NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

12 de dez de 2011

HÁ TANTA DIFERENÇA ASSIM NOS ORÇAMENTOS DOS GRANDES CATARINENSES?

Uma boa reportagem de "A Notícia" de hoje me deixou bastante intrigado: há tanta diferença assim do orçamento de Figueirense para o dos demais "clubes grandes" de Santa Catarina?
Parece que o Figueirense, por estar na Série A receberá cota de R$18 milhões da TV (segundo apurei na internet), para transmissão de seus jogos na TV aberta e na TV paga. Essa é (quase) a diferença toda, me parece, entre os quatro grandes catarinenses, e infelizmente para nós, tem cara de realmente representar o hiato entre o time do Estreito e os demais clubes - no quesito grana.
Só isso - a verba da Globo - dá 1,5 milhão por mês de diferenças nas estimativas de receita dos clubes. Mas, lembremos, isso é só uma estimativa.  
Também segundo o "confiável" Google, o Figueirense e o Avaí já contam com mais de 13 mil sócios, o que deve dar também uma diferença de arrecadação, haja vista que estamos em torno de 7,5 mil sócios (e por que não aumenta esse número, porra, mesmo depois do título?). O Criciúma também tem mais sócios, acredito eu (não encontrei números confiáveis).
Alguém falou que no borderô - ainda não consta do site da CBF - constaram mais de 9 mil sócios no jogo do título. Acredito que seja algo que não condiga bem com os fatos. Há vários ingressos distribuídos livremente, as cortesias para o pessoal da PMJ, patrocinadores, e outros penetras que devem existir por aí. Seria bom se fosse verdadeiro o número, e também seria bom que essas "cortesias" não existissem, mas esse é o ônus de o Estádio não ser de nossa propriedade.


No jornal, a estimativa de nossas receitas gira em torno de 1milhão/mês, a do Criciúma, em R$1,25 mi/mês, a do Avaíbis 1,7 mi/mês, e a do Figueirense, 3,5 mi/mês.
Avaí e Criciúma terão a mesma receita decorrente das transmissões da série B. A diferença para o Avaí - 700 mil por mês - parece um pouco grande demais. 


Penso, contudo, que  há um erro grave de avaliação na reportagem de ANotícia, embora os números possam estar corretos. Porque se o Figueirense gastar igualmente essa verba durante o ano, ou seja, dispender mais de 1,5 milhão por mês, montando um timaço para o catarinense, abrirá mão de aproximadamente 7,5 milhões antes mesmo de começar o Campeonato Brasileiro, ou seja, só restarão 10,5 milhões da grana da TV para enfrentar os 7 meses de Brasileirão, onde como diz o outro, "a pegada é seca". 


Não me parece duvidoso que o Figueirense é o clube com melhores condições financeiras, mas acredito que eles não poderão esbanjar no Catarinense, sob pena de ficarem com os cofres vazios para o Brasileirão. Se eles fizerem um time com folha de 2 milhões por mês para o Catarinense, são os favoritos (mas favoritismo, por si só, não ergue o caneco). 
O fato é que precisamos aumentar bastante nossa arrecadação, e as perspectivas não são as mais promissoras. Achei que aumentaríamos mais nossas receitas decorrente da venda de espaços na camisa (estou um pouco frustrados com o que foi anunciado), e os patrocínios "master" (cadê a FIAT, cadê a Eletrosul) ainda não se concretizaram. A partir de maio teremos mais 200 mil a receber a cada mês por força das transmissões televisivas, e isso, segundo também ouvi do Márcio, não consta da reportagem, pois esse um milhão que está representado em "A Notícia" não leva em conta com esse dinheiro, ou seja, nosso orçamento é na verdade, um pouco maior do que uma milha - mas não muito. E, ademais, teremos um dinheiro bastante razoável decorrente das rendas nos 18 jogos da série B, bem como economizaremos por não precisarmos gastar com viagens e hospedagem. Mas ainda é pouco.


Uma última do Arturzinho: como se sabe, ele pediu 260% de aumento, para ficar no JEC, enquanto nosso clube está renegociando com seus patrocinadores com um incremento na verba de patrocínio entre 50 e 70%, segundo o quase-ex-presidente Márcio (quem dizia "Fora, Nereu" agora - ou em algum momento do ano que vem - o terá como mandatário máximo do clube).
Ou seja, não é possível que o clube tenha incremento de receita em 70% e aumente suas despesas em 260%. Qualquer pessoa que consiga contar até 3 consegue entender isso.
É isso aí. Precisamos de mais dinheiro. Só não sei se ele virá. 


E a última (mesmo), ESPETACULAR: ganhamos a aba no globoesporte.com, como anunciou agora há pouco o Fronzi. É o JEC no maior portal de esporte do Brasil, com um espaço só seu. Confira aquiAVANTE, JEC!

27 comentários:

  1. Olha gente acho que o JEC está se fazendo de coitado. To notando muita choradeira.
    Antes de começar a série C de 2011, pareciamos mais empolgados, Isso porque não tinhamos ajuda nenhuma por parte de CBF e nem TV.
    To começando a ficar cabrero com isso.

    ResponderExcluir
  2. Não é Leonardo, o marcio sempre esta chorando, é de praxe. Mais na hora da Série B, (e dependendo até do Estadual) o cofre abre e investem pesado como foi nesse ano de 2011. Vc falou muito bem Jequeano a respeito das despesas de hotéis e viagens, isso tudo a CBF banca, que maravilha! Não precisamos mais colocar dinheiro na frente pra fazer futebol, agora a coisa melhorou. E tem mais uma coisa, vamos ser campeões estaduais com o que TEMOS HOJE. Baita time, sem dúvida alguma. Farou

    ResponderExcluir
  3. Eu entrei justamente para falar da aba do Globo Esporte, mas o Jequeano, atentamente, já comentou. Em relação ao número de sócios, decepcionante que ainda esteja na casa dos 7 mil e pouco. O povo quer o JEC em cima, mas não colabora - e depois reclamam quando o time vai mal. Eu estava na maior expectativa, esperando que já estivéssemos perto dos 10 mil, e quem sabe ano que vem uns 12 mil, mas a coisa não anda.

    ResponderExcluir
  4. Concordo, Douglas. É tudo jogo de cena. Eles se fazem de morto pra comer o (censurado) do coveiro. No discurso, sempre se colocam atrás dos outros, mas no Estadual e na série B tenho certeza que estaremos brigando lá em cima.

    Parece que o Figayra está disposto a levar o Ricardinho para a ilha.

    ResponderExcluir
  5. Com relação a sócios, eu tenho uma opinião bem clara. Eu sou sócio, mais se fosse pra eu me associar, eu não me associaria no mês de Dezembro que não tem nenhum jogo e minha cabeça já esta la em Balneário Camboriu, desfilando com a camisa do JEC na orla da praia. Eu iria me associar em janeiro. É chato isso, mais é a realidade de todo mundo. Em janeiro chove de "neguinho" na Toca do Coelho querendo se associar. Acredito que terá um grande acréscimo de sócios nos meses de Janeiro e Maio. Pq? Porque quem ainda não for sócio e vai querer tirar uma casquinha já no estadual, vai se associar em janeiro, e tem aqueles que batiam no peito e falavam: "só viro sócio pra ver a Série B!!". Esse amigos, é só em Maio, infelizmente é assim que as coisas andam e a banda toca. Abrass

    ResponderExcluir
  6. Sandrão - JOINVILLE12 de dezembro de 2011 17:03

    Semana passada falei com um dos 300 conselheiros, e ele me afirmou que o JEC tinha 8.290 sócios na semana posterior ao título.

    Como se vê... mesmo que modestamente, estamos aumentando o númeor de sócios.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. também acredito que tenha mais que os 7.500 anunciados pela nossa diretoria. mais não sei qual o motivo de não querer anunciar o número correto. Um apena!

    ResponderExcluir
  8. Além disso, tem a questão da Sociesc, acredito que realmente começaremos a ganhar sócios dessa parceira em 2012, com o início de um novo ano letivo.

    ResponderExcluir
  9. No ano passado, às vésperas da fatídica final contra o time do nosso amigo Sérgio Manauara, eu mandei um e-mail para o JEC sugerindo bancas de associação ao redor da Arena. Também no que seria o jogo final da série D. Era preciso aproveitar o momento. Vender para quem compra por impulso. Deu errado e nem precisa dizer o porquê.

    Entre o final do ano passado e a final da série C neste ano, muita água passou sob a ponte Mauro Moura - meu primo, diga-se de passagem - em muitos suspiros foram emitidos sobre a dita. Mas uma coisa não mudou: era preciso aproveitar o bom momento para vender e não só camisas na Toca do Coelho.

    Eu teria feito uma campanha agressiva de associação na semana do jogo contra o CRB na Arena. Quem se associasse para desconto na conta de luz ganharia o ingresso para o jogo e só começaria a pagar mensalidade em janeiro. Da mesma forma, teria colocado estandes para associação nas mesmas condições em todas as entradas da Arena, que aliás não são muitas.

    Depois que passa a empolgação (que era uma das maiores da história do clube) a procura diminui muito e todos sabem disso. Assim como sabem que ninguém procura o clube para se associar no fim do ano. E no início do seguinte tem a demora natural para ela (a empolgação) voltar.

    De novo, o clube perdeu o timing.

    Só não lanço novamente o bordão porque o Marcio e a rapaziada estão com crédito. Mas que ainda tem que passar muita água por baixo do Mauro (ops... da ponte que leva o nome do Mauro), isso ainda tem.

    ResponderExcluir
  10. Reli o meu comentário. Podem chamar de corneta...

    Mas dou o crédito que a diretoria merece. Já melhorou muito, em diversos aspectos. E está melhorando sempre. Para falar o mínimo, o CT vai ser outro até o fim de 2012.

    Colaboro com sugestão de metas para o projeto estratégico de angariação de sócios: 10.500 até o início da série B. Com pit stop de 8.700 até o fim do turno do estadual.

    ResponderExcluir
  11. Mário, acho que o Sandrão trouxe um dado muto importante - 8290 sócios. Só tenho um reparo importante na mensagem do Sandro. Não há 300 conselheiros (essa é a meta). São pouco mais de 110 os conselheiros. Tomara que o número de sócios esteja correto, porque representa um acréscimo de quase tinta por cento no quadro social, em pouco mais de um mês.

    Leonardo, discordo de você. Não estamos nos fazendo de coitados. O fato é que hoje a TV na série A cria um abismo entre os demais clubes. O Fig hoje dá de lavada - no que toca a dinheiro - não só em nós, mas também no outro time da capital. E há uma lei imutável - a da oferta e da procura. Se o Márcio arrotar que tem dinheiro, todo mundo vai querer mais. Tem mesmo é de reclamar, dizer que tá quebrado, porque se não, qualquer cabeça de bagre vai querer assinar com o JEC por uma fortuna.
    Por fim, não consigo adivinhar qual a razão para não haver no site, um, digamos "placar do sócio", atualizado semanalmente, para sabermos quantos somos. Esssa falta de transparência, de que já falei tantas vezes, realmente me incomoda - e pelo jeito, não só a mim.
    Ab, ST

    Concordo com o Douglas, de que o "boom" de associados deve se dar nos primeiros dias de janeiro - para ver o estadual- e depois só em maio, quando começara a série B. Mas em maio, menos de 10 mil será um fracasso. Acredito que ultrapassaremos tal número - e com folga.

    ResponderExcluir
  12. É isso aí Mário. Acredito nesses números também, para Estadual e Série B. E sendo bem pés no chão, 10.800 sócios é um bom número para sócios.
    10.000 + 3 a 4 mil ingressos vendidos na hora = público de quase 15 mil por jogo. ta ótimo.
    Queria poder dizer que vamos ter mais de 15 mil sócios, mas, nós sabemos que não é tão simples assim. se chegar a 12 mil podemos estourar foguete. 10 mil ta de bom tamanho.

    ResponderExcluir
  13. Amigos, fiquem tranquilos. PROVAVELMENTE o novo treinador do Figueira é Vinicius Eutrópio. A pergunta que não quer calar é a seguinte. Quem é Vinicius Eutrópio? Meu Deus, esse catarinense é do JEC, to sentindo!!

    ResponderExcluir
  14. Mario L. Nascimento12 de dezembro de 2011 21:39

    Que bom que o número faz sentido pra mais gente.

    Planejamento é isso. Estudar o ambiente, traçar cenários, adotar um deles e elaborar projetos estratégicos compatíveis. E rever constantemente para saber se não houve mudanças significativas.

    O planejamento estatégico do JEC, se existe, não é visível e isso não é um bom sinal. Para ficar nos exemplos que conheço, Grêmio e Inter divulgam os seus. Claro que as estratégias não são públicas. Mas as metas são. O Inter, por exemplo, fixou metas de aumento do número de sócios em 2006, quando tinha uma quantidade de sócios parecida com o que o JEC tem hoje. De lá para cá, tornou-se um dos clubes com mais sócios NO MUNDO.

    É óbvio que o JEC nunca vai chegar lá. Nunca, não. Mas muito dificilmente conseguirá. Só que com planejamento existe uma chance de crescer muito. Sem ele, as dificuldades são muito maiores e, com certeza, as chances muito menores.

    Qualque caminho é bom para quem não sabe onde quer chegar.

    ResponderExcluir
  15. Douglas, saiu o técnico novo do Fig, o Branco, sim, aquele mesmo. Nunca treinou time nenhum. Pode dar certo? - Pode. Deve dar certo? - Não!

    Mário, até no Criciúma tem associação para quem mora na região sul, com descontos, ou seja, mais barato para quem não mora na cidade. Não sei se é a solução, mas é uma ideia.
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  16. Sim jequeano. saiu agora pela manhã o novo "técnico". 6 pontos, no minimo 4 garantidos ano que vem no estadual. Ja brinquei com clientes torcedores do Figueira, a demissão do Branco vem depois da terceira rodada quando enfrentarem o JEC aqui na Arena. kkkkk

    ResponderExcluir
  17. Jequeano, Mário e amigos. saiu a tabela da copa do brasil, e como eu havia comentado a alguns meses, a última equipe que recebeu vaga por ranking foi o América/MG como 32° do ranking. O JEC é o 35° atrás de Figueira e Londrina. Ficamos bem pertinho heim. E teve gente aqui que me repreendeu dizendo que dificilmente algum clube com ranking acima de 25° consegue vaga na Copa do Brasil.

    Pois bem, o ranking saiu também e o JEC manteve a posição com boas possibilidades de ultrapassar o Londrina no próximo ranking, porque o último colocado da Série B (batendo na mesa) recebe 21 pontos no ranking e o Londrina nem calendário para o segundo semestre ainda tem. Então se o JEC ficar em penultimo na Série B ja passa o LOndrina que tem 21 pontos a frente do JEC. vamos subir uma posição no fim do próximo ano. vamos fazer uma boa campanha e vamos somar mais pontos, isso eu tenho certeza.

    Saiu os "adversários" dos catarinas na copa do brasil. A chapecoense enfrenta o fortíssimo São mateus do Espírito Santo. E o Tigre enfrenta o poderoso Madureira do rio.
    Se a Chape passar enfrenta Cruzeiro x Rio Branco/AC. E o tigre se passar pega Atlético/PR ou Sampaio Correa. Se os dois passarem duas fases se enfrentam na terceira fase. kkkk. Que molezinha essa Copa do Brasil heim. São Mateus e Madureira ta loco. kkk

    ResponderExcluir
  18. A realidade é que a Chapecoense cai na segunda fase. Haja zebra pra bater o Cruzeiro. E o Criciuma, dependendo de como estiver o Atlético, pode chegar até a terceira fase, mas aí não passa da terceira fase.

    Em relação ao ranking, ano que vem estaremos em 34o, sem dúvida. Em uns dois anos ultrapassamos a árvore do estreito.

    ResponderExcluir
  19. Falou-se ali no início dos comentários em choro da nossa diretoria, que estaria mendigando. Bem, faland em mendicância, abri agora a pouco minha caixa de correspondência, e o que foi que eu encontrei lá dentro? Uma correspondência (boleto) do nosso clube pedindo uma contribuição voluntária no valor de uma mensalidade para o pagamento do bicho dos atletas. É o décimo terceiro voluntário que o Vogelsanger havia dito que solicitaria aos sócios.

    Bem, eu vou pagar o negócio. Afinal, o que são R$ 35,00 reais para a alegria e orgulho que esse time nos deu esse ano. E parando para pensar, dividindo 35 pila por 365 dias - quantidades de dias em 2011 em que "consumimos" JEC - vemos que cada dia de consumo nos exigiu menos que um centavo. Bem, esse é o meu fundamento para justificar o pagamento voluntário do "trízimo". Cada um tem o seu, inclusive para nao pagar, e há de se respeitar, pois ninguém tem o direito de apitar no bolso alheio.

    ResponderExcluir
  20. Quando vir o meu também vou pagar.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia amigos...olhando a reportagem de hoje no jornal A Notícia da para entender a saída do Arthurzinho...Ô como é difícil fazer futebol em Joinville.

    Abraços
    Ivan

    ResponderExcluir
  22. Eu também vou pagar o "décimo terceiro" tricolor!

    ResponderExcluir
  23. Bom dia!

    Sempre acompanhei o blog, mas nunca comentei. Além dos bons posts, acompanho os ótimos comentários do pessoal.

    Eis que surge uma dúvida/sugestão: Fórum de discussão. Existe algum fórum do JEC? Creio que seja interessante... Dali poderia sair até assuntos para futuros posts.

    ResponderExcluir
  24. Agora O AN vai atrás do Arturzinho para saber mais "fofocas" do motivo da não renovação com ele. Pelo amor de Deus né, todos nós amamos o futebol e sabemos que existe uma podridão muito grande no interior dos clubes, isso já não é mais novidade. Que os jogadores não ficariam contentes em ter que dividir o premio deles pelo acesso/título mesmo depois de o Arturzinho ter recebido 200 mil sozinho pelo acesso/título também não é novidade. Agora os camaradas da imprensa vão ligar para o Arturzinho e ficar fazendo fofoquinha que já não vai mudar mais nada pra gente. Afinal, ele já foi embora e a vida segue. Até concordo em correr atrás do cara se o JEC estive em um imbróglio para renovar com ele ainda e estivesse encontrando dificuldades, mas já foi definido, ele não continua, então galera da imprensa, parem de "fuçar" em algo que já não terá mais nada a acrescentar. Ainda o editor chefe do AN vem me dizer em fazer uma cobertura do JEC como se fosse torcedor, se estivesse de fato fazendo isso não permitiria ficar mexendo em coisas que só vão gerar mal estar daqui pra frente. ABRass

    ResponderExcluir
  25. Quando eu falei que os jogadores não ficariam contentes em dividir o premio deles, estava me referindo ao fato de eles terem que dividir o premio ainda com o Arturzinho. haja vista que ele já havia recebido 200 mil sozinho em premiação e ainda os atletas dividiram o deles com ele. Falow

    ResponderExcluir
  26. Também não gostei nem um pouco da reportagem do AN.
    Agora o próprio Arturzinho ta reconhecendo que pediu demais?
    Ou será que ele deixou se iludir com uma proposta fantasma de outro clube.

    ResponderExcluir
  27. É muito disse me disse. Vamos em frente e torcer pelo Milioli. Chega de viuvez.

    ResponderExcluir