NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

28 de mai de 2012

OUSADIA E PRUDÊNCIA: QUAL O EQUILÍBRIO? E A CORNETA..

O campeonato é muito rápido, muitos jogos um em cima do outro, e  para um blog amador como esse aqui, as informações são muitas, e a disposição para escrever nem tanta. Então, com atraso, a avaliação do jogo passado, as perspectivas para o de amanhã, e uma cornetada na imprensa, de leve.


Cavalgada é, com certeza, a melhor música da "fase motel" do Rei Roberto Carlos. E nós, parece que a galope curto, começamos nossa cavalgada na Série B deste ano.
O empate (que deveria ser vitória, não fosse o gol mal anulado de Pedro Paulo - pelo segundo jogo fomos prejudicados, embora o árbitro tenha ido bem, o problema foi o bandeira cego - ou caseiro) em Natal nos trouxe o primeiro pontinho dos 46 ou 47 necessários para nos mantermos na segundona. 


Leandro Campos pediu quatro ou cinco rodadas (mas que venham pontos), e temos jogadores a estrear que me parece qualificarão o nosso time (Jussani, Romano e Marcinho, principalmente). A equipe me pareceu mais segura defensivamente lá em Natal (embora o ABC não seja nem de longe o Atlético), teve chances de vencer (e merecia), mas não procurou a vitória com o tesão necessário, penso. 
Prudência é importantíssimo, mas as vitórias são mais. Achar o equilíbrio entre a cautela e a ofensividade é o objetivo de todo treinador, mas é sempre preciso lembrar que uma vitória e duas derrotas é melhor do que três empates, pelos critérios de desempate na tabela.
Por isso, contra o Guarani, ir pra cima é imperativo. O Bugre campineiro terá vários desfalques, Fumagalli (contundido), Fabinho (vendido), Domingos (sem contrato), Fabrício (contundido) e Renato Ribeiro (fora de forma), Oziel (contundido), o zagueirão Neto (baleado). 
Eles não estão com a mesma bola e nem o mesmo time que acabou muito bem o Paulistão. Seus resultados na Série B, comprovam isso, com empates contra Paraná e BOA. Pra cima deles, JEC! Precisamos começar a vencer. E estamos em boas condições para isso.


O CORINTIANO

O blog, como já expliquei outras vezes, nasceu para cornetar a imprensa (principalmente o alagoano e o Marco Antônio), e embora os rumos tenham mudado, sempre é hora de voltar às origens. A elas, então!
No sábado, na apresentação do nosso novo jogador - Marcinho, que pelo youtube parece ser muito bom jogador, e que acrescentará velocidade em nosso time, jogando pela meia-esquerda - o Mira foi cobrir o evento usando uma camisa de (um dos) time(s) para o qual torce. 
Jonathan Cidral, do MEUJOINVILLE.NET chamou a atenção para este fato (a foto está aqui) e logo recebeu a resposta do Mira via twitter: "é um patrulhamento bobo". 
Não é. É claro que cada um faz o que quer, veste o que quiser (a liberdade é o valor que mais prezo), ainda que esteja extremamente mal vestido. Eu, por exemplo, não encrenco com torcedor que vai aos jogos do JEC com camisas de outros clubes; mas com profissionais é diferente.
Eu queria vê-lo com a camisa do "Timinho" numa apresentação no Parmera, ou a camisa de seu outro time - o vascu - numa apresentação na Gávea. Não o faria. 
Ou então experimenta aparecer com a camisa que estava usando numa coletiva no Olímpico ou no Beira-Rio pra ver o que acontece.
Faz porque é o JEC, e ninguém toma uma atitude a respeito, ninguém põe o pau na mesa. Ele não estava a passeio, mas a trabalho, e dentro das dependências da Arena cedidas ao JEC. Um mínimo de formalidade do "chefe" da equipe medalha de ouro em casa alheia seria de bom tom. 
O que pensa o jogador que chega e vê o jornalista da cidade torcendo para outro time? Por que não usou de uma vez a camisa do Guarani?
Qual a razão da existência da "equipe medalha de ouro"? Eu não tenho dúvidas de que o carro-chefe da cobertura esportiva é o JEC, é quem lhe traz anunciantes, permite a existência do noticiário do meio-dia, do "bola na rede", e do programa de segunda à noite. Mas às vezes parece que o chefe da equipe pensa diferente, e acredita que seus dois(!) times que vivem e jogam lá no RJ e em SP é que merecem mais atenção.
Não é patrulhamento (e não adianta vir dizer que é), é questão de bom senso e de negócio (nada impede que se prefira, por causa disso, a outra estação). Jonathan Cidral tava bastante certo. E continua certo.


É isso. "Estrelas mudam de lugar (LC muda todo mundo de lugar), chegam mais perto só pra ver..." o JEC vencer. AVANTE, JEC!



Ficha Técnica: ABC-RN 0 x 0 Joinville, Frasqueirão, Natal, 25.05.2012
ABC-RN: Andrey; Murilo, Flávio Boaventura, Eduardo e Airton; Bileu, Henik, Jérson (Guto) e Guilherme (Raul); Joelson (Adriano) e Bombinha. T: Márcio Goiano.
Joinville: Ivan; Eduardo, Pedro Paulo, Maurício e Carlos Alberto; Leandro Carvalho, Glaydson, Ricardinho, Tiago Real (Alex) e Ramon (Bruno Tiago); Lima (Bruno Rangel). T. Leandro Campos. 

31 comentários:

  1. Mario L. Nascimento28 de maio de 2012 11:30

    No tempo em que a BR-101 ainda não era duplicada, deparei-me com um acidente, ali perto do Sinuelo. Feriadão ou início de férias e o movimento era assustador. Havia uma vítima fatal, cujo corpo foi estendido no acostamento. Para "proteger" o cadáver a PRF colocou uma viatura sobre a pista de rolagem e travou o tráfego alternadamente nos dois sentidos. Quem passou por isso já pode imaginar o tamanho da fila que se formou. Horas e horas de espera para que o cadáver não fosse atropelado novamente.

    Coisa mais comum é uma banca de jogo do bicho acoplada a casas lotéricas oficiais. Da mesma forma que cassinos clandestinos que todo mundo (menos a polícia, ao que parece) sabe onde ficam. Uma vez conversei com alguém que se dizia proprietário de um deles. Perguntei se não temia uma batida policial. Respondeu-me que não havia o que temer, já o delegado de polícia era um dos mais assíduos frequentadores do local.

    O que estas coisas têm a ver com a camisa do Corinthians na apresentação do Marcinho? Isso é coisa de gente que não tem a menor noção do seu papel. No caso do policial rodoviário, ele não entendeu que estava ali para facilitar e disciplinar o trânsito e não para tumultuá-lo. Bastaria que o cadáver fosse removido para uma estrada lateral e o problema do trânsico estaria resolvido. Quanto ao jogo do bicho e cassinos, se há crime ou contravenção, não importa o potencial ofensivo. O papel da polícia é coibir. As consequencias de não fazê-lo estão aí pra quem quiser ver. Desde o tráfico de drogas até a operação Monte Carlo.

    Da mesma forma, um chefe de equipe de rádio e TV que comparece a um evento oficial do clube que indiretamente lhe dá o sustento vestindo a camisa de outro clube não sabe do seu papel. Está fazendo propaganda para o concorrente. E se em suas aparições fala mais de concorrentes que nada lhe rendem do que do seu alvo principal, além de falta de noção do seu papel, beira à estupidez.

    Pior ainda é anunciar que não deve satisfação a ninguém e que a indignação dos outros (os que também lhe dão o sustento como ouvintes ou telespectadores) é "patrulhamento bobo". Deveria, ao invés, ter pedido desculpas ao clube e à torcida.

    Peço desculpas aos meus amigos Wilson França e Gabriel Fronzi, mas, por atitude inconveniente do seu chefe, perderam um ouvinte assíduo e atento.

    E outros que não sabem direito tudo o que seu papel lhe faculta e/ou obriga são os homens do Joinville Esporte Clube. Desde o porteiro até o presidente (no caso, o futuro presidente, que ancorou o evento). Qualquer um do clube deveria convidar o mal vestido a se retirar, já que era um evento oficial do clube e a propaganda de concorrente é vetada. Mas o que esperar de quem deixa anunciar resultados dos concorrentes no sistema de som?

    Onde está Wally(son Tovar)? Onde está a assessoria de imprensa do JEC?

    Adianta pedir profissionalismo? O pior cego é o que não quer ver...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente a maioria (não todos)da crônica esportiva de joinville continua amadora incluindo o seu josé mira.

      Excluir
  2. Como foi dito, pior do que um profissional com grande experiência e conhecimento ( assim gostaríamos que o tivesse) usar uma camisa que não a do JEC, foi não ter uma única pessoa responsável e funcionário do clube que controlasse e coordenasse estas apresentações.....se já temos profissionais contratados para atuar no dito Marketing Esportivo e que, NOVAMENTE, não demonstram os frutos de seu trabalho, que então eliminem esta DESPESA, pois até o momento é o que parece, simples despesa ao clube...VAMOS TRABALHAR PORRA!!!!

    Quanto ao time, estou otimista, pois acho que já temos jogadores que podem entrar e começar a ajeitar a casa...vejo com bons olhos as contratações feitas (exceto do Jean Carlos....)

    Amanhã precisamos ir para cima...LC, por favor, sem retranca!!!

    ResponderExcluir
  3. Alexandre B Sgrott28 de maio de 2012 13:27

    Para mim a rádio cultura sempre foi e ainda é a melhor opção em termos de cobertura esportiva via rádio. Mas essa mancada do Mira foi demais, não me refiro a camisa que estava vestindo, mas sim a falta de respeito com o Joinville Esporte Clube. Fora uma total falta de profissionalismo. Caiu muito no meu humilde conceito.

    Qto ao jogo ficou mesmo o gostinho de que podíamos ter vencido, tlz faltou coragem, porém ainda estou na fase de "deixa o homem trabalhar". O time já evoluiu muito, nao tá desesperado e apavorado em se livrar da bola. Engraçado é como tem gente com memória curta, já ouvi um ou outro comentário com saudades do Argel.. que é isso??!!

    ResponderExcluir
  4. Primeiro que uma pessoa com certa "influencia" como o Mira deveria se apresentar em ocasiões como esta de traje social. Até mesmo uma camisa do JEC não caberia na ocasião e o cidadão Paulistano vai com a camisa do Corinthians. Isso é um absurdo. Por que estas coisas acontecem no Joinville Esporte Clube?. Realmente já esta na hora dos velhinhos da fraca imprensa de Joinville dar lugar aos novos talentos e como pré-requisito Curso SUPERIOR em Jornalismo, e ser Jequeano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito dessa parte do seu comentário:
      "Realmente já esta na hora dos velhinhos da fraca imprensa de Joinville dar lugar aos novos talentos e como pré-requisito Curso SUPERIOR em Jornalismo, e ser Jequeano."

      Excluir
  5. VERGONHOSO...

    Achei uma das atitudes mais vergonhosas que já vi no meio desportivo em Joinville... Um "jornalista" que cobre o dia-a-dia do JEC, ir A TRABALHO para uma apresentação do JEC com camisa de outro clube.

    Eu sempre fui ouvinte da equipe "Medalha de Ouro" da Rádio Cultura AM 1250...

    Mas depois dessa atitude do Mira, não ouvirei mais a rádio e sempre que possível farei uma má divulgação dessa rádio.

    E será assim até que o Mira ao menos se retrate publicamente de tal vergonhosa atitude.

    ResponderExcluir
  6. Serginho, acho que o profissional não precisa ser necessariamente jequeano, apenas agir como responsabilidade e respeito para com o JEC.
    O Mira é novo e com o tempo vai aprender, tem só 220 anos de rádio e 190 de tv, o problema é que a acessória de imprensa, o marketing e principalmente o Nereu que estava lá permitiram esse absurdo. O Mario falou tudo, (O pior cego é o que não quer ver...)

    ResponderExcluir
  7. Concordo com o Serginho, o "rapaz" da imprensa que foi com camisa do Curintia estaria errado mesmo que estivesse com uma camisa do JEC. Postura e SEMANCOL não fazem mal a ninguém.

    ResponderExcluir
  8. Se você for a um evento da Coca-Cola com uma camisa da Pepsi, será barrado.
    Em muitos eventos está escrito no convite que não é permitido utilizar algo que divulgue marca concorrente. Isso é para os mais inexperientes e para os soberbos.

    Profissionalismo é isso. Faltou.

    Ahhh, mas o Jec não é a Coca-Cola dirão. É. E pior é que o jornalista acha que tá certo o Jec não pensar como grandes corporações.

    #Éumapena

    ResponderExcluir
  9. Alisson (O não Tovar)29 de maio de 2012 07:49

    Bom dia pessoal.

    O Jonathan Cidral está 110% correto, assim como a excelente colocação do Jequeano. Esses caras são praticamente senhores de capitanias hereditárias aqui em Joinville. É no mínimo ridículo a atitude desse senhor que mal sabe falar, gagueja mais que a Gaga de Ilhéus.

    O problema é que esses caras, não só o Mira, tem pau grande lá dentro. Eles são influentes, vem com aquele discurso que fundaram o JEC e pronto. E com o nosso Marketing e Comunicação praticamente inoperantes pouco o JEC pode fazer. Nós podemos fazer algo, boicotar esses caras, temos alternativas como a Rádio Clube.

    Quanto ao futebol vamos esperar o jogo de hoje, acredito numa vitória.

    ResponderExcluir
  10. Corinthians é o caralho. Aqui é JEC, porra!

    ResponderExcluir
  11. Olha, não sei se vamos ganhar hoje (espero que sim e muito), mas relamente estou gostando das alterações do LC...primeiro na lateral esquerda, esperamos que tenhamos um lado tão forte com a direita com Eduardo...seria um diferencial....depois com a saída do Rangel e entrada do Aldair ou Alex....torna o time mais rápido e evita que haja dois atacantes no mesmo espaço do campo....ainda estou curioso para ver o Jussani na zaga no lugar do PP e a entreda do Marcinho com a 10....acho que esta pintando um time que pode surpreender e muito......JEC 2 x 0 Guarani...nos encontramos na Arena...abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OS NUMEROS DA MEGA SENA AGORA!!!!

      É JEC PORRAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

      Excluir
  12. Edson Párana; fpolis (MAIS, MAIS DO QUE NUNCA vão pro inferno manezada do caralho)29 de maio de 2012 19:19

    Ae hô DECRÉPITO torcedor do CUrintia, antes de tudo vai morar na cidade do referido clube, quer dizer nôs faça o favor, nôs dê o prazer da sua ausência e depois dessa VÁ EMBORA DA MANCHESTER TRICOLOR CATARINENSE e dê lugar para quem: primeiro É TRICOLOR, segundo NÃO FAZ NOSSO GLORIOSO MANTO PASSAR VERGONHA, terceiro TEM NÍVEL SUPERIOR EM JORNALISMO, quarto É DA NOVA GERAÇÃO. A propósito, quando chega a tua aposentadoria? E antes que eu me esqueça: VAI TOMA BEM NO CENTRO DA ARRUELA DO TEU CÚ SEU IMUNDO. Vc CAGOU no prato que come a ANOS, ANOS, ANOS, ANOS, ANOS E MAIS ANOS ou o débil aí pelo jeito esqueceu das cores do prato? Ae hô sujeito que não sabe nem falar (nunca nessa minha PUTA vida ouvi um radialista gaguejando, só o referido CUrintiano HAHAHA KKK), vamos fazer o seguinte: quando eu for pra Joinville eu aviso na recepção da rádio e nôs encontramos para que eu possa o MAL TRATAR pessoalmente e lhe presentear com uma ou duas unidades do MANTO SAGRADO TRICOLOR pois pelo visto os ANOS, ANOS, ANOS, ANOS, ANOS E MAIS ANOS que vc vive as custas do JOINVILLE ESPORTE CLUBE não te deram condições de adquirir. Há sujeito nojento, chega de me anojar, MAIS DE UM MILHÃO DE VEZES VOU FALAR O QUE NÃO GOSTO: VAI TOMA NO CÚ CÚrintiano do CARALHO. GALERA TRICOLOR,temos que BOICOTAR TODO E QUALQUER PROGRAMA QUE TENHO O DEDO DESSE MENTECAPTO. SEMPRE SEMPRE SEMPRE JEEEEEC.

    ResponderExcluir
  13. kkkk, boa Bocão! Hoje o sono vai ser levinhoooo!

    ResponderExcluir
  14. Cheguei à conclusão de que é impossível colocar um script no comentário do blogspot.
    hehehe

    ResponderExcluir
  15. Boa partida do nosso tricolor ontem.
    O Eduardo disparado é o melhor jogador do JEC atualmente. Infelizmente vai ser dificil segurar ele até o final da Serie B. Receio que até fim de agosto ele estará em algum time de serie A. Bom para ele, ruim para nós.
    Gostei muito da entrada do Romano e estou ansioso para a estreia do Marcinho.

    Agora uma corneta de leve.
    Só eu que estou achando o Lima apagado? Tá certo que a bola está chegando meio mascada para ele, mas estou vendo ele muito apagado, escondido e aceitando a marcação dos zagueiros. Não vejo ele procurar jogadas, aparecer. Acho que precisamos de um atacante para bater de frente com ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juka ao que me parece, depois da proposta do Alvipink o Lima não é o mesmo. Vamos torcer para que volte a ser o velho Limatador. Ao contrario da sua opinião não gostei da estreia do Romano, pareceu cansado e não tentava o drible. EStou muito ansioso para estreia do Marcinho. Quem esta mal é o Pedro Paulo, muito lento e recuadas na fogueira.

      Excluir
    2. Penso que o Romano foi bem, apenas.

      Acho que ele se preocupou mais em não comprometer a defesa e não se desgastar muito rapidamente.
      Tomara que ele melhore com sequência de jogos.

      Excluir
    3. Sandrão - JOINVILLE30 de maio de 2012 15:42

      Juka... estás confundindo as coisas meu amigo!

      Não é o Lima!! Quem andava meio apagado (em partes!) era o Cristiano...

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  16. Alguem tem um link com a lambretinha do Aldair. Estava meio distraido e não vi no jogo. Agradeço

    ResponderExcluir
  17. Célio Amorim no apito sábado, fortes emoções estão por vir.

    ResponderExcluir
  18. É duro escutar o sr nei rosa falar que o Ricardinho estava perdido no jogo e Eduardo foi só umas 3 vezes na linha de fundo.
    Infelizmente esse o tipo de jornalismo esportivo na cidade. Um não sabe ler nem falar direito e o outro não conhece nada de futebol.

    ResponderExcluir
  19. Alguns lances do jogo, inclusive a arrancada do chevette podem ser vistos em http://globoesporte.globo.com/jogo/brasileiro-serie-b-2012/29-05-2012/joinville-guarani.html. Quanto ao jogo, Eduardo está jogando bem, mas tem que parar de cruzar a bola do bico da área, já o Ricardinho tem que bater o escanteio na marca do pênalti e não na pequena área.

    ResponderExcluir
  20. Giovani, o Nei Rosa precisa se preocupar com o flamengo, afinal esse é o time dele. Se o Ricardinho tá perdido o que dizer do Ronaldinho, heheheheh

    ResponderExcluir
  21. Digo que sábado temos grandes chances de sair de Floripa com 3 pontos e sabem por que? Porque desta vez, nosso técnico colocará um marcador em cima do leber Santana....o time do Avaí é limitado...dá para ganhar lá, SIM

    ResponderExcluir