NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

29 de mar de 2012

FACILITOU, LASCOU-SE. DERROTA EM CHAPECÓ.

Não assisti, não ouvi, apenas acompanhei pelo twitter. Parece que foi medida prudente, pois abusamos de fazer cagada, ao que parece. 
Foi de assustar a noite dessa 4ª feira.

Eu continuo com minhas desconfianças quanto ao Argel (embora os resultados me desmintam, exceto o de ontem), pois para mim, quando ele precisa sair um pouquinho do script, ele não tem idéias muito boas. 

Esse Natan - não vi jogar, posso estar queimando o cara - tava jogando no Zequinha ou em outro timeco do RS, e o Argel pediu sua contratação. Diziam que passou a vida toda na base do Internacional - mas meu amigo que é Colorado doente disse que nunca ouviu falar no cabra. O cara nunca sequer entrou num jogo, e vira logo titular - o afinal, o técnico tem que "justificar a indicação". Foi substituído aos 30,' quando Argel viu a merda que fez (e já aproveitou pra queimar o seu pupilo), e duas patas da vaca já estavam no atoleiro. Entrou o Tiago Real, que embora viesse jogando bem (em outras posições), não é volante - estaria errada a configuração do nosso banco de reservas? 


Eu gostaria de saber uma coisa: onde está o Mateus? Argel  relegou ao ostracismo um jogador que foi titular em parte da Série C do ano passado - em que, lembremos, fomos os campeões - e que agora sequer está sendo relacionado. Seria a opção óbvia para o lugar do Fabiano Silva, mas está relegado ao quinto dos infernos. 


Ênio, coitado, teve uma partida infeliz. Mas culpá-lo exclusivamente me parece um erro. O time foi muito mal.
O primeiro gol, embora uma jogada ensaiada da bugrada, é medonho. O cara bate uma falta de 40 metros nas costas do Ênio, e um zagueirão deles joga pro meio da área, e ai já era. Depois uma jogada do Athos (e quantas foram as jogadas do Athos..., jogou fácil, livre), depois mais dois gols de escanteio, com participações especiais de Ênio e Ivan. E nesse futebolzinho mequetrefe de hoje em dia, o gol de bola parada não é mais um "acidente", mas uma das principais armas de qualquer time, inclusive do nosso. Então, dizermos que "vamos mal na bola aérea" equivale a dizer que estamos mal num dos principais lances do futebol que se diz "moderno".


E não esqueçamos que o Ivan ainda pegou dois pênaltis. A desgraça podia ser bem maior. Diga-se que Ivan fez o primeiro pênalti, defendeu, botando a bola pra escanteio. Aí, os caras batem o escanteio e fazem o gol. É de lascar! E desanima.
O segundo pênalti não existiu. E o Eduardo ainda foi expulso. Mas também ouvir nosso técnico dizer que o árbitro "sentiu a pressão" do jogo beira o patético, pois eles abriram o placar com 6 minutos, e logo estavam vencendo por três a zero. É jogo fácil pro apitador. Quem sentiu a pressão foi o nosso time, não o assoprador de apito, que errou quando o coelho já tinha ido pro brejo. 



O negócio é que o JEC parece um time dado a panes, a apagões mentais, e isso me assusta. De vez em quando, resolvemos tomar três ou quatro gols em um tempo (foram três vezes em 15 rodadas, duas delas sob o comando argélico).
Por isso tenho algumas dúvidas, questionando sem ainda culpar o Argel: a primeira já exprimi acima: por que Mateus foi esquecido? Vão outras: por que Ricardinho ganhou a posição rapidamente, quando João Henrique e Tiago Real vinham bem - e melhorando? Por que JH é sempre o primeiro a ser substituído, não importa o que faça? Por que no final dos jogos, quase sempre, temos um atacante jogando de meia (ou Cristiano ou Rangel). Por que sempre temos dois jogadores de área no ataque, e ninguém joga pelos lados, exceto os laterais?

Voltamos chamuscados!
Enfim, voltamos para a horrível 6ª colocação na classificação geral, embora tenhamos nos mantido na briga tanto pelo critério técnico quanto no returno. 
E é agora que a porca torce o rabo: domingo enfrentaremos o Criciúma, na Arena, precisando vencer de qualquer maneira.
Não teremos Eduardo (expulso injustamente) e Ivan. O goleiro da base (Jonathan) vai estrear numa fogueira danada. Pelo menos voltam Linno - veja só onde chegamos, festejo a sua volta - e Fabiano Silva.
O Tigre venceu bem o Figueirense, tem um ataque manhoso - esse Zé Carlos incomoda - um time acertado, em ascensão. Jogo difícil no domingo, sem dúvida. E é vencer ou começar a pensar na Série B, mais de um mês antes de ela começar. Nos últimos três jogos foram duas vitórias sofridas - que com um pouco de má sorte teriam sido dois empates - e uma derrota flagrante. Tá na hora de uma nova recuperação. AVANTE, JEC!

30 comentários:

  1. o mundo não vai acabar por causa de uma derrota,quem enterrou o jec foi o gonzaga e jogar naquele campinho de guardar boi e muita coisa!
    muita calma nessa hora e não adianta fritar o argel.falta jogador,isso falta.

    ResponderExcluir
  2. Dizer que não foi penalti...ai é mentir pra mim vai...

    ResponderExcluir
  3. Como informado...deixaram o Athos fazer a festa, dá um tempo né...manda alguém colar no cara, porra...outra, o Enio, dos 4 gols, em 3 ele estava disputando a bola e perdeu por cima..time que quer chegar precisa corrigir isto na defesa...precisamos mais atenção, mas vamos para cima do Criciúma para decidir nossa vaga...é matar ou morrer...está mais fácil (ou menos difícil) ganharmos o returno do que pela classificação geral....abraço a todos!

    ResponderExcluir
  4. Prefeiro não cometar sobre "Nosso Tecnico" eu não sou fã dele então...

    O Time ate então não entrou em campo,por que aquele Joinville que vimos contra a Chapecoense aqui na Arena não jogou...

    O time estava muito mal montada para a partida,entrou aberto pelo meio e quando viu o gol saiu pela lateral(Vai enteder)...de novo bola area...

    Falo já no domingo por que passado não adianta mais...Será um jogo difissilimo e acho que para o JEC é tudo ou tudo...então sem pensar em empatar e muito menos perder por que se não fora estadual...

    PS: Artuzinho está sem clube ainda(Viuva do Artur)...

    ResponderExcluir
  5. Jequeano, foi uma derrota dificil de engolir, mas uma hora iriamos perder, bola pra frente.
    Outro ponto que voce tocou que a tempos venho reparando, lembra do carequinha Zanuto?, foi eleito um dos tres melhores volantes do campeonato passado, veio a era Giba, foi jogado as traças, Arturzinho nao gostou dele tambem, senao me engano foi mandado embora, o Mateus a mesma coisa, toca bem a bola, é lutador e agora nem no banco.
    Acho que o Argel usou de coerencia com o Enio, no jogo contra o Cvai o cara jogou bem, só que ontem nao estava num dia inspirado.
    No mais, Que venha os carvoeiros, Sds Tricolores

    ResponderExcluir
  6. O que mais me deixa puto é que todos sabiam que a chape é time alçador de bola na área, é só isso que sabem fazer (fora dar bordoada) e tomamos três gols de bola aérea. Pode ser que o time tava numa daquelas noites que nada da certo, mas pra mim faltou inteligência para o técnico. E Ivan pelo amor de Deus fica embaixo do gol.
    Vamos chorar igual a eles: Perdemos para nós mesmos, perdemos de quatro, mas merecíamos ter ganhado, só perdemos porque a noite tava fria, se o campo fosse mais largo teríamos ganhado, aquele pênalti inexistente nos desestruturou, e bla bla bla.

    ResponderExcluir
  7. Não tô fritando o Argel, mas acho que ele teve um dia infeliz, e como disse, não confio na sua capacidade de improviso. E criticar não é fritar.
    É verdade que faltam jogadores (e alguns que não faltam estão esquecidos), e vamos assim até o final do Estadual, e depois teremos de achar rapidamente (acredito que até já estejam mapeados), acho eu, mais um zagueiro, um ou dois volantes, e acho que um meia BOM e rápido. Haverá dinheiro?
    Eu sempre digo, a Série B não é o catarinense, é muito mais foda.

    O Ênio foi muito bem contra o Avaí, mas também é de se dizer que naquele dia o Avaí foi horrível. Essa escalação eu não discuto, embora tenha dado muito errado. Era a lógica. Mas se o cara pode inventar o Natan, que nunca jogara, podia inventar o Maurício. E se preferiu não botar o Maurício, naõ deveria ter posto o Natan, pois tudo seria experiência. Foi incoerente, para mim.

    ResponderExcluir
  8. Mas a justificativa da derrota segundo o Argel foi a pressão, dai pediram que tipo de pressão? Pressão, pressão de Chapeco, pressão das coisas que ocorreram, dai fiquei pensando, mas se num estadual existe pressão imagine numa serie B que tem somente cachorro grande, creio que nesse momento justificar mau resultado jogando culpa em fatores extra campo, seja esconder o nó tático e técnico que levou e não reconhecer que realmente o time jogou mal.Fui no estadio e não vi nenhuma pressão que justificasse uma derrota. Inclusive (não acredito em teoria da conspiração, mas que existe existe) vi um juiz distribuindo muitos cartões pra ambos sem necessidade.

    ResponderExcluir
  9. Natan não foi mal enquanto esteve em campo. Bode expiatório e só! Talvez tenha sido substituído por que levou um amarelo cedo e o Argel teve medo de perde-lo por expulsão. Agora "detonar" o Natan e "pegar leve" com o Enio mostra que vc realmente não assistiu ao jogo Jequeano hehehe. O Enio foi muiiitoooo mal, mal mesmo. Com relação ao Mateus é um jogador simples, que não marca bem e tem uma boa saída de bola, e só! Sobre o Argel, tem registrado aí nos arquivos do blog, eu disse: "Para o momento que nós estamos vivendo agora (na sua contratação, depois de o milioli nos deixar na zona do rebaixamento) acho um bom nome, mas, não sei se terá trabalho a longo prazo." Acho que Argel perdeu o jogo no meio de campo, quando o Itamar jogou num 3-6-1 e ganhou toda segunda bola. Acho engraçado que aqui contra o Metro ele ja tinha dado entrevista e comentado que o JEC teve dificuldade pq o Metro congestionou o meio de campo. Todos sabiam que o Itamar viria com 6 homens no meio de campo, inclusive o pessoal da rádio chapecó estava P da vida com o Itamar, falando que ele escalou mal e etc etc. O Argel joga aberto demais fora de casa, e não me venha com essa história de que não arma time de acordo com o adversário, porque existem momentos que nós devemos armar sim o time de acordo com o que o adversário apresenta. Congestionou o meio de campo? Então fortaleça o meio de campo para não perder este espaço de campo tão importante num jogo de futebol.
    Com o meio campo da Chapecoense atropelando, se esperava que nossos laterais aproveitassem que o meio campo estava congestionado e fizessem nossas jogadas por ali, aí meus amigos, entra pra mim o pior homem em campo a pelo menos umas 6 rodadas. O nosso nobre colega GILTON. Aí alguém pode dizer: "mas ele não interferiu em gols e etc." E eu respondo, o Gilton peca por omissão, não aparece pra jogar, não defende, não ataca, fica sempre no meio do caminho, resumindo, é UM HOMEM a menos em campo sempre.
    To contigo Jequeano, precisamos de 1 ZAGUEIRO, 1 VOLANTE, 2 MEIAS BONS e principalmente, 1 LATERAL ESQUERDO, porque esse
    que aqui está é uma enganação.

    ResponderExcluir
  10. Fabricio, esse negócio de pressão foi conversa fiada do Argel. Que teve pressão em cima do Ronan teve, amigos meus que estiveram em Chapecó que falaram que a organizada e diretores da Chape ja aguardavam o Ronan quando ele chegou no estadio no carro. Fruto daquelas declarações do Palaoro. Mas essa pressão nem deu tempo de ser exercida, pois com 5 minutos de jogo a Chape ja vencia e nem precisou de pressão de fora pra vencer o JEC. Argel tem é que trabalhar essa equipe. Parar de se achar auto suficiente e trabalhar o time de acordo com as virtudes e deficiências que o adversário apresenta. E quando perde, reconhecer que o adversário passou por cima sem colocar culpa em arbitragem. O JEC não criou nada no jogo todo e ponto final.

    ResponderExcluir
  11. Vencemos dois jogos em casa com o cú na mão, porém como trata-se de vitótia ninguém da importância para algo que é nítido: Esse time tá treinando pouco.
    Jogamos domingo e já viajamos segunda, (lógico que é longe pra caralho) 10 horas de voo resteiro 12 horas no hotel cosando e um treino de 45 minutos num sitio na terça, dorme mais 18 horas e vai pro jogo, 4X1.
    Quando temos tempo como tivemos nas duas ultimas semanas o Argélico comandou treinos de terça à sexta somente a tarde das 16Hs as 17:40hs. Sábado é rachão pro Ivan brincar de ser atacante (recreativo).
    Ontem os reservas foram ao morro do meio as 16hs e 17:50hs cruzei com o Jecão na Anita, os titulares fizeram regenerativo e vão treinar somente hoje a tarde, um coletivo e mais descanso no hotel, recreativo no sábado e mais playstation.
    O jogo contra o Ibirama foi desgastante pela circustancia, mais era vissivél que o time cansou, Tiago Real mal conseguia jogar a camisa pra galera.
    Com o baixinho era treino de manhã e a tarde ia pro hotel depois do almoço, o time tava o tempo todo pilhado, tô achando que tâ faltando treino, fisico e tecnico também.

    ResponderExcluir
  12. Concordo também Jean, tem que trabalhar mais. Treinar um período só é coisa de varzea. Nem na base se treina um período só. Assino embaixo.

    ResponderExcluir
  13. Douglas, eu vi que o Ênio foi muito mal, embora não tenha visto o jogo, mas para mim, e acho que tu concordas mais ou menos comigo, perdemos também por causa dele, mas não só por causa dele. Tem gente com responsabilidade maior. Eu sei que o Mateus não é lá aquele grande pegador na meia cancha, e se eu peguei pesado com o Natan, na verdade a crítica é para quem o escalou.

    Nunca falei desse negócio de pouco treino porque tava tudo dando certo até agora. Não sei se foi uma estratégia pra ganhar o grupo, mas realmente a quantidade de treinos que temos agora é muito menor do que havia no ano passado.

    E como eu disse no texto, Fabrício, pressão todo mundo sofre. Quem vem aqui na Arena sempre tem perto de 8 a 10 mil nego na arquibancada pra encarar. Atribuir a derrota a tal "pressão" é mero diversionismo.

    Ab, ST
    Ab, ST.

    ResponderExcluir
  14. E a de se dizer, que o Argel q não comece perder e apelar. Seja com adversários, arbitragens ou a nossa imprensa e torcida. Nós não aceitamos aqui! Trabalhe direitinho, comece a trabalhar pelo menos 2 vezes na semana em 2 períodos e acerte esse time. Se vier a classificação pras semi finais, blz! Se não vier, teremos quase mês para trabalhar e contratar peças PONTUAIS para a competição mais importante do ano que a Série C, ops, Série C é o pessoal lá do Oeste, nós estamos na Série B. hehe

    ResponderExcluir
  15. Sandrão - JOINVILLE30 de março de 2012 14:58

    Nisso concordo com o Douglas... o Athos deitou e rolou em cima do Gilton o jogo inteiro!

    ResponderExcluir
  16. Olha, todos nós já vimos que o Gilton faz tempo que não joga nada e parece pregado em campo....parece que todos nós não entendemos nada ou ele deve ter um ótimo empresário...temos que ter um bom lateral esquerdo para ´serie B e este não poderá ser o Badé...muito menos o Gilton...abraço a todos!

    ResponderExcluir
  17. Ramon contra o Criciúma?....uhhhhmmmm...será?

    ResponderExcluir
  18. GALERA, EU TO DE OLHO NA PARTE FÍSICA, ESTÃO TREINANDO POUCO ????

    ResponderExcluir
  19. Ricardinho e Ramon na meiuca, fui ver o treino hoje. Eu e o jequeano jogando de volantes marcando eles acho que anulamos os dois. Vamos torcer pra dar certo, massss....

    ResponderExcluir
  20. Vamos ser realistas: Ramom e Carlos Alberto não são a solução para o Jec durante o Catarinense e quem dirá a Série B! Se o time continuar como está, não quero nem pensar nisso mas podemos voltar para a C no ano que vem! Em relação aos jogadores esquecidos quero também deixar a minha opinião: O Enio coitado não teve sorte mesmo mas colocar também a culpa toda nele não concordo. Quanto ao Mateus, entendo o que vc’s Jequeano e Douglas dizeram quanto à marcação, mas o cara foi eleito o melhor jogador em campo na final da serie C e de repente não tem lugar nem no banco? O cara tem qualidade no passe e isso pra mim é indiscutível... E achar volante marcador e bom de passe isso não existe! Sds Tricolores

    ResponderExcluir
  21. O que eu acho estranho é a mudança de discurso do Argel...primeiro disse que Ramon é um cara que precisa entrar em campo quando os oponentes já estiverem num ritmo menos acelerado (2 tempo...agora vai sair jogando....não sei...como foi comentado...acho ele muito fácil de marcar...tomara que esu esteja errado....quanto a Matheus, deste jeito que esta, vamos queimar o cara...aí batalhamos para trazer ele do Atlético Par e depois deixamos ele encostado...aí contratamos o Carlos Alberto (com certeza um salario muito maior) para seu lugar e ele não tem condição de jogo (atualmente)...sinceramente isto não consigo entender...

    ResponderExcluir
  22. Como foi sempre dito..quem treina forte, joga forte...também acredito que precisamos intensificar os treinos...

    ResponderExcluir
  23. Mario L. Nascimento31 de março de 2012 11:53

    Concordo com o Fernando Lenzi. Parece estar havendo alguma mundança de postura do Argel em relação ao discurso inicial. Se o time anda treinando pouco, mesmo que forte, vai jogar pouco também.

    Como vimos nas duas sofridas vitórias em casa, o ataque perde muitos gols. O que poderiam ter sido duas sonoras goleadas, virarm dois sofrimentos absurdos. E, como vimos contra Ibirama, Metro e Chapecoense, a defesa ainda toma gols bobos, que já custaram pelo menos 9 gols em dois jogos (Metro em Deutschland e Chapecoense na amundaba do oeste) ambos com derrotas humilhantes.

    Tá faltando treinamento?

    ResponderExcluir
  24. Amundaba do oeste ? Este é o termo mais sutil que ja vi alguem se referir a Chapeco nesse blog. (pesquisei no google pra ver o que era) obrigado Mario, somos rivais no catarinense, mas no brasileiro vou torcer pra fazerem um bom campeonato, quanto mais forte os catarinenses forem no brasileiro(menos a dupla da capital), mais reconhecido fica nosso estado no futebol, de nada adianta ser campeao de um estadual jogando apenas com times da quarta divisão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mario L. Nascimento2 de abril de 2012 09:59

      É isso, Fabrício, meu caro Auá Amundaba. Nossa rivalidade não pode jamais se transformar em inimizade. Rivais, porém amigos. Também estarei torcendo pela Chapecoense na série C. Aliás, teria sido muito bom que tivesse passado já em 2011. Junto com o JEC, é claro.

      Sobre a dupla da capital, cheguei a torcer para que fossem bem, no passado. Mas eles não precisam de torcida. Basta-lhes o apoio e patrocínio indecoroso da RBS. Querem acabar com os outros clubes de SC e não vou torcer para quem trabalha neste sentido.

      Excluir
  25. Pessoal, comprei hoje o chopp do JEC na loja da OPA BIER, acho que amanhã o esquenta vai ser forte....rs....segundo informações do logista, amanhã terá uma publicidade em volta da Arena, porém este chopp já está disponível desde sábado passado e pouco foram as vendas, até porque ninguém sabia disto, inclusive eu....como ele ratificou, o JEC precisa ajudar na divulgação para incrementar as vendas...esperamos que amanhã seja o início....

    ResponderExcluir
  26. Olha, nao estou acompanhando os treinamentos, mas hj o time mostrou muita vontade na marcaçao, até o fim do jogo. Mostraram vergonha na cara e vontade de reverter o resultado ruim em Chapecó.

    ResponderExcluir
  27. cri cri cri cri cri...

    Olha o grilo. Nem viram o que passou...

    ResponderExcluir
  28. Como todo mundo está conseguindo efeito suspensivo aos jogadores, acredito que deveríamos buscar para o Fabiano Silva para o jogo do Avaí....não podemos perdar lá...

    ResponderExcluir