NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

13 de dez de 2009

TRINTA MIL-RÉIS, MAS SUFOCO CONTRA UM TIME DE SEGUNDA

Ganhamos um torneio interestadual! É bem verdade que como disse, o torneio não era lá grande coisa - um era campeão da segundona paranaense - até a primeira é fraca, com exceção do Coritiba e Atlético, o outro campeão da A3 do Paulistão, e outro o substituto do Internacional B, do Rio Grande do Sul. De qualquer forma, botamos trinta caraminguás no bolso (em sentido figurado, porque eu não ganhei um puto de um tostão), além de ter a chance de observar alguns poucos jogadores. Os que jogaram ou eram titulares, ou o foram em algum momento da Copinha. Nada de muito novo.

É de se ressaltar o Lima, que fez seis gols em dois jogos lá em Votorantim, e um total de 21 em dezesseis jogos durante este ano, salvo algum engano na conta, o que não é difícil de ocorrer.
De outra banda, é preocupante que o time do Serrano tenha se mostrado melhor do que o nosso, não obstante tenhamos vencido. Marcação no campo de ataque, triangulações, toque de bola rápido embora o campo encharcado, jogadores habilidosos, tudo isso o outro time (de segunda divisão paranaense) tinha, ao contrário do nosso.

Vi também que o tal de Jeje e o Gleison foram dispensados - não vão fazer falta, nunca os vi em campo na Copinha e nem em qualquer lugar. Acho que a diretoria continua acertando num primeiro passo - dispensa quem não aprova. O segundo passo seria, penso eu, contratar bem, menos jogadores, mas sempre melhores do que os dispensados. Qualificar o elenco é preciso. Sem qualquer menosprezo aos jogadores que aí estão, pois nosso dever é apoiar, como afirmado no cabeçalho do site e aqui o serviço é torcer verdadeiramente e incentivar, afirmo que temos de pensar que o time pra série D tem que ser bem mais forte que o atual.

A hora é de comemorar, com os pés no chão e cabeça no futuro. Temos de pensar no ano que vem. Avante, JEC!


Nenhum comentário:

Postar um comentário