NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

29 de ago de 2011

JEC 2 x 4 CAXIAS: AINDA DÁ, MAS COMPLICOU BASTANTE

Um tempo feio, porém seco, me fez sair de casa esperançoso de um bom resultado. Chegando na Arena, vimos um gramado pesado, em razão de toda uma semana de muita chuva e umidade, e um time jogando mal (muito mal), mais uma vez, no primeiro tempo.
A vontade é de reclamar bastante, mas é preciso cuidado para não jogar o bebê fora junto com a água do banho, e não é hora de acabar com tudo, achar tudo uma merda, embora o jogo de ontem até pudesse justificar um comportamento desses. Ainda é hora de acreditar, e agora com mais fé.
arte: camilodesigner.blogspot.com
Um gol de falta de Itaqui, defronte à nossa área, ali onde eu disse que deveríamos evitar o contato, se não me engano em uma carga de Linno sobre Pantico. Íamos mal, mas Ramon, com muita experiência, dentro da área, cortou um marcador e deixou o corpo para sofrer o pênalti, convertido por Capixaba.
Mas, daí, o anão maldito - que apesar de ser expulso na segunda etapa fez partida muito boa até ir para o chuveiro como de costume - cruzou uma bola vadia que passou por toda a nossa zaga, por Mateus e sobrou para o pequenino Têti, no meio de 4 jogadores com mais de 1,80, colocar o Caxias em vantagem novamente. O negócio era ir para o intervalo assim, e mudar o panorama na segunda etapa.
Porém, aos 46', uma zaga preguiçosa em lance de escanteio viu o time grená colocar o placar em 3 a 1.
No segundo tempo, com a entrada de João Henrique e Bruno Rangel (e ainda Tiago Real), melhoramos, e com um mais após a saída de Pantico saímos para o abafa, descontamos com Capixaba (o artilheiro da Série C com 6 gols), mas paramos em erros de conclusão e em ótimas defesas de goleiro caxiense. Linno foi expulso por evitar um contra-ataque com o corpo - a falta foi no meio-campo e talvez um amarelo fosse suficiente -, e tomamos o quarto gol no final de jogo, após Eduardo - que errarra o passe na meiúca - cometer pênalti tentando se recuperar da cagada que cometeu. Têti, mais uma vez, marcou. Fim de jogo. Calculadora na mão daqui por diante.

Como disse, não é hora de crucificar ninguém, mas vários jogaram muito mal ontem. Um time com três zagueiros tem de cuidar com faltas bestas na entrada da área (dando a falta surge uma chance de arremate que não haveria com a bola rolando), não pode tomar gols de escanteio todo jogo. Nossa armação de jogadas foi muito lenta, e as saídas pela lateral perderam muito sem Badé em campo.
E falta o Lima. O Capixaba tá jogando muito, e ambos jogaram bem demais juntos, na Copinha. Capixaba pelos lados e Lima no comando de ataque seria outra coisa.
Como quero ter cuidado com as palavras, a única conclusão a que cheguei ontem foi de que João Henrique não pode ficar fora desse time. Saia quem sair, e pela bola que (não) vem jogando, acho que Jailton seria a escolha.

O tropeço em casa é perfeitamente aceitável em um campeonato parelho (só a Chapecoense ainda não perdeu pontos em casa), e o resultado de ontem, para mim, não foi pior do que os empates fora com o Caxias e com o Santo André. Por isso, nunca concordei muito de que nossos dois últimos resultados conquistados fora de casa, quando tivemos grande chance de vencer (um com o jogo praticamente ganho por dois a zero e o outro em que jogamos com um a mais por 83 minutos), tivessem sido pontos ganhos. Perdemos pontos importantes, e uma só vitória em viagem teria servido para compensar o tropeço de ontem. Se não nos classificarmos, não foi por causa do jogo de ontem, embora horrível. Nos últimos três jogos só fizemos 2 pontos em 9 possíveis.

O FUTURO:
Ora, temos de lidar com o fato que ainda faltam dois jogos, e precisamos de pontos em ambas as partidas para classificar.
Se todo mundo ganhar os seus jogos em casa (ou seja, mesmo que percamos em Chapecó), o JEC classificaria com 12 pontos. A única coisa que não poderia acontecer, nessa quadra, seria o ponto fora da curva, ou seja, o Caxias, na última rodada, bater a Chapecoense lá no Oeste.
Temos de concentrar todas nossas forças (mesmo com as baixas de Linno, Eduardo, e talvez Badé de novo), para o jogo contra a Chapecoense que no próximo final de semana é nossa maior adversária (um empate seria ótimo), mas nos demais jogos, poderá ser nossa maior aliada.
Os únicos clubes que ainda têm três jogos por fazer são Chapecoense e Santo André, o líder e o lanterna, mas este tem dois jogos fora de casa, e a bugrada dois dentro do Condá.
Dessa forma, com a primeira vaga bastante próxima da Chape, nossa briga mais direta será com Brasil e Caxias. Para tirar o Brasil da disputa, basta (como se isso fosse fácil) vencê-los em Joinville.
Para o Caxias, basta que perca para a Chapecoense na última rodada, mas essa pode chegar já classificada (por isso seria importante que roubássemos dois pontinhos lá em Chapecó, evitando a classificação antecipada do time oestino), o que poderia permitir algum relaxamento, ou mesmo que se poupem atletas para a próxima fase, o que seria preocupante.
O Santo André fazer o crime em Caxias - um empatezinho, por exemplo - também seria maravilhoso.

É hora de rever o que está acontecendo, porque andamos tomando tantos gols, e acertar isso para continuarmos na briga.
Ficou muito mais difícil, mas ainda dá.
VAMOS, PORRA! AVANTE, JEC!

Ficha técnica: Joinville 2 x 4 Caxias, Arena, 28.08.2011, público 9099 pagantes
JEC: Ivan; Renato Santos, Linno e Pedro Paulo (Tiago Real); Eduardo, Mateus (João Henrique), Ricardinho, Ramon (Bruno Rangel) e Gilton; Jaílton e Ronaldo Capixaba. T. Arturzinho.
Caxias: André Sangalli; Rodrigo Heffner (Totonho), Edson Rocha, Vinícius e Wanderley; Ramos, Márcio Hahn (Mateus Magro), Itaqui (Marinho) e Têti; Pantico e Lima. T: Argel Fucks.
Gols: Itaqui, aos 19/1º tempo, Têti, aos 36/1º tempo e aos 43/2º tempo, Edson Rocha, aos 47/1º tempo (Caxias). Ronaldo Capixaba, aos 28/1º tempo e aos 22/2º tempo (Joinville).

35 comentários:

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, O JEQUINHO VOLTOUUUUUUUUUUUUU!!!!!!!!!!!!!!!
    Grande Arena Joinvile, palco das grandes vitórias dos outros clubes!!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    O JEQUINHO, NOSSA GRANDE ALEGRIA VOLTOUUUUUUUUU!!!!!!!!!KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    JEC RUMO A SÉRIE D 2012, EU ACREDITO!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Saudações Manauaras!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Tem uns dados sobre a Chapecoense que nao sei se espalha o terror em vcs ou da confiança;
    Primeiro, lembram da copa SC do ano passado, se nao me engano no primeiro jogo do turno, o Jec veio aqui e venceu (o time verde era o mesmo praticamente do rebaixamento), essa foi nossa ultima derrota em casa, mais de 20 jogos e quase um ano e meio de invencibilidade;
    Segundo, este ano perdemos apenas 5 jogos,(em 33 disputados) pros camisa rosa la em floripa, pro poderoso Marcilio Dias em Itajai, pro Criciuma na primeira partida da final e 2 vezes ai em Joinville, porem ja vencemos 2 vezes vcs aqui em Chapeco, fato que voltara a se repetir no proximo domingo, creio que o cavalo passou encilhado ai por Joinville;
    Abs Fabricio

    ResponderExcluir
  3. Jequeano. Vi o mesmo que você viu no jogo de ontem. Exatamente as mesmas coisas. Não tenho nada a comentar em cima do que você escreveu porque estão corretas em todos os aspectos as suas colocações. Tanto com relação ao jogo como em relação a futura classificação.

    Eu quero falar sobre as semanas do JEC antes desse jogo.
    1° os 2 empates como você frisou que podem nos fazer muita, mais muita falta mesmo os pontos perdidos nesses jogos.
    2° eu já havia comentado com amigos, e não comentei por aqui, porque poderia parecer que depois do empate medíocre em Santo André eu estaria pegando alguns para Cristo. Mais um time que quer se classificar tem que se reapresentar na terça-feira com o SEU TREINADOR. Nosso time se reapresentou na terça-feira e o nosso treinador apareceu só na quarta-feira. Alguém pode dizer: "mais o Revérson deu os treinamentos!". Ora, quem tem funcionários sabe que a dedicação e o rendimento só são 100% quando o "dono" está de olho. Alguém aí lembra do Edinho Nazareth? Ou seja, o JEC pouco valorizou esse embate contra o Caxias, começou mal a semana de trabalho. Tem que haver dedicação até o ultimo dia da Série C.

    Outra coisa, improvise na lateral esquerda mais não coloque mais o Gilton pra jogar. Ele não se define. Se ataca ou se defende.
    TA FALTANDO O 9!!

    Surgiu um bom nome para o meio campo do JEC(se é que ainda dá tempo de inscrever jogadores). Diogo Oliveira-ex brusque e ex-criciuma, jogador com estilo de Teti e que poderia dar criatividade ao meio campo do JEC.

    Arturzinho, abra o olho, me perdoem pelo que eu vou falar, mais jogador é igual a puta, não pode dar moleza, tem que estar em cima e "tratar mal", porque quando começa a dar moleza o negócio fica muito solto e eles se passam. Já surgiu de algumas pessoas noticias que alguns jogadores estão madrugando direto nas baladas. Quando esta tudo bem isso não aparece, mais quando as coisas dão errado os erros vem a tona. Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Sandrão - JOINVILLE29 de agosto de 2011 14:28

    Meu medo se concretizou!!

    Os 4 pontos perdidos fora, e agora esse jogo bisonho ontem na arena, deixaram o JEC com as calças na mão!

    Ganhar lá em Chapecó??? Gostaria de estar errado mais uma vez.. mas... não creio em vitória lá na aldeia do oeste.

    Ou seja, teremos que vencer ou vencer ou vencer aqui contra o Brasil de Pelotas, e torcer por combinações de resultados.

    E sim.. falta um 9!! Esse tal de Bruno Rangel pode mandar pro infeeeeeeeernooooooo!

    O cara de frente pro gol... podia ainda ter arrumado melhor a bola pra chutar... e dá um bicão no travessão??!!!! PelamordeDeus... até nossos zagueiros tem mais categoria que esse desgraçado!!!

    Partida nojenta de Jailton (de novo!), Eduardo (cabaço!), Gilton (jogador medroso!), Mateus (de novo!!).

    ACORDA JEC!!! JÁ PERDEU A HORA E DESSE JEITO VAI CHEGAR ATRASADO OUTRA VEZ!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Se não for com drama não é JEC. Assim é mais divertido.

    Agora, não podemos de jeito maneira perder o jogo de próximo domingo, senão a Chapecoense, mesmo que perca na nona rodada, vai entrar na décima rodada já CLASSIFICADA. Não tô afirmando que a Chapecoense relaxaria para prejudicar o JEC. Mas se a classificação antecipada vier, eles têm todo o direito de poupar atletas na última rodada pensando na segunda fase e o JEC correria sério riscos de ver o Caxias ficando com a segunda vaga lá em Chapecó. Que bosta, a Chapecoense nos deu uma ajuda ontem e o JEC fez aquele fiasco. Agora é tirar ponto, um mísero ponto que seja, com o time desfalcado, lá em Chapecó.

    Obs: Depois de uns dois meses, o Sérgio apareceu. Ele só aparece quando o JEC perde, por isso tanta demora.

    ResponderExcluir
  6. Já era, Douglas. O Caxias gaúcho já contratou esse jogador.

    ResponderExcluir
  7. Que isso Sérgio, quantas pedras no seu coração. Largue mão de ser rancoroso, homem... E torça para o JEC! =)
    E continuo achando que o JEC só passa caso ganhe as duas próximas partidas. Ainda só depende de si. Ficar torcendo por combinações de resultados é de doer! E improvável, mas, caso aconteça, o Joinville tem que erguer as mãos aos céus!!!

    ResponderExcluir
  8. Foi o pior jogo que assisti sobre o comando do Arthur. JAILTON não pode mais ser titular, mas uma vez não jogou nada, que nosso técnico não erre por omissão. Meus Deus, que partida horrível do MATEUS, assim como lá em Santo André, novamente foi mal, temos o Glaydson comendo a bola nos treinamentos, para mim Mateus também é banco. Gilton, nem pensar, volta Badé, e finalmente Eduardo, fiasco total, voltou a ser o velho cabeça de bagre, ainda bem que foi expulso, assim Thiaguinho Real dará mais mobilidade pelo lado direito.
    Vamos juntar os cacos e ir disposto a vencer a bugrada, pode a vitória não vir, mas não pode faltar raça e disposição.
    Meu time para este jogo é: Ivan, Tiago Real, Renato Santos, Pedro Paulo, Fabiano Silva e Badé, Glaydson, Ricardinho, Ramon, Ronaldo Capixaba e Eraldo (que bom se pudesse ser o LIMATADOR, esta faltando um "9").
    PS: Fabricio, o Aelson (LE) tomou o terceiro amarelo, quem é o reserva dele?? E o Dema e Grolli, estão machucados, será que voltam contra o Jec??? Eles também tem problemas...
    Saudações Tricolores.

    ResponderExcluir
  9. Sérgio, que bom que não esqueces do JEC. Alguma vez já viste, ou melhor, somando todos os jogos da história do mequinha, 9000 torcedores juntos?
    Continue dando audiência ao nosso humilde blog - até este blog tem mais audiência que teu time.

    Fabrício, tabu é pra ser quebrado, esperamos aqui em Joinville. Precisamos no mínimo um ponto aí. Colaborem conosco e pelo menos vençam o Caxias na última rodada.

    Douglas, tens toda a razão quanto ao episódio Edinho, o Nazareno. Mas é que agora o time vinha vencendo, e a postura foi diferente.

    Sandro, eu acho que vamos ter de nos agarrar ao Bruno Rangel e torcer para ele desencantar. Até acho que a conclusão na quina do travessão e uma quando já estva 4 a 2 chutou uma bola de voleio que mostram que ele tem alguma qualidade. Que desencante.

    Emerson, o Caxias, vencendo o Santo André (e nós perdermos em Chapecó), vai nos obrigar a vencer e bem, porque se não ao Caxias pode bastar o empate em Chapecó, em razão do saldo de gols. Se perdermos em Chapecó, não pode ser por mais de um gol, sob pena de ficar tudo muito difícil (mais do que já está). Ab, ST

    ResponderExcluir
  10. olha. Na verdade o jogo chave para as pretensões do JEC é SANTO ANDRÉ x CHAPE. E digo pq. Com um empate (no minimo) em chapecó no domingo e uma vitória do Caxias sobre o Santo André. A chave fica assim: Chape 11, Caxias 11, JEC 10. Depois teremos o confronto contra o Brasil. Aí vem o jogo da CHAPE lá em Santo André. Aí que entra o jogo chave. O JEC vencendo o BRASIL aqui e a CHAPE no MÁXIMO empatando lá fica assim. JEC 13, CHAPE 12, CAXIAS 11. Estaremos classificados. Pq na ultima rodada estaremos folgando, mais CHAPE e CAXIAS farão um jogo kamicase(como diria o NOBRE INFORMAL) na ultima rodada. Agora, se a CHAPE vencer o Santo André estaremos em maus lencóis. Porque chegará a ultima rodada classificada e vai abrir as perninhas pro caxias chegar a 14 pontos tambem.

    ISSO TUDO CONTANDO COM UM DESASTROSO EMPATE EM CHAPECÓ NO DOMINGO.
    NEM TUDO ESTA PERDIDO!!!

    ResponderExcluir
  11. Olha, quando o nosso time tava bem pior, lá no returno do catarinense, fomos pra Chapecó e eles ganharam num pênalti suado no finzinho do jogo.
    Acho difícil ganhar deles, mas acredito que é possível. Quem diria que o Caxias faria o que fez?
    E, Fabrício, a invencibilidade acabará em algum momento. Percam pra gente e nos classificaremos juntos. hehe

    Vamos que vamos. Vai dar sim!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. Edson Parana (Fpolis)29 de agosto de 2011 20:14

    Ae galera TRICOLOR, não vamos dar bola pro que tipinhos como esse imbecil chamado sergio comentam. Ele comenta num blog TRICOLOR pq lá pras bandas da floresta amazonica com certeza não existe blog nenhum que trata do timinho dele. ANTES QUE EU ESQUEÇA : VAI A PUTA QUE O PARIU. JEC RUMO A SÉRIE ''B'' 2012. ST.

    ResponderExcluir
  13. Jequeano, sei que não podemos fazer de uma partida a derradeira, mas convenhammos, Eduardo e Ricardinho tem que ser banco urgente, o pequeno Rica deixa a bola passar na frente dele, um lance no lado direito no segundo tempo a bola sobra perto da grande area, o orelhudo estava uns 2 metros dela e um jogador, não lembro qual, teve que sair da lateral dar o combate pq o cara tava engessado, não dá mais, não aguento esse dois.
    O Mateus não estava num dia feliz, tudo bem, e novamente as jogadas afunilando, será que o Artur não viu isso ainda, tão fazendo uma troca, mas nao ta dando CERTO, o eduardo pelo meio não dá, pela direita já é sofrivel.
    E Serginho, não caimos mais meu amigo, no minimo nos mantemos na C, e teu America, senão me engano quase foi rebaixado no Amazonense, tsc tsc tsc.

    No mais, Sds Tricolores

    ResponderExcluir
  14. Jequeano, acho que o Arturzinho, contra a Chapecoense, deveria seguir o exemplo do Guardiola no Barcelona, e jogar SEM ZAGUEIROS!!!
    Hahahaha, vamos COM TUDO pra cima deles!
    Saudações tricolores.

    ResponderExcluir
  15. André, acho que se tivéssemos bastante competência defensiva, deveríamos é jogar com 9 zagueiros e um atacante, para tentar vencer no contra-ataque, mas como não estamos com essa defesa toda, apostar num jogo minimamente ofensivo, com mais velocidade na meia cancha seria interessante. E com 13 pontos acho que dá, e talvez até com 12, se na última rodada a Chape quiser alguma coisa com a bola.
    Cristiano: Thiago real é a solução para a direita? ele não vai sair demais para o ataque e deixar seu lado desprotegido? contra o SA a Chapecoense fez seus três gols pelo lado do LD do time de SP. Mas também concordo que não tem lógica apenas colocar um lateral marcador, pois aí ficaremos ainda mais inooperantes ofensivamente.
    Bocão, concordo contigo que chega de lógica, precisamos contrariá-la. Mas como já disse outras vezes, essa lógica, contra a gente, costuma funcionar.
    Dácio. O Little Richard é um jogador lento, todos sabemos. Sempre foi, mas continua o dono da bola parada (que à exceção dos pênaltis, voltou a não dar resultado para nosso lado, como deu nas primeiras rodadas). Talvez a parte ofensiva realmente deva ser Ramon, JH, Capixaba e Bruno Rangel.
    Edson: vou de capitão nascimento para o nosso amigo manauara: nunca serão!
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  16. Mario L. Nascimento30 de agosto de 2011 10:08

    Amigos, estou de férias, em MACEIÓ. Portanto não poderia deixar de comentar, saudando nosso eterno ídolo. hehehe

    Todos os primeiros tempos e os dois jogos anteriores foram sinais de que as coisas não eram nenhuma maravilha. Mas o time estava indo. Pela primeira vez tomou tanto gol sob o comando do Arturzinho. Não vi o jogo, mas pelos comentários, parece que foi semelhante às derrotas imbecis que nos tiraram a chance de disputar o título estadual.

    Só espero que tenha sido só um tropeço e que a grande mudança que veio com o Arturzinho - um time com personalidade - não desapareça com essa derrota.

    Ficou muito mais difícil, mas ainda dá. Um crime em Chapecó seria muito bem-vindo. E temos que lembrar que o JEC tem que definir a classificação com uma rodada de antecedência. Senão, sugiro que o Padre Bertino faça uma missa especial na hora dos jogos da última rodada. Com o sistema de som da catedral ligado nos jogos. Não pode faltar oração.

    ResponderExcluir
  17. Sandrão - JOINVILLE30 de agosto de 2011 10:13

    A chapecoense muito provavelmente entrará como primeira colocada.

    Temos que cometer o crime lá em Chapecó.

    Os outros 2 jogos deles, certeza que ganharão! Aliás, vão mostrar pro JEC como se ganha daquela merda de Santo André lá dentro da casa deles, coisa que o nosso JEC não teve competência pra fazer!

    E o último jogo contra o Caxias, também vão ganhar em casa.

    Ou seja, temos que fazer a nossa parte, porque depender de resultados é o fim!!!

    SORTE JEC!!! Vai precisar!

    ResponderExcluir
  18. Bom, com o comentário do Mário parei de procurar explicações para a derrota: a culpa é tua. Primeiro, porque não foste à Arena para nosso bate-papo e cervejinha (e a superstição faz parte do jogo de futebol). Depois porque foste em direção a tal cidade que mencionaste. Aí já é demais. Ab, ST

    ResponderExcluir
  19. Pô jequeano, brincadeira à parte, com relação ao Barcelona, realmente estou muito triste com o JEC, na real triste/conformado... São 18 anos indo ao estádio e alegria mesmo só em 2000/2001, no resto, sempre mais do mesmo...
    Vi que de dois anos pra cá a situação melhorou até (chegamos a estar até sem divisão no campeonato nacional!), e sei também que a evolução está acontecendo, mesmo que de forma paulatina. Porém, infelizmente todos os anos temos tido times meio "capengas", que chegam a dar desgosto. Este time aí desse campeonato até que pelo menos mostra um pouco mais de vontade (vide Ronaldo Capixaba, que me surpreendeu pela raça/disposição), mas o fato é que eu, como jequiano também (e não sou flamenguista, corintiano, vascaíno, sou só JEC), infelizmente aprendi a ser conformado com o time que temos na cidade.
    Quando vi o Joinville terminar o turno em primeiro, e muita gente falando que "agora vai", "o time é muito bom", "é SÓ ganhar as duas em casa", me deu uma sensação muito ruim de "oba oba" por parte de alguns. Sei que é importante nós incentivarmos nosso time, sempre.
    Mas o que me revolta é que os mesmos que são do time do "já ganhou", são aqueles que vão ao estádio achando que temos um super time, que vamos golear e jogar bem sempre, e no primeiro toque errado na bola vaiam (cambada de corneteiros!). Prefiro ser mais sensato, tentando ponderar que até 2 meses o JEC estava capengando na Copa SC, e saindo de um Campeonato Catarinense pífio, porém, na hora do jogo apoio até o fim.
    Esse comportamento de parte (creio que minoria) da torcida me irrita em certos momentos. E acho até que tem gente que vai ao estádio pra "secar" o JEC. Só pode. Outra coisa que me irrita é a torcida do JEC (do JEC mesmo?) vibrar a cada gol do Palmeiras contra o Corinthians, porque o "Mengão" não vai se afastar da liderança.
    Não sei se o JEC tem tantos torcedores assim como se pinta na cidade. Chega a ser ridículo!
    Bom, desculpe pelo desabafo, mas sou um torcedor do clube, e acho que tenho o direito de achar que nada está perdido ainda, temos chances SIM de classificar (só dependemos de nós mesmos), mas também quando estamos ganhando nem tudo está às mil maravilhas! É realmente um problema subir no salto alto, a queda e a decepção são maiores. E não estou citando você nem qualquer uma das pessoas que fazem comentários aqui, creio que são todos jequianos mesmo. É só essa minoria de corneteiros e a turma do "oba oba" que me irritam!
    Abraço, saudações tricolores. Sorte e COMPETÊNCIA ao JEC!

    ResponderExcluir
  20. André estás certíssimo, eu também acho que não está perdido, só ficou mais difícil, como disse no título do post. E nosso maior erro não foi em casa.
    Eu até tinha estranhando que houvesse tanto palmeirense no estádio, agora que me liguei que a gritaria era a favor do flamengo.
    Quanto aos cornetas, já escrevi que nossa torcida é paranóica, maníaco-depressiva, bipolar. Tem horas que vaia, tem horas que fica num silência absurdo e, às vezes, muito às vezes, apóia.

    André, sobre o tamanho da "nossa galera" leia o AN de hoje, tem uma pesquisa sobre o tamanho de nossa torcida. Estamos levando um baile. Estás certo também.
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  21. André, parabéns pelo comentário de um genuíno torcedor do jec. Ah se todos que fossem à ARENA
    fossem como você.....MUITO OBRIGADA POR SABER QUE AINDA TEMOS TORCEDORES ASSIM...
    FORÇA JEC.
    PARANÓICA,MANÍACA,DEPRESSIVA E BIPOLAR....
    ESTA É A TORCIDA QUE TEMOS HOJE....

    ResponderExcluir
  22. Não sei porque mas domingo lembrei do Londrina, do Vila Nova, do Noroeste......mas que barbaridade... já vi essa porra de filme varias vezes.

    ResponderExcluir
  23. Também lembrei do Novo Hamburgo, do Brusque de 2008 e 2010, do Atlético do Ibirama, do Metropolitano, do América-AM (ou seria Atlético-AM, ou seria Cruzeiro-AM?). Não faltam más lembranças.

    ResponderExcluir
  24. Muito bem lembrado pelo Silvio a respeito do Londrina. O ano era 1998 e o JEC venceu o Paysandu lá no Mangueirão e tinha vantagem de jogar pelo empate contra o LOndrina numa quarta-feita a noite chuvosa no Ernestão. Saiu vencendo por 1x0 gol do Paulinho. E adivinha o que aconteceu no segundo tempo? Eram duas chaves de 8 equipes sendo que as duas primeiras classificavam-se para o quadrangular final. Resumo: JEC perdeu por 2x1 em casa(Ernestão) e viu a maior oportunidade de acesso a Série A FUGIR DAS MÃOS. Por isso quando me falam de maldição de Arena eu não dou bola. Se existe maldição ela existe a muito tempo. Outra coisa, a queda da B para a C se deu no ERNESTÃO em 2004 e não na Arena como muitos dizem. Abraços

    ResponderExcluir
  25. Desculpa. Alí eu escrevi 2 chaves de 8 equipes. Correção: 2 chaves de 4 equipes. OK

    ResponderExcluir
  26. Silvio, Emerson, Douglas. É verdade que estamos com reflexos pavlovianos, mas temos de tentar deixar isso pra trás. Acho que essa nossa desconfiança - eu também a tenho - não traz nada de positivo para o elenco. Na semana da decisão em vez de incentivarmos, começa-se a perguntar ao jogador se ele vai sentir pressão, se as seguidas derrotas na hora H não incomodam, etc., etc., e acaba dando o famoso cagaço não só na torcida, mas até no time.

    Shirley, é disso que precisamos, uma torcida um pouquinho mais consciente, mais calma - não disse quieta, mas calma - que apóie os 90 minutos. Acho que a torcida não teve mau comportamento domingo. Só houve vaias ao final do jogo, e aí, merecidas.
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  27. Para quem ainda não sabe, o xerifão da zaga da Chape, rompeu totalmente os ligamentos cruzados do joelho, e só volta a jogar daqui a 6 meses, ou seja, não joga mais a série C.
    Se nós perdemos nosso matador, eles perderam seu melhor defensor. Se o alemão polenta do Grolli não jogar, eles estarão com a zaga totalmente reserva.
    Há uns 3 ou 4 anos, numa copa santa catarina, ocorreu a mesma coisa, o Jec foi a Chapecó e era obrigado a ganhar o jogo para manter viva a chance de garantir a vaga na série C, naquela época ainda não existia a série D, a Chape tinha desfalques na sua zaga, e o Jec abriu o placar no 1 tempo, no 2 tempo os indios empataram, mas aos 43 Marcelo Silva, saiu do banco para fazer o gol da vitória, num cruzamento do Tesser....final de jogo Chape 1x2 Jec, posteriormente seriamos campeões desta copinha.
    Tomara que isto se repita domingo, ja é hora dos indios perderem uma lá.
    Saudações Tricolores!

    ResponderExcluir
  28. Que coisa, não falei o nome do jogador...rsrsrs...é o gigante Dema...

    ResponderExcluir
  29. Segue o link com os melhores momentos de Brasil e Chape, nota-se que a chape tem sérios problemas com bola área.
    http://www.youtube.com/watch?v=b3WuhnwywoY&feature=youtu.be

    ResponderExcluir
  30. Mario L. Nascimento30 de agosto de 2011 19:41

    Sem olhar muito: a pesquisa da tal de Lupe é mal feita e as conclusões são direcionadas para privilegiar os times de fpolis.

    Isso já era esperado, visto que quem encomendou a pesquisa foi quem transformou aquelas merdas em algo parecido com time de futebol.

    Eu não esperava nada diferente.

    Uma olhada inicial nos números mostra incongruências básicas. Pode ter certeza de que as perguntas foram feitas de modo que as respostas fossem dúbias e as conclusões pudessem favorecer a dupla conhecida.

    Estatística é a arte de provar qualquer coisa com números. Todos sabemos que os números, quando torturados, confessam qualquer coisa.

    Vou olhar mais de perto e depois escrevo sobre mais essa empulhação da RBS, tentando empurrar aquela merdas pro resto do estado.

    ResponderExcluir
  31. Mário, acho que não precisamos nos preocupar com os números divulgados para fins de saber o tamanho de nossa torcida. A preocupação seria por que é prejudicial no sentido de diecionar os indecisos a torcerem junto da "maioria".
    O pimportante mesmo é que qualitatvamente nossa torcida está crescendo e melhorando muito. Eu acompanho o Jec há apenas 16 anos, mas pude sentir as mudanças no nosso torcedor. Hoje nossa tocida fiel é muito maior e aumenta a cada ano, inexplicavemente dado os resultados dos anos recentes. Qual time do Brasil tem uma torcida como a nossa? Estou descontando os corneteiros.
    A nossa pesquisa empírica cotidiana nos mostra dados muito mais animadores que a da RBS.

    Jequeano, acabo de pesquisar sobre o Pavlov. Realmente, parece que temos esses reflexos devido às experiências passadas. No entanto, quem diria que ano passado ganharíamos do Avaí na final do turno? Não pipocamos. E o gol saiu quando os cornetas já tinham ido embora para não pegar trânsito.
    Continuo seguindo tua tese de que o Jec amarela em casa nas decisões por culpa da grande maioria de sua própria torcida que é corneta! Nós temos que torcer pro Jec sempre jogar as partidas decisivas fora de casa. A nossa torcida atrapalha.
    Tendo isto em mente, é importantíssimo que torcedores como nós que acessamos este blog façamos a nossa parte no movimento de conscientização da forma de torcer. Numa boa, cada um deve conversar com o corneta e convencê-lo a vaiar e reclamar apenas no fim dos jogos. Durante, apoie.

    Sendo assim, acho que sem a pressão de sua própria torcida, o Jec vença em Chapecó.

    PS: Deveriam deixar entrar apenas sócios na Arena. A cornetagem diminuiria bastante.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  32. Pesquisa da RBS? voces ainda acreditam nisso, o Avai mostra que tem 29% de torcida no oeste, mas nunca tem mais que 15 torcedores em jogos deles aqui em Chapeco;

    ResponderExcluir
  33. Acho que os cornetas atrapalham, assim como os super-mistos. Coloquemo-nos no lugar dos jogadores: estamos lá correndo, daqui a pouco tá lá a galera comemorando gol de time que não tem nada a ver com o campeonato que o JEC está participando. Os mistos também atrapalham.

    ResponderExcluir
  34. Dema, da Chapecoense, se arrebentou e não joga mais a série C. Não é só no JEC que acontecem coisas ruins.

    ResponderExcluir
  35. Mario L. Nascimento1 de setembro de 2011 09:24

    Concordo com você, Emerson. Cornetas deveriam pensar mais antes de abrir a boca para criticar ao menor erro. E os mistos são até piores porque mesmo calados os jogadores enxergam as camisas de outros times na torcida. Já comentamos sobre esse costume imbecil de ir em jogo de um time com camisa de outro. Já a comemoração de gol de time que não tem nada a ver, a culpa é da diretoria que deixa aquele sujeito lá dando resultado de campeonato de que o JEC não está participando. A quem ele acha que está ajudando?

    ResponderExcluir