NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

7 de fev de 2012

DO YOU WANT TO FUCK(S)? INVITE ME TO A DINNER!

Como dizia minha vovozinha, "queres me foder, me convida pra jantar antes"! Pois é assim, sem agrado prévio algum, que tão querendo nos - a nossa torcida - "trumbicar" (para ser ameno). 
Quê que eu tô fazendo nesse disco? - Vô batê pá tu batê
 ( Baiano e os Novos Caetanos)
Sempre que há uma contratação de técnico ou quem quer que seja, fico meio em cima do muro, com a seguinte dúvida: "Pode dar certo?". E a resposta murista, de praxe: "pode, embora não seja lógico que vá funcionar". Então, aqui, vou dar uma de macho (ui!), e cravar: - vai dar errado!
No primeiro governo de D. Luis Inácio da Silva - o Lula, Chico Buarque de Hollanda sugeriu a criação de um Ministério para avisar ao mandatário da Nação, sempre que algo parecesse estranho: "isso vai dar merda!".
Pois essa contratação tem tudo pra dar merda. Mas concordemos que no Joinville Esporte Clube, não foi por falta de aviso, não!
Todo mundo (a torcida, os jornalistas, os blogueiros, os corneteiros, os tuiteiros) afirmou: - vão contratar esse cara e "vai dar merda". 
A torcida foi à apresentação do Argel e fez o seu papel. Reclamou. Xingou. Protestou. 
E estão (estamos) certos. Não nos esqueçamos - ou melhor, não se esqueça a diretoria - de que por falta de marketing, ou o qualquer coisa que o valha, A PRINCIPAL PATROCINADORA DO JEC AINDA É A TORCIDA, PORRA!, e por mérito único da torcida, porque o número de associados só aumenta por causa da própria torcida, não por ações do clube. Então temos sim o direito de protestar.


Falando de torcida, aqui vai um parêntese sobre a divulgação, a promoção da marca JEC, antes de continuar a meter a lenha (ui!), para demonstrar a inércia do Clube: a turma do PORTALJEC patrocina o Natal Solidário, hoje Torcedor Solidário, uma louvável iniciativa para ajudar as pessoas mais simples, mais pobres, com alguma alegria em datas especiais. É um negócio bonito de ver. E o que isso tem a ver com o assunto "torcida"?
Cara, eles expõem o nome do JEC pra ajudar outras pessoas - acho que sem cobrar nada do Clube - divulgam gratuitamente o nome do JEC, e, PASMEM, conseguem mais publicidade (e durante o ano inteiro) para essa ação do que o próprio clube para se divulgar e para arrebanhar associados. Cadê nosso marketing? Fecho parênteses.


Volto ao Argel:
Nos comentários ao post anterior, a maioria das opiniões foi contra o Argel, mas houve quem o defendesse, por ser linha dura, por ter alguns bons resultados em sua curta carreira, e também por acharem que os jogadores tem muita culpa na atual situação do time. Então, nota-se que ele não começa com desconfiança total, mas apenas parcial.
Mas digo eu: preparem-se! É só não vencer a Chapecoense (e pelo retrospecto de ambos os clubes nesse Catarinão, nossa vitória será uma zebra) na quarta-feira, que as vaias serão imensas.
Portanto, se o Argel quiser ter vida longa (ou pelo menos, para não ser demitido ao final do primeiro turno), que ele - nesse primeiro momento - faça exatamente o que a torcida quer. É, sim, hora de jogar pra torcida. Depois ele impõe seu estilo, seja ele qual for.


Coisas que eu acho (como diz o França, "achar" é para os fracos, eu deveria dizer que eu "penso", ou "acredito", ou "opino", mas aqui é achômetro mesmo):
1. Não vai dar certo.
2. Talvez dê certo por algum (pouco) tempo. Vai ter jogador que o Argel vai queimar rapidamente, e aposto que o primeiro a ser queimado, embora isso não a venha a público pela educação do jogador, será o Ramon. É mais velho que o Argel, tem ascendência no grupo e no clube (seu irmão é empregado do JEC), mas não é marcador, vai ser preterido logo, logo. E injustamente, pelo atual momento do JEC
Ano passado, assisti aos jogos do Brasiliense pelo site, e o Gadelha era o jogador mais lúcido. O Ferrugem, era outro bom jogador do time de amarelo. Com a chegada de Argel, ambos foram os primeiros a perder lugar, rifados pelo "professor", depois do empate com a Chapecoense e derrota para o Ipatinga. 
Esse mesmo time que nem viu a bola contra o JEC, logo após a saída do treinador meteu um improvável 4 a 1 no bom time do de Minas Gerais. 
Parece técnico com prazo de validade, até com o elenco.
3. Esse cara aprontou a maior palhaçada que eu já vi um treinador de fora representar (sim, deu uma de ator de segunda) aqui no nosso Estádio. Um papelão de um canastrão (comparável às atuações de Lúcio "cavalo", zagueiro da Chapecoense chutando as bolas para fora do Ernestão). Que nosso time não entre nessa pilha do novo "professor", e finja coisas inexistentes em vez de agir. Eu não quero ser coadjuvante de farsa alguma.
4. O cara chega com uma antipatia terrível por parte da torcida e da maior parte da imprensa. As críticas serão pesadas, e se ele se meter a engrossar com a imprensa, logo ficará sem clima. 
5. O Argel não é o Arturzinho. Os dois parecem técnicos com comando sobre o grupo, com ascendência sobre o elenco à beira do gramado, mas para mim, com uma diferença séria: Arturzinho botava o time pra jogar pra frente; Argel fará um time defensivo. 
O foda é que foi a  passividade do GONZAGUINHA levou a esse caminho, que me parece errado.
Taí meu "achômetro". Tomara que os fatos me desmintam. Vou amanhã pra Arena, para ver o que vai acontecer. Que o Argel pelo menos escale o time que todos nós queremos e que o Miliolli não escalava. 


Fazendo um contraponto ao meu desânimo pela contratação: a entrevista do Argel me agradou bastante (mas falar é uma coisa; fazer, outra). Ele falou em dar sangue, cobrar atitude dos jogadores, que não vai ter caça às bruxas com dispensas imediatas, que não tem esquema pré-concebido, ou seja, vai jogar de 4-4-2 ou 3-5-2, de acordo com o que os jogadores puderem render. Falou bem.
E eu queimei a língua com o Ricardinho (confira aqui), fui contra seu retorno, e ele foi muito bem. Espero, de novo, estar errado e que Argel entre no rol de nossos grandes treinadores.
Além disso, tem mais uma: vestiu a Tricolor, eu apoio. Se o João Acácio vestisse a camiseta do Joinville, eu seria a seu favor (e ele teria a vantagem de saber lidar com uma lanterna). Então, apesar dos senões, entretantos, emboras e contudos, temos de apoiar. E na primeira briga que ele comprar a nosso favor, pode ser até já lá em Criciúma, erradamente vamos vê-lo como o "defensor" do JEC. Apoiemos, então.
Mas todos sabemos que esse apoio será curto e condicionado a bons resultados imediatamente. Argel não tem a luz vermelha, mas começa seu mandato, certamente, sob a luz amarela.AVANTE, JEC!


PS: Se eu sou o Aldair, peço para ser negociado.

32 comentários:

  1. PAU NO Arschloch DO PATO

    ResponderExcluir
  2. Quem é vivo sempre aparece. Apesar de não ter comentado tenho lido sempre suas linhas Jequeano. Não havia comentado por pura falta de vontade, tamanha a decepção que tenho esperimentado com a situação do nosso glorioso. Mas agora não dá para aguentar, tenho de falar (ou melhor, escrever). Não consigo acreditar que economizando um pouco tenhamos um futuro promissor. Isso só funciona quando conseguimos guardar desde o primeiro emprego pelo menos 30% de nosso salário. Lá no futuro teremos então juntado uma boa graninha. Mas o que nossa diretoria está fazendo é de azedar o fígado de qualquer um. Nunca, mas nunquinha mesmo teria deixado o Rei Arthur vazar, muito menos o Jaílton. Consertar tudo isso agora vai custar muito, muito dinheiro, muito stress, muitas noites de sono, muito vexame. Caramba, e tudo isso já começou. Também não boto fé nesse maluco aventureiro chamado Fucks, vai agitar pra caramba, arrumar uma confusão dos infernos, e depois vai embora cuspindo marimbondos contra a diretoria (essa vai merecer), torcida e cidade. No desespero e sem tempo, gastarão fábulas em contratações de jogadores e de novo técnico e o restante da historia já sabemos. Manter o que tínhamos e que deixou toda uma nação feliz era mesmo a melhor opção. Se o cara queria $90, pois bem, paguem $90. Esses $90 custarão muito mais ao clube, e viveremos dias de muita tristeza. Parece profecia do Apocalipse, mas é mais ou menos isso. Espero sim, como diz você Jequeano, estar totalmente errado, mas a séie B não é torneio do Boi como o Catarinense, série B é coisa séria. Ou trabalhem com seriedade, ou voltem a fazer o que é de seu interesse, terraplanegm, advocacia, sei lá mais o que. Mas não fiquem brincando de time de futebol, queremos coisa séria, merecemos isso, somos a mais importante cidade desse Estado, não somos um Zé ninguém. Força tricolor. Wanderlei Fodi, de Curitiba.

    ResponderExcluir
  3. A verdade nua e crua. Quem está fazendo falta é o Jailton com o Ricardo ali na meiuca e o caneludo do Capixaba (raçudo), quanto ao Argel já dei minha opinião. Tomara que ele entrose este time e dê certo. Não por ele, mas pelo bem do tricolor. Agora aposto que tem uns cornetas que vão torcer pro JEC perder só pro Argel cair. Sinceramente não vejo estas pessoas como torcedores do Maior do Estado.

    ResponderExcluir
  4. Wanderlei, o Argel esta sendo muito mais cobrado pelas suas atitudes do que pelo seu trabalho. Ok? E concordo quando falam sobre seu jeito falastrão e etc. Mas falar sobre trabalho é muito cedo. E sobre Arturzinho (assunto passado) tenho uma opinião: ontem eu estava na apresentação do Argel e do Alex e conversei com um dos babacas que foram la vaiar. E perguntei a respeito de caráter de treinador. Ele quis comparar caráter de um com outro (artur e argel). Perguntei ao babaca se ele sabia que o Arturzinho brigou com Nazareno porque o bicho dos jogos era dividido entre todos, inclusive roupeiro e massagista. O Artur não aceitava isso, dizia que queria só entre atletas e comissão técnica. Tenho um amigo que trabalha dentro do clube e me confidenciou isso. Pra mim amigo, perdeu a moral. Prefiro um que xingue, mostre dedo, faça os "escambal" do que um que se mostre um doce e la dentro, nos bastidores faça o inferno. tanto é que esta desempregado e ninguém quer diga-se de passagem. E sobre trabalho só o tempo dirá. É como falo aos meus clientes e amigos pessimistas: "falar antes que vai dar errado é muito fácil, afinal de 10 times só 1 sairá campeão, então, essa história de vai dar errado é meio que óbvio, me mostre um treinador no Brasil que como Alex Fergunson do manchester United esta mais de 20 anos no comando." Até Artur se estivesse aqui daria errado, ou vcs acham que el manteria o time com apenas 1 derrota como no ano passado. Em tudo na vida existem altos e baixos. O que o Arturzinho ganhou antes de vim pro JEC? Um baiano e um acesso. Falaram por aí que ele foi campeão da C com o bahia, e essa informação não é verdadeira, ele subiu com o bahia e ganhou um baiano se não me engano com o Vitória.

    ResponderExcluir
  5. Bom, vamos aguardar, realmente o Argel não goza de muito prestigio em Joinville, mas qualificar o trabalho dele sem antes vê-lo trabalhar é muita pretensão da nossa parte, quando o Arthur chegou aqui com o time desacreditado ninguém cravou que iria dar certo, pelo contrário, enfim, não quero acreditar que alguém da diretoria queira o mal do Jec, penso que eles estão trabalhando pra colocar as coisas em ordem, na maneira do possivel é claro, pois falta profissionalismo, marketing, entre outras coisas, mas isso é outro assunto e nós torcedores devemos cobrar dos gestores... Vamos aguardar, torço para que de certo, espero que chegamos pelo menos jogando bem no brasileiro, pois o catarinense deve servir de laboratorio pra isso nesse momento...

    ResponderExcluir
  6. Sempre leio tudo por aqui também, é a primeira vez que comento. Parabéns ao JEQUEANO por manter esse espaço.

    Espero que de certo, fui contra muita coisa depois do acesso, desde o não aproveitamento da melhor fase do JEC, no Marketing. A saída de importantes jogadores do elenco e a não reposição.E claro a saída do Arturzinho.

    Mas hoje lendo os primeiros comentários desse post, me deparei com a conclusão do amigo Wanderlei Fodi.

    "Também não boto fé nesse maluco(ARGEL) aventureiro chamado Fucks, vai agitar pra caramba, arrumar uma confusão dos infernos" O que a diretoria não analisou , "e depois vai embora cuspindo marimbondos contra a diretoria"

    Bem o tipinho do Argel mesmo. Vai cuspir e atirar pra todo lado, na sua saída. Mas quem não deve, não teme.

    Mas não tem jeito, temos que apoiar, torcer. Agora o Touro Bravo dirige o nosso time do coração.

    Abraço a todos

    ResponderExcluir
  7. Não acho que o problema - na minha opinião - seja o que o Argel fez em Joinville, mas sim o baixo rendimento e seu temperamento explosivo e que não dará certo em Joinville...outra, trouxeram um tal de Cristiano que jogou no Ipatinga ano passado ( atacante )..deveria ser o Wellinton Bruno ( se não me engano ) aquele camisa 10 que deveria vir...vai entender o Direção do Jec, na minha opinião as contratações não estão empolgando o torcedor, a intenção de 10.000 sócios para mim já foi pro beleléu , mas vale resaltar também que ano passado trouxeram capixaba e mais alguns que eu não gostei e acabaram dando certo, portanto só nos resta aguardar e torcer.

    Ivan

    ResponderExcluir
  8. Sandrão - JOINVILLE7 de fevereiro de 2012 16:38

    Your Fuck satisfaction guaranteed or your money back!!! HAHAHAHAHA

    Parece que o JEC também estará trazendo o atacante Cristiano que jogou aqui pelo Ipatinga. Pena que não é o Wellington Bruno né??

    O tal Cristiano está no Comercial/SP, e foi liberado pelo clube para vir defender o JEC.

    Quanto ao tal Argel, todos sabem que é um tiro no pé como diz meu irmão Ivan. Pra quê um contrato até Dezembro com um demonho desses??? #CAGADAMEGAULTRAMASTERTOP do ano até aqui!

    Sim!!!! Até aqui amigos!! Porque pelo andar da carruagem o negócio vai desandar muito mais cedo, e corremos o risco de voltarmos praquele lugar que não nos permitimos sequer pronunciar!

    Eu tô o bicho!! Putassoooooooooooo mesmo! Vou amanhã com sangue nos olhos pra Arena. Acho até que já vou bêbado pra não ficar tão nervoso... rsrsrs

    ARGEL FUCKS??? AHHHHHHHHHHHH... VAI TOMAR NO CÚ DIRETORIA DE MERDAAAAAAAAAAA !!!!!!!!!!!!!!

    Parecem que gostam de levar na cabeça porraaaaaaaaa!!!!

    ResponderExcluir
  9. Ao contrário do Ivan, estou gostando das contratações. Tanto o Alex como o Cristiano parecem ter muita qualidade. Mas o JEC precisa se reforçar em outros setores também. Estamos precisando de reforços na zaga, no meio-de-campo, laterais...

    ResponderExcluir
  10. Eh, mudaram o regulamento da série C. Dois grupos de 10 e despesas de alimentação e hospedagem dos visitantes pagas pela CBF. O Fabrício deve estar contentinho hehe

    ResponderExcluir
  11. É Emerson pelo visto um time novo nè ???

    Ivan

    ResponderExcluir
  12. Mais um comentário: corre uma história de que a UT queimou a faixa da Independente. Alguém tá sabendo da história?

    ResponderExcluir
  13. Esse Nereu martinelli nao serve para o jec .. sera q ngm ve isso? o cara soh faz cagada soh contrata mal Esse time ai antes do arthursinho chegar era horroroso o cara chegou e perdeu soh um jogo e oque fazem? nereu manda o cara embora e pior manda o cara embora e bota a culpa nele pq queria 100% de aumento... agora trazem um tecnico q nunca ganhou nada na vida... teve um acesso para a b com o criciuma mais lembro com o monte de dinheiro do angeloni fica bem mais facil... esse é o perfil de profissionais de serie a e b que o jec ia contratar...

    Falando nisso hj chegou soh hj meu carne do ano de socio com vencimento fevereiro... problema é que ja paguei até junho será que vou ter que ir até a arena me incomodar pq nao deram baixa nas 6 mensalidades?

    ResponderExcluir
  14. Depois de o JEC suar sangue e gastar dinheiro pra dedéu pra subir a Série B, a CBF mudou o regulamento, pagará despesas e arbitragem. Outra ponto positivo. Serão 2 chaves de 10 times, sendo que se enfrentarão todos contra todos em turno e returno, ou seja, 18 rodadas. Os 4 primeiros de cada chave vão para o mata mata olimpico. !° contra o 4° e por ai vaí. Os dois últimos de cada chave caem pra Série D. Sem dúvida será um bom campeonato.

    ResponderExcluir
  15. É galera, só nos resta torcer para que amanha a vitoria saia e que esses tres pontos nos ajudem no resto do campeonato, acho que as contratações pelos jogadores em si são boas, o unico problema que vejo é pra que mais atacantes, alguem vai sobrar, como o Emersom comentou outros setores precisam urgentemente de reforços.
    No mais, Vamos para cima da Indiarada JEC, Sds Tricolores

    ResponderExcluir
  16. Emerson não sei nada sobre a faixa, mas é o que andam dizendo por aí.

    Messias, que legal que estás comentando aqui. Li outro dia no teu twitter que te tiraram o soujec. Que história é essa? Sempre tô dando uma bizoiada no nasceucampeão. Ab.

    ResponderExcluir
  17. Sandrão - JOINVILLE7 de fevereiro de 2012 17:48

    Em tempo Jequeano...

    Nossa "lanterna" não apenas vermelha... é vermelha, preta e branca! ;)

    Como dizia o João Acácio: "Quer ser meu amigo?? Então não fala do meu passado!!" hahahahaha

    A diferença é que o JEC tá fazendo tanta lambança, que as glórias da conquista da série C daqui a pouco tempo serão como as glórias dos anos 80: Lembranças de um passado glorioso!!!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. Emerson, eu nem gosto tanto de futebol, mas eu so posso sair sem a mulher quando é pra ir assistir futebol em bar ou estadio , entao toda mudança que venha pra se ter mais jogos é bem vinda;
    Ab Fabricio

    ResponderExcluir
  19. Douglas, nem que a CBF pague todas as despesas e salários de jogadores ainda assim não quero voltar para a C.
    Quanto as críticas do Guilherme ao Nereu e ao Marcio é preciso faze-las, porém é também preciso lembrar que os últimos 3 títulos importantes do JEC foram sobre suas gestões, o time de 2001 foi gestão do Marcio que montou depois que o Irineu Machado assumiu, vamos esperar pra ver.
    Quando o Arturzinho estreou empatando em Concordia ele foi muito criticado e lembro que ele pediu 1 mes de trégoa e os resultados começaram a aparecer.
    Ninguém é ruim ou bom até que prove, não gostei do Argel Foda-se, mais temos que dar um tempo ao cara, quanto as contratações gostei das duas e sei que farão mais e de qualidade.

    ResponderExcluir
  20. Olhem que legal, confesso que gostei
    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=YHiniyPhOoM#!

    ResponderExcluir
  21. Jean, comentei a respeito das mudanças na Série C só a título de informação, longe de mim querer voltar a Série C. Concordo com Você com relação em tudo nos restante do seu comentário.
    Ouço diariamente as 18:10 o debate esportivo da radio chapecó, e ontem eles disseram sobre o novo regulamento da Série C: "a verdade é a seguinte, se não subimos pra série B, a série B desceu até a C!" hehe.

    ResponderExcluir
  22. Mario L. Nascimento8 de fevereiro de 2012 17:17

    Não dá pra ficar simplesmente criticando a diretoria (MV e NM). Como lembrou o Jean, seus resultados ao longo da história não são tão ruins assim. Nem tão bons como a grandeza do Joinville Esporte Clube exige.

    Toda crítica tem que vir calcada em argumentos. Quanto mais claros e baseados em fatos, melhor. E é difícil escapar do fato de que a campanha da série C foi a zebra nos últimos 10 anos. O técnico teve autonomia ampla e interferência zero, pelo que se sabe. Não houve o vai-e-vem de jogadores que costumava haver. As reposições foram dentro do estritamente necessário. O time adquiriu uma confiança que não se via há anos. Foi um dos mais incotestáveis campeões da história da série C.

    Mas bastou o treinador sair para tudo desandar. Parece que não se analisou o que mudou na série C para que o time fosse tão bem. Como também não se sabia o que estava errado para o time ir tão mal como ia. A contratação do Arturzinho foi um golpe de sorte.

    Tomara que o Argel cale a boca de nós todos e que comece dando uma bela chinelada nos índios para mostrar qual o seu devido lugar. Mas é difícil não lembrar da piada do português que entra no elevador e o ascensorista pergunta para qual andar o gajo quer ir. "Qualquer um, ó pá. Já errei o prédio mesmo". Qualquer caminho serve pra quem não sabe onde quer chegar.

    O fato é que o futebol do JEC não tem um rumo, uma metodologia de administração, um planejamento digno deste nome. Enquanto isto não mudar, qualquer escorregão dá no que deu. Aproveitamento de 13% dos pontos disputados, com direito a derrota para o recém promovido Camboriú na estréia do estadual, primeiro jogo depois da brilhante campanha nacional.

    ResponderExcluir
  23. Mario L. Nascimento8 de fevereiro de 2012 17:25

    E para não ficar só no futebol, vamos dar a nossa cornetada no marketing do clube também. Um dos melhores momentos da história do clube foi jogado no lixo. Não houve campanha decente para aumento do número de sócios, não se conseguiram bons patrocínios, não se negociou a transmissão dos jogos para a TV aberta.

    Quais os resultados da empresa contratada para cuidar do assunto? Como admitir que um patrocinador apareça no uniforme antes de ser anunciado oficialmente? Como entender que um detalhe tão trivial como a hora de o jogador que está sendo apresentado colocar a camisa do clube seja negligenciado e o mesmo faça um mini stip-tease diante de todos?

    Eu devo ser excessivamente exigente...

    ResponderExcluir
  24. Edson Parana , Fpolis (vão pro inferno manezada do caralho).8 de fevereiro de 2012 21:28

    O técnico vai falar bem assim: VCS VÃO TER QUE ME ENGOLIR. Ae alguns da imensa galera TRICOLOR, ainda bem que por enquanto estamos queimando nossas linguas. Peguei o bonde do jogo andando e por isso pergunto; NOSSO GLORIOSO TRICOLOR venceu e convenceu ou os indios do velho oeste entraram de salto alto? JEC RUMO AO TITULO DO RETURNO, EU ACREDITO!

    ResponderExcluir
  25. No segundo tempo foi só a Chapecoense apertar a marcação que a bagunça voltou. Mas acho que o Argel Fodão vai dar um jeito no time. O cara não calou a boca na beira do campo, deve estar sem voz agora. Fez a galera correr e marcar. Vai dar certo. TEM QUE DAR!

    ResponderExcluir
  26. Mario L. Nascimento8 de fevereiro de 2012 21:54

    O pior, Jonas, é que ele está falando normalmente na entrevista coletiva, depois de uma hora e meia gritando como um louco desesperado. O Argel é Fucks!!!

    ResponderExcluir
  27. Edson Parana , Fpolis (vão pro inferno manezada do caralho).8 de fevereiro de 2012 22:32

    Estão falando lá no velho oeste Catarinense que a ''chapeOQUE?'' não venceu pq não quiz. Assim minha duvida postada a pouco só aumenta. Por favor Jequeano ou outro que assistiu o jogo, alguem tire minha cruel duvida. Desde já agradeço. JEC RUMO AO TITULO DO RETURNO,EU ACREDITO!

    ResponderExcluir
  28. Edson, tão viajando lá no Oeste. O JEC no primeiro tempo podia ter feito 4 a zero. Faltou capricho e deixaram os verdes diminuírem no finalzinho do primeiro tempo. Já no segundo tempo a Chapecoense apertou a marcação e o JEC começou a errar tudo que é passe. Os silvícolas chegavam com perigo, mas no sufoco o JEC conseguiu se defender. Daí de repente numa bola roubada pelo JEC na lateral direita acharam o Lima livre na entrada a área. O bicho dominou e seguiu direto pro gol, fizeram penalti nele. Lima converteu. Daí em diante o jogo equilibrou e poucas vezes a Chapecoense chegou. Portanto, enquanto o jogo esteve dois a um, os índios quase empataram e poderiam, quem sabe, ter virado, tamanha a confusão que tava o JEC no segundo tempo. Mas depois que fizemos o terceiro gol as coisas equilibraram e o jogo seguiu pro fim.

    ResponderExcluir
  29. Edson Parana , Fpolis (vão pro inferno manezada do caralho).8 de fevereiro de 2012 23:11

    Muitissimo obrigado grande JonasPW. Só com uma informação dessas durmo tranquilo tamanha preocupação com a situação. Obrigado mesmo ok.

    ResponderExcluir
  30. Estive no jogo, e jogamos um bom primeiro tempo. Os dois gols foram de bola parada. O gol que tomamos também foi de bola parada. Com a bola rolando, tivemos chances mas não concluímos em gol. Ainda falta articulação. O Rangel (que fez os dois), poderia ter feito o terceiro mas preferiu passar para o Lima, e errou o passe. Os últimos cinco minutos do primeiro tempo foram um horror, e só não empataram porque Ivan pegou uma bola difícil.

    No segundo tempmo, Argel, acho que até´porque não conhece o elenco, errou nas substituições, e até fazermos o terceiro gol - numa roubada de bola do João Henrique na lateral - o jogo era todo da Chape. JH roubou, derivou para o meio e tocou para o Lima, que sofreu o pênalti e bateu bem, com força, sem palhaçada.

    Argel tirou Carlos Alberto no intervalo, e colocou Fabiano Silva (que jogou muito mal, não acertava um passe). Tirou Ramon (mais um erro, o véinho tava bem, cobrou bem a falta do primeiro gol, bateu outra falta na trave)e colocou Tarcísio, depois, tirou João Henrique e colocou Aldair - que também não entrou bem(recuando, pasmem, o Rangel para a meia). Pra mim, bagunçou o time, e se não fizéssemos o terceiro gol, teríamos sofrido o empate. Foram erros desculpáveis, porque viu o elenco ontem, mas o time ficou todo torto.

    O fato é que temos bons jogadores. A Chapecoense, líder do campeonato, não é páreo para nós, se jogarmos metade do que podemos, e é mais ou menos o que jogamos hoje. Camboriú, Marcílio, Atlético, Metrô, tudo isso deveriam ser vitórias, porque mesmo não jogando merda nenhuma, nossos nomes são muito melhores. Se jogarmos mais ou menos sempre, como foi hoje, ficaremos entre os quatro. Mas que o time ainda foi bagunçado, isso foi.
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  31. Tô aqui secando o parafuso (figayra) pra ver se o cri-cri consegue o empate. Tava 5x2 pro "tricolor" do estreito e o cri-cri chegou agora a 5x4. Eles tocam bem a bola na entrada da área. Se o JEC ficar com os furos na zaga os carvoeiros vão chegar fácil na frente do Ivan. Mas o Cri-cri também tá alternando bons e maus momentos.

    ResponderExcluir
  32. Os matadores de porco só jogam na bola aérea, fora isso não apresentaram perigo algum.
    Não gostei do time, não mesmo. Muito bagunçado, teve uma hora que só davam chutão pra frente pra ver se o lima resolvia. Os poucos momentos que colocaram a bola no chão envolveram a chape.

    ResponderExcluir