NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

12 de mai de 2012

O PIRES NA MÃO. A CAIXA-FORTE É A TORCIDA.

Podem correr a sacolinha! Mas quem ajuda?
Dando prosseguimento no pessimismo que me toca (dizia um velho sábio chinês que "o pessimismo torna os homens cautelosos, enquanto o otimismo torna os homens imprudentes"), tento entender o porque de começarmos a Série B da forma em que começaremos: com muitos problemas.


A causa primeira é a falta de dinheiro. É até cansativo falar disso, mas os 550 mil que chegariam através do Bem Menos Grana e da ApagãoSul, se transformaram em 83 merréis. 
A segunda parece ser a falta de ambição, mas disso falarei outra hora. Vamos ao dinheiro.


Façamos um recálculo de nossas receitas, claro que com algum chute. Antes do BMG, estávamos, se não me engano, com 190 mil na camisa. São, agora, portanto, 270 mil. A TV dará uns 200 paus por mês. As placas estáticas rendem 60 mil. Os sócios, se bem me lembro de uma entrevista de alguém do clube, mais 340 mil (acho que até pode ser um pouco mais). Os conselheiros pagam mais uns 30 mil. Aí temos uma receita mensal (estimada - chutada - por mim, é óbvio) de 910 mil reais. E só aumenta daí para a frente com as receitas de bilheteria.

Isto posto, a óbvia conclusão: quem vai salvar (ou ajudar a afundar) o JEC, nesta Série B, será, como sempre, A TORCIDA. 
Digo isto porque dependeremos - e parece ser a última esperança - de uma boa campanha para encher o estádio e fazer mais dinheiro. Vamos supor que daqui a 07 dias (sim, faltam apenas sete dias para a estreia), coloquemos 20 mil pessoas no Estádio (duvide-o-dó, já estaremos pra lá da metade do mês - sejamos realistas, vai dar um público de uns 15 mil).
Nessa perspectiva - 15 mil - teremos 7000 ingressos vendidos. Fiz o cálculo do ingresso médio (excluindo os sócios que têm entrado contabilmente no borderô como se pagassem 10 reais) considerando a composição do público do jogo contra o Figueirense, e o ingresso médio ficou em 22 reais (só para terem noção, houve 809 menores, com ingresso a 5 pilas). Contra o Brusque o ingresso médio ficou em 19,92 reais.
Assim, se realmente "apenas" 7000 não-sócios forem ao jogo, cada partida renderá 154000. Mas se enchêssemos o estádio, com 12 mil vendidos, teríamos uma renda de 264.000 (claro, sem contar os descontos tributários, arbitragem, despesas da Arena, impressão dos ingressos, enfim despesas que diminuirão a renda líquida).
Contando que em média teremos três jogos por mês em casa (19 partidas em seis meses), a possibilidade de arrecadação pode oscilar entre 462 e 792 mil reais a cada 30 dias. 
Será que a diretoria está apostando nisso? Essa estratégia pode funcionar, mas tem uma condicionante inafastável: temos de fazer boa campanha - o que significa que nosso time deveria estar um pouco melhor, as contratações teriam de ser de maior impacto. 


L´Etat c'est moi, ou 
O Clube sou eu, a TORCIDA
Por isso, saliento mais um ponto importante: nessa equação time x torcida, com resultado receita, a ordem dos fatores altera o produto. Se jogarmos mal, logo a torcida de não-sócios abandona o time, e aí, as previsões de receita acima estimadas, vão para as cucuias. Então, confiar primeiro na torcida para que o time dê resultados parece uma conta errada. A aritmética certa seria termos um bom time para chamar a torcida. Um ou dois maus resultados em casa poderão ter um resultado catastrófico não só na tabela, mas nos cofres.
A apatia, a falta de novidades, a falta de um marqueting para chamar a torcida para os jogos ou os sócios para o Clube, tudo isso nos deixa ansiosos.
Como sempre, parece que a TORCIDA é que levará o JEC adiante. E digo mais, o JEC É A SUA TORCIDA! 


Esse é o último texto de preocupação (embora ele não vá desaparecer). Semana que vem começa o incentivo (mas poderíamos estar mais confiantes para incentivar), a análise de nossos "reforços", e uma breve discussão  sobre o primeiro adversário - o forte Atlético-PR. AVANTE, JEC!

11 comentários:

  1. Amigo Jequeano, sou otimista ao extremo, até meus amigos zoam comigo dizendo que eu sonho acordado, mas na minha opinião o Nereu esta dando uma de "João sem braço", se chegar ela o melhor diretor, se acaso não chegar e não for rebaixado, terá feito o que estava no planejamento do clube a longo prazo.
    Com respeito as contratações, sou da opinião que é melhor ver o cara jogar, e analisar a capacidade dele. Exemplo é o Capixaba, veio desacreditado e deu a volta por cima sendo o artilheiro da série C, e não adianta vir com esse papo de que o clube não pode apostar em jogador desconhecido, hoje não temos $$ suficiente para contratar jogadores ditos "conhecidos", pois ja trouxemos o Rafa Bittencourt, Pantico entre outros que chegaram com credibilidade e não jogaram nada.
    Aposto que a partir do momento que um profissional entra em campo, ele quer jogar bem e vencer, pois terá mais visibilidade para ele e para o clube que ele joga.
    Abraço a todos do blog!

    ResponderExcluir
  2. Cristiano, e eu tenho esse defeito sou pessimista demais. O Nereu é o cara certo, eu acho, mas tá demorando pra decidir abrir a mão. Concordo com você que esse ano, o mais (o único) importante é não cair, mas tenho impressão que estamos só tentando não cair.
    Vou te fazer uma pergunta: se tu, lá na pelada de fim de semana, tiver que escolher entre Lima e Araraquara (eu sei, é outro nome), Túlio e Cleber Santana - ou Bruno sei-lá-o-que - entre Neto Baiano, Giovanni, Wellingon Saci, ou Guerron, Baier, entre outros, e a sobra da sobra da Chape. O que você faria?. At, ST

    ResponderExcluir
  3. É verdade, existem jogadores roadados que ainda jogam muito, porém são poucos os comprometidos.
    Ja tivemos experiencias negativas com jogadores rodados como: Paulo Miranda, Marcão, um outro zagueiro do vasco que não recordo o nome, e por ai vai. Mas também ja passaram por aqui bons "medalhões" como Zé Carlos e Ramon.
    Enfim, contratar jogadores é praticamente jogar no loteria, o Capixaba saiu daqui com a moral elevada e acabou não jogando nada no avaibis, sendo até deixado de lado. Já o Renato Santos saiu daqui jogando bem, continuou jogando bem no time azul calcinha, e esta sendo especulado para ir para o Grêmio, e quando ele foi embora daqui o Nereu disse que traria um zagueiro mehlor e mais barato....vai entender!!!!
    Mas futebol é apixonante por estas situações!
    Abraços a todos do blog!

    ResponderExcluir
  4. Bom, não sei se sou otimista ou pessimista, porém tento, eu disse tento, ser o mais realista possível...isto em minha visão, claro!

    O que vejo é que realmente estamos começando o campeonato atrás de outros times do campeonato e isto para mim é preocupante....

    Quanto um time entra numa partida com objetivo de empatar, a probabilidade dele perder é grande...o mesmo raciocínio pode ser levado em consideração para um time que entra no campeonato para se manter....e isto me preocupa ainda mais!

    Quanto as últimas contratações, vejo com bons olhos, pois o Bruno Tiago é um bom jogador (pelo que soube) e pode ser que seu custo x benefício seja positivo a nós, pois com certeza ele deseja mostrar serviço aqui para conquistar um bom contrato de renovaçção com o Botafogo...

    Vale lembrar que tivemos ótimos jogadores no passado (bem no passado) que vieram do RJ e fizeram sucesso aqui no JEC...

    Abraço a todos e vamos aguardar o novo zagueiro prometido...

    ResponderExcluir
  5. Sei lá, também fico desconfiado, mas vou esperar eles jogarem. O Jailton e o Tiago Real eram "refugos" de Atlético e Coritiba, respectivamente, e aqui convenceram o torcedor. O primeiro foi um dos destaques na série C do ano passado, e o segundo é um dos principais destaques no atual elenco do Joinville. Quem sabe esses novos jogadores não nos surpreendam também. O próprio Jean Carlos já demonstrou em muitas oportunidades ser um grande jogador... é impossível que tenha desaprendido a jogar.

    ResponderExcluir
  6. Argel no Figueirense?

    Que ótima notícia para encerrar o final de semana....rs

    ResponderExcluir
  7. Concordo, Lenzi. Vai, e fecha pra sempre a porta daqui - ou seja, abandona uma semana antes da estreia, nunca mais deverá ser convidado - que bom! E no twitter já tão falando em Arturzinho. E ontem ouvi de fonte segura que a Diretoria - gente graúda - tá realmente pensando nele. Ab, ST

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade....agora seria a hora ideal....daria tempo para arrumar o time para a estreia...acho difícil, mas seria uma sacada muito boa da diretoria, pois grande parte da torcida gostaria que ele voltasse e assim eles colocariam "panos quentes" nas últimas contratações criticadas...quem sabe seja uma segunda-feira de ótimas notícias....Abraço!!

      Excluir
  8. Arturzinho para a série B? Tomara! O Arturzinho e um camisa 10 diferenciado sendo apresentados amanhã na ARENA, já pensaram?

    ResponderExcluir
  9. Como dizem, seria juntar a fome com a vontade de comer....

    ResponderExcluir
  10. Gabriel Fronzi ‏ @gabrielfronzi

    Por telefone, Márcio Vogelsanger revela que Arturzinho só não vem para o JEC se não acertar salários. "Não existe nenhum outro problema".

    Já é um bom sinal...

    ResponderExcluir