NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

21 de mai de 2012

JEC 1x4 CAP. VAMOS EM PAZ E QUE...

Antes, pipoca! Hoje, Brahma com os amigos!
Há muito tempo, quando eu era gentilmente "convidado" por minha mãe para ir à missa da Catedral, aos domingos às 9h, toda aquela uma hora que eu passava dentro da igreja era tomada pela espera do momento em que Padre Bertino (torcedor do JEC, diga-se) diria as palavras mágicas: VAMOS em paz, e que o senhor nos acompanhe, e enfim o domingo começava, um mundo muito mais interessante  estava lá fora.
Sábado, à certa altura, eu só queria que o jogo acabasse, e eu pudesse ir embora, tomar uma cervejinha, e ver algo melhor do que foi a partida, e esperar por resultados melhores.


Não que nosso jogo tenha sido horrível. Erramos em alguns momentos, fomos prejudicados em outros, sofremos uma goleada que não representa o que foi o jogo, jogamos relativamente bem. Mas, de qualquer forma, perdemos. Começo as observações, então - mais perguntas do que observações, em verdade.


1. Há algum tempo eu disse aqui no blog (confira aqui) que contra bons times não dá pra deixá-los criar chances, pois estes não desperdiçam, e em jogos desses, para equilibrarmos, as chances que tivermos temos de aproveitar. Rangel teve duas (que não tem bola pra ser titular, diga-se), Lima uma e Tiago Real também uma, todas claríssimas. 


2. Falhamos terrivelmente na bola parada, em cinco minutos um anão (pelas costas da zaga, acho que em cima do PP) e o zagueiro Manoel abriram dois a zero. O jogo já ficara muito complicado.


3. O árbitro apitou deliberadamente a favor do Atlético-PR, nos prejudicando de forma grave, numa atuação digna do Dadá. Faltas que não existiam (a do primeiro gol deles, por exemplo); truncou o jogo, apitando qualquer "faltinha", irritando nossos jogadores; amarelou o Pedro Paulo com poucos minutos de jogo, em falta absolutamente normal; e a pior, deixou de expulsar o lateral-esquerdo deles ainda no primeiro tempo, deixando de dar o segundo cartão amarelo para ele, que visivelmente fizera a falta, e dando para o jogador que não foi o faltoso.
Nem na Série D, nem na Série C tivemos árbitros tão ruins quanto esse jaguara que tem o brevê FIFA, mas deveria é ter inscrição no CRM, porque veio aqui e nos operou.


4. Leandro Campos ainda não conhece bem o elenco, e embora tenha tentado acertar as laterais (ainda que eu ache que escolher Gilton como o bode expiatório seja um exagero do torcida), em mudanças que o proscrito, por exemplo, não faria; mas, por outro lado não usou as três substituições, inexplicavelmente colocou Jean Carlos no jogo, numa substituição meio estranha - havia jogadores com mais ritmo e entrosamento. E não corrigiu a marcação no meio campo - ver próximo item, a propósito.


5. O Ramon não é velho? Não é facilmente marcado? Alguém que o marca de perto o anula facilmente? - Então por que nos últimos jogos deixamos os dois velhinhos do adversário - Fernandes no outro dia, e Paulo Baier no sábado - tomarem conta dos jogos na meia-cancha, jogando livres, sem marcação específica?
Não estou dizendo que Ramon deva ser titular, mas que se usa dois pesos e duas medidas para dizer que Ramon não pode jogar e deixar os veteranos do adversário jogar tranquilamente, sem seres acossados.


6. Os jogadores disseram que só agora sentiram como é a série B. Sério? Não imaginavam a dificuldade que teriam de enfrentar? É claro que isso não quer dizer nossos jogadores não levaram o jogo a sério; sim, levaram com muita seriedade e até jogaram bem, mas não se deve admitir que foram surpreendidos.


7. Cinco rodadas pra medir a febre? Foi o que pediu o técnico. Em fevereiro sofremos quando chegamos à quinta rodada com dois pontos no Catarinense. Vamos repetir a cagada? Não dá pra chegar lá só para constatar que estamos fudidos. Temos que chegar lá com o diagnóstico do que precisamos (a mais) e, mais importante, com pelo menos uns 8 ou 9 pontos. 


8. Pouco mais de 13 mil pagantes foi pouco (até porque aparentemente esse era o adversário mais atrativo em casa), embora mesmo na Série A não muitos jogos tivessem mais público que o nosso. Se não fosse a torcida adversária - cerca de 1,5 torcedores - o público seria de uns 12 mil, com só uns 4 mil ingressos vendidos. A renda líquida seria de menos de cem mil reais. Perder o próximo jogo, certamente já esvaziará um pouco (ou muito) o público - e a renda - para a partida contra o Guarani.


Acho que é isso. Depois de uma derrota sempre é mais difícil escrever. Sexta-feira já tem mais. Termino minha prédica: Vamos em paz, e que nossa campanha melhore. AVANTE, JEC!

18 comentários:

  1. Peço desculpas a quem jogou no bicho e perdeu por causa de meu palpite...JEC 3 x 1 CAP....rs

    Concordo plenamente com tudo o que foi dito, inclusive em deixar DENOVO o 10 dos caras jogar livre....é foda!!!

    Só queria comentar o que achei estranho o LC falar ontem na TV...disse que o time sábado era do Argel e não dele...tá bom....a pergunta é: será que no jogo contra o ABC o time será a cara do LC?...espero que sim...pois ná teremos 5 rodadas para esperar!!!!

    Não vejo que estamos tão mal...basta alterações da lateral esquerda (novidade....rs), entrada do Jussani no lugar no PP...entrar um meia-esquersa do lugar do Tiago Real e Alex no lugar do Rangel....acho que teremos time sim, para bater de frente com todos na Serie B....assim espero e acredito!!!!

    Grande abraço a todos!

    ResponderExcluir
  2. É o que eu vinha falando o tempo todo. Ramon tem experiencia e cavaria umas faltinhas ali na intermediaria. Cadenciaria o jogo e acalmaria os jovens PP, Lima, Ricardinho, enfim acho que Ramon deve começar jogando contra o ABC pois o Tiago real correu bastante mas falta muita qualidade para dar um passe refinado e encontrar o atacante.

    PS: No estadual o Ivan saia de soco até quase fora da grande area, porque diabos deixou o cara cabeçear no nariz dele no primeiro gol??? putz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só não entendi uma coisa. "jovens PP e Lima" ???? PP e Lima já são macaco-véio e deveriam saber (afinal ja jogaram a Série B) como é o peso dessa competição. PP ja até ganhou essa competição com o Brasiliense e obteve outro acesso a Série A com o Figueira em 2001.

      Excluir
    2. Douglas, claro que foi ironico da minha parte dizer que Lima e Pedro Paulo ainda precisam ser acalmados pelo Ramon, já estão quase se aposentando e ficaram com medo do CAP. Tu viu como o Lima bateu o Penalty, chutou a grama e depois perdeu um gol de cabeça debaixo da trave. O Bruno Rangel me recuso a comentar. Não é jogador de futebol.

      Excluir
  3. O JOGO SENDO O MAIS ATRATIVO EM CASA, VOLTANDO A SÉRIE B DEPOIS DE ANOS, UM TEMPO BOM E SÓ DAR 13 MIL PAGANTES. NÃO SERIA DINHEIRO JOGADO FORA AMPLIAR O TAMANHO DA ARENA? TEM NECESSIDADE DE FAZER MAIS LUGARES SE SÓ UMA VEZ ATÉ HOJE (FINAL CONTRA O CRB ANO PASSADO) CONSEGUIMOS LOTAR A ARENA? COBRIR ELA TODA SERIA O MAIS PRUDENTE.

    QUANTO AO JOGO A DERROTA ERA ESPERADA, MAS NÃO DE 4X1. TEM MUITA ÁGUA PRA PASSA DEBAIXO DA PONTE MAS TAMBÉM TEM MUITO COISA PRA MELHORAR NESTE TIME.

    AO BLOGUEIRO PARABÉNS PELO TEXTO

    ResponderExcluir
  4. Bom texto. Ampliar a Arena é uma idéia pra fazer voto. Não precisamos de 30 mil lugares.

    ResponderExcluir
  5. Falou tudo Jequeano, não podemos dizer que perdemos porque jogamos mal, mas que poderia ter sido melhor, ah isso poderia.
    Até sexta, vamos ensinar ao ABC o restante do alfabeto.
    Abraço a todos do blog!

    ResponderExcluir
  6. Sandrão - JOINVILLE21 de maio de 2012 21:31

    Tô tranquilo... acho que o susto já foi suficiente!

    Certeza que veremos o time "comer grama" já a partir dos próximos jogos.

    Deixa que digam, que pensem, que falem....

    Foi o início de campeonato que toda a imprensa catarinense queria. Não se cansam de falar mal do JEC hoje!

    Anotem aí: vamos ganhar do ABC e do Guarani também! Aí... a coisa muda de figura!!

    ResponderExcluir
  7. da licença .... pensamento de time pequeno de não ampliar o estádio .....

    ResponderExcluir
  8. Pode ficar tranquilo!

    Não vão aumentar a Arena não. Só criança acredita nessa história do Carlito...

    ResponderExcluir
  9. Talvez instalem luminárias nas arquibancadas.

    ResponderExcluir
  10. Mario L. Nascimento22 de maio de 2012 16:15

    A Arena não precisa de grande ampliação. Mais alguns lances de arquibancada no lado Leste (grená) para completar o que ali existirá quando a capacidade for de 30 mil (futuro) e a cobertura daquele lado são suficientes para elevar a capacidade do estádio para 24 mil espectadores, como metade disso tendo cobertura.

    O JEC não terá público maior que 22 mil pessoas antes de estar na série A.

    ResponderExcluir
  11. Na minha opinião a ampliação nem é a questão primordial, mas sim a conclusão da obra, pra evitar a sua deterioração que aparentemente já está avançada pelo tempo da obra, além de oferecer mais conforto e segurança aos torcedores. Como o projeto previa uma Arena para 30 mil, a conclusão deve contemplar também a ampliação para essa capacidade.

    ResponderExcluir
  12. Sandrão - JOINVILLE22 de maio de 2012 17:58

    Bota o Gilton e o Rangel pra rebocar a Arena e espalhar brita no estacionamento! Já tá bom !!!

    ResponderExcluir
  13. Jec contratou o lateral esquerdo Romano, gostei da contratação acho que acertaram na escolha, Gilton bailou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos começando a colocar a "Máquina" nos trilhos novamente....também acho boa escolha...

      Excluir
  14. Onde estão os assentos da descoberta que seriam instalados em Maio?Com a palavra a prefeitura. Ativar o acesso sul pela Francisco Gomes de Oliveira? Asfaltar o estacionamento que em dia de chuva é agua e lama? Remover os tapumes de madeira internos a descoberta,coisa ridicula. Melhorar os sanitários que são uma vergonha. Todas obras bem mais simples e baratas que proporcionariam mais conforto ao torcedor.

    ResponderExcluir
  15. Sabe de uma coisa eu quero é ver o meu JEC me dando as mesmas alegrias que tive na era ernestão. Esse papo de ampliação eu quero mais é que se foda

    ResponderExcluir