista" da RBS.
Contudo, na internet li que em janeiro havia 10 patrocinadores que juntos somavam apenas 114 mil de receita - mais ou menos o que arrecadamos com 4 ou 5 patrocínios.
Ademais, que o clube oestino tem 8 mil sócios (numa cidade de pouco mais de 180 mil habitantes), também nos suplantando. O Rafael Henzel, que é de lá, disse que não se sabe o número certo de sócios da bugrada (isso em 18.04.11). Acho que o nosso "colunista" televisivo anda chutando, mas mesmo assim trago os dados, porque se forem verdadeiros, mais uma vez só servem para demonstrar duas coisas: nossa diretoria não consegue motivar os empresários, e estes, não tem a mínima boa vontade para com o JEC! VAMOS GASTAR (BEM), JEC!

16 comentários:

  1. Fala jequeano, Só espero que a Diretoria não faça igual as pessoas que ficam correndo atrás de promoções tipo leve 3 pague 2, ou seja, nao adianta trazer uma catrefa que ao final juntando tudo nao da um jogador sequer.
    No mais, dessa vez vai dar certo, Sds Tricolores

    ResponderExcluir
  2. Só pra não perder o costume, o Maceió viajou de novo, dizendo que o JEC foi vice-campeão em 2009 graças a gol do Ricardinho.

    ResponderExcluir
  3. A mágoa do Ricardo Freitas é tão grande porque não considerado ídolo, que ele inventa essas notícias. No ano passado, a Chapecoense tinha 12 patrocinadores na camisa que pagavam R$ 120 mil. No seu texto, você atualizou para R$ 114 mil. É por aí o valor, nada a ver os R$ 300 mil.

    Em relação aos sócios, esse quadro também não bate, já que o repórter Rafael Henzel não sabe o número.

    Até o sr. Ricardo Freitas provar o contrário, não acredito nesses números que ele revelou na RBS TV.

    ResponderExcluir
  4. Esses dias atrás o Ricardo Freitas disse que o Lima TINHA que sair do JEC. Ele não disse nada do tipo: "Tomara que o Lima fique no JEC", ele disse que o Lima tinha que sair para o bem da carreira dele. Um comentarista desses a torcida do JEC não precisa, sinceramente.

    ResponderExcluir
  5. Esse RC é a maior mentira, com jogador era de um nível ruim para baixo, prefiro muito mais o Jorge Luis Carneiro.
    Dizem que a parceria com o Banco BMG, esta bem adiantada, tomara que de certo, ja pensaram GM+BMG, nossa camisa sera feita só de siglas....hahaha...
    Saudações Tricolores!

    ResponderExcluir
  6. Cristiano, se tivermos o BMG só vai faltar um Marcus Valério para distribuir o dinheiro.

    Emerson - não tinha visto tal comentário. Na verdade, não assisto mais ao esporte do jornal do almoço, só quando tem gol pra assistir.

    Maneca - não têm lógica as informações do Ricardo, por isso fui atrás e vi que nem a imprensa de chapecó tem acessos a esses dados que o Ricardo mencionou. Vai ser "bem" informado assim lá na casa do baralho.

    Tenho lido o Maceió em doses homeopáticas. Em doses normais já faz subir minha pressão. Em 2009??? Mas também, como o próprio admite nessa mesmo coluna, está na "crônica" há 45 anos. Já deu.

    Dácio - "catrefa" é boa. Vamos aguardar a movimentação do JEC. Mas pelo jeito só dia 4 de maio.
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  7. Sandrão - JOINVILLE29 de abril de 2011 14:56

    Sinceramente acho que a Diretoria (Cândido???) foi muito feliz nos empréstimos dos jogadores do Atlético/PR e Coritiba/PR.
    Por mais que o Jonatas foi um erro (e acho que só o viram treinando - e nisso dizem que ele é muito bom.. rsrs), Jailton, Mateus e Tiago Real mostraram que foi sim um bom negócio, e portanto, não fazem parte da "catrefa" a que o amigo Dácio se refere.

    A vinda do Ricardinho também não me agradou, mas não deixa de ser uma boa opção de banco.

    Acho que agora será de fato "o teste" para o Moisés Cândido. Veremos se ele consegue fazer um bom trabalho nas contratações que o JEC precisa. E principalmente, veremos se o Martinelli DEIXARÁ o Cândido trabalhar com autonomia. A vinda do Ricardinho já nos dá um sinal de que não!

    Sorte pra nós!

    ResponderExcluir
  8. Sandrão - JOINVILLE29 de abril de 2011 15:38

    Douglas na seleção holandesa!!!

    Pro JEC não servia... vaiaram muito ele por aqui... rsrs

    Ironia do destino... hoje é JEC é carente de jogadores para a posição dele!!

    http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-holandes/noticia/2011/04/entre-sonho-brasileiro-e-realidade-na-holanda-douglas-quer-o-bi-no-twente.html

    ResponderExcluir
  9. Sandrão - JOINVILLE29 de abril de 2011 15:46

    E mais especulações... hehehe

    Rola uma informação (em off!)de que o goleiro que o JEC pretende trazer seja o Wanderson, goleiro da base do coxa.

    Goleiro do Coritiba/PR que estava emprestado ao Botafogo/RJ. Está voltando ao clube e não foi reintegrado.

    Nome completo: Wanderson Silveira Gomes

    Nascimento: 18/11/1986, em Sinop-MT

    Posição: Goleiro

    Peso: 83 kg

    Altura: 1,93 m

    Clubes em que atuou: Coritiba-PR, Botafogo-SP

    http://www.dailymotion.com/video/x3n9ji_wanderson_sport


    Será????

    ResponderExcluir
  10. Sandrão - JOINVILLE29 de abril de 2011 16:26

    CORREÇÃO DO TEXTO ANTERIOR:

    O goleiro Wanderson estava no Botafogo/SP.. e não do RJ como informei... rsrsrs

    ResponderExcluir
  11. Pelo jeito era banco do Botinha de Ribeirão Preto. Ab, ST

    ResponderExcluir
  12. Douglas, um zagueiro que sabe sair jogando e tem bom toque de bola. O Renato Santos faz isso também. Só que nos dá alguns sustos também. Mudando o assunto, o Jequeano não nos deixa esquecer da grana que temos atualmente e que precisamos ter no giro do nosso caixa. Vamos ver o que virá de dinheiro para o JEC nessa possível futura negociação do Douglas. Falando em grana de transferências, aquele percentual pequeno por conta da venda do Ramires entre o Benfica e o Chelsea, apareceu? Alguém sabe? Aproveitando ainda o assunto de grana, se não me engano é na Lei Pelé que é dito que os clubes tem que se portar como sociedades empresárias, ainda que não tenham mudado seus estatutos, sendo assim, os clbues não tem que publicar anualmente os balancetes em jornais de grande circulação? Quando abro o AN fico esperando um dia ver o balancete do Joinville Esporte Clube.

    ResponderExcluir
  13. Caro Jonas,
    Você precisa procurar no lugar certo.
    O balanço do JEC está publicado no site do clube, desde o dia 14/04. Confira: http://www.jec.com.br/home/clube/demonstracoes-financeiras/
    A propósito, o JEC foi o primeiro clube do país a publicar o balanço no próprio site, em cumprimento ao novo art. 46 - A da Lei Pelé.
    Em tempo: em Santa Catarina, além do JEC, somente o Avaí e o Figueirense cumpriram a lei.
    O Avaí publicou o balanço deles às 18hs15 de hoje. E hoje era o último dia para publicar.
    Abraço !

    ResponderExcluir
  14. voltando ao assunto Ricardo Freitas
    Pessoal não percam seu precioso tempo assistindo ao jornal do almoço ou globo esporte da RBS, esses FDP's só sabem falar mal do Jec, isso quando lembram de falar.

    ResponderExcluir
  15. Obrigado, Anônimo. Por um acaso acabei de abrir a coluna do Elton Carvalho e ele comentava o assunto. Obrigado pela indicação correta do artigo da lei e o link no site do JEC.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  16. Vi também a coluna do Elton, Jonas. Vou pensar e escrever sobre o assunto, principalmente tentanto analisar o que o anônimo disse - vou olhar o balancete no site para escrever mais corretamente, pois as contas são preocupantes.

    Márcio, como disse, só vejo a globo quando serão mostrados gols do JEC! No mais, fico na rádio - embora eu ache que tenha pitacos desnecessários, é melhor fonte de informação.

    Jonas, quanto ao Douglas, eu também devo tê-lo xingado, porque por aqui ninguém vê as qualidades do bom jogador até que ele daqui saia. Vira uma migalha. Se ele for bem vendido, teremos mais uma receita tipo Ramirez, para salvar nosso orçamento de um ano, como aconteceu com nosso volante.

    Ab, ST

    ResponderExcluir