NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

20 de abr de 2011

COELHINHO, O QUE TRAZES PRA MIM?

Eu boto fé na garra desse coelho (eu particularmente não gosto muito do hino do JEC, mas que esse verso se converta em verdade no domingo de páscoa). Mas o que ele trará para nós lá de Chapecó o Coelho Tricolor?

Um ovo, dois ovos, três ovos assim - na bagagem? Espero que não.
Temos de ir dá e deixar nossos ovos (entenda-se mostrar culhões e ganhar o jogo) de presente pra bugrada.

O jogo é dificílimo, a Chapecoense só perdeu um jogo no returno, por 2 a 1 pro Figueira, no Scarpelli, e já nos acréscimos. Em casa sofreu uns empates enjoados, mas de regra vem fazendo os resultados de que precisa, quando joga no Índio Condá - já morei em Chapecó, e ia ao estádio, silenciosamente, secar o Verdinho do Oeste. Tanto isso é fato que, confesso um pecadilho: uma única vez torci para o Caxias, quando no Campeonato Catarinense (de 2002) o Gualicho enfrentou a Chapecoense lá no Oeste, e o time da Cel Francisco Gomes venceu.

A Chapecoense não terá o lateral-direito Thoni e o volante Marcos Alexandre. Em compensação, o bom avante Aloísio, que marcou contra o JEC em ambos os jogos, volta. Thoni jogou todas as partidas, e pela primeira vez estará fora. Talvez seja o lado para o Jailton explorar, pois quem entrar ou estará sem ritmo, ou será um meia improvisado. Estará aí o mapa da mina?

Nós não temos desfalques, só uma renca (gostaram desta) de pendurados. Mas não é hora de pensar em cartões. Tem de ir lá e jogar à morte, se foda se alguém for suspenso. Agora é pensar neste jogo. Na semana que vem, se vencermos, montaremos o time como der pra pegar alguém da capital.

Até pela vantagem do empate, o favoritismo não digo para vencer, mas para conseguir a vaga, é a Chapecoense. Não tenho receio em afirmar isto, como várias vezes, nos jogos em que somos favoritos, afirmo tal fato peremptoriamente (embora me lasque às vezes).
Vamos contrariar a lógica! Tantas vezes o fizemos para o lado ruim (não vencer o América, não vencer o Brusque na Copinha, perder para o Metrô no turno), vamos agora fazê-lo para o nosso lado. Novo post provavelmente só no domingo, após o jogo, porque é feriado, e os ateus, graças a deus, também aproveitam a folga religiosa.  AVANTE, JEC!

4 comentários:

  1. Só pra não passar barato: Max, vaza!

    ResponderExcluir
  2. Fala Jequeano, a gentileza em jogar com o Coelho nao foi necessaria para os indios quererem os ovinhos , e nos deram esse presente de Páscoa, mas tudo bem, nos encontramos na Serie C.
    E novamente, na minha visão, vamos para uma decisão sem querer ganhar, méritos é claro para a Chapecoense que fez o jogo dela, mas nós jogamos para não tomar gol, e mesmo assim, levamos dois em falhas.
    O que me preocupa é isso, no momento decisivo não temos tido a maturidade de enxergar isso, e não entendi a entrada do Julio Bastos no lugar Zanuto, estaria esse machucado?, se a resposta for sim, ok tudo bem, mas se for não, porque a mudança já que o carequinha vinha jogando bem, sei lá, nossos técnicos gostam de inventar nessas horas.
    Agora é esperar a serie C, motivados para ver nosso JEC fazer um belo campeonato e conseguir o acesso a serie B, no mais, Sds Tricolores.

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem que o jogo era fora e a Chapecoense era favorita, mas o JEC amarelou feio, não via a cor da bola ontem. As laterais uma m****, o Ramon mal, o Jaílton mal, o Lima comendo mosca. Nossa, seria até um pecado a Chapecoense não classificar, o JEC pediu pra perder. E o Max, que aberração! Agora, é sacudir a poeira e focar na série C. As primeiras contratações do JEC devem ser para as laterais. Com os nossos laterais atuais, vamos, na melhor das hipóteses, permanecer na série C. Precisamos de laterais, um goleiro que passe segurança, mais alguma peça pra zaga, peça pra volante e acho que as coisas estarão bem encaminhadas.

    ResponderExcluir
  4. A nossa vantagem na série C é que o eventual acesso do JEC não passará por um jogo mata-mata. O JEC desacostumou com jogos eliminatórios.

    ResponderExcluir