NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

30 de set de 2012

10 MIL SÓCIOS, ARENA VAZIA E A RODADA DA SÉRIE B

DEZ MIL:
Finalmente o clube chegou aos dez mil sócios, o que não é pouca coisa, embora haja espaço para mais. Como o Mário já explicou lá no meujoinville.net (confira aqui), temos um potencial que beira os 12 mil sócios, isso, claro, sem considerar um sucesso estrondoso, como por exemplo, o acesso à primeira divisão, hipótese em que esse número seria facilmente superado - nesse caso chegaríamos facilmente a 15 mil sócios, fazendo a Arena pequena já no ano que vem. Nesse quadro, sobrariam só 3 ou 4 mil ingressos para venda a cada jogo. 
E, embora tenhamos alcançado esse número há tanto buscado, a diretoria agiu muito bem, sem muito alarde, sem valorizar o sócio número 10.000. Disseram que não haveria lógica em dar privilégios a um sócio que por contingência da sorte tenha sido o tal número 10 mil, em detrimento de todos os outros que acompanham o JEC há mais tempo, nas horas mais escuras inclusive. Foi inteligente a nova diretora de marketing.

ARENA VAZIA: ontem, andando pela cidade, encontrei vários torcedores do JEC meio envergonhados, sussurrando, fazendo sinais secretos, como o de uma maçonaria (conhecem a piada do guri que chuta a bola pra dentro do terreno da loja maçônica? Ele vai buscar a bola e é sodomizado; quando lhe perguntam o que houve lá dentro, ele diz: - não posso contar, é segredo, agora sou maçom"), confessando: "eu não fui ao jogo ontem". 
Pois eu também não fui ver nossa vitória por três a zero contra o Camboriu, com gols de Ramon, Vanderlei e Adailton, e confesso o erro. 
Um clube com dez mil sócios, em ótima fase, com jogadores a serem observados, não pode levar só 1700 pagantes à Arena. Falhamos.
É verdade que o jogo tinha um apelo menor, mas tinha sua importância. A Copinha garante a Copa do Brasil, e deveríamos ter ido ao jogo. É tempo de nos redimirmos, na terça-feira, e acompanhar o JEC às 20h30 contra o Metropolitano. 
Porra, o jogo é de graça para os sócios, e nosso "elenco de apoio" merece o nosso apoio, afinal, é o JEC. 
Em outros anos, é bem verdade que só tínhamos a Copinha, colocávamos mais de 5 mil em jogos desta competição. Pois é hora de lotar até jogo de Copinha.

A RODADA DA SÉRIE B: Na rodada em que vencemos já na terça-feira, tivemos o desfecho sexta e ontem, e com bons resultados para nossas pretensões. 
Ganhamos uma posição, com a derrota do Atlético Paranaense frente ao Bragantino. Nos aproximamos três pontos do São Caetano que perdeu do Paraná. Ademais, o Ceará empatou em casa com o Ipatinga, América de Natal e América Mineiro perderam pontos. Parece que realmente só há 8 times em condição de brigar pelas 4 vagas para a primeira divisão, pois os dois Américas já eram. O Ceará, em oitavo, parece estar perdendo folego e enfrenta o Tigre na próxima rodada, em Criciúma, perdendo, também diz adeus. O avaíbis ainda é um perigo.

Terça já é dia de SECAR o avaíbis contra o ASA, o Goiás contra o Bragantino e o São Caetano contra o Guará, para então, obrigatoriamente, vencer o Barueri na sexta. Vamos lá, JEC. AVANTE, JEC!

12 comentários:

  1. Ótima rodada. Aconteceram resultados que ninguém imaginaria.
    Mas é isso aí o campeonato. Os outros também tropeçam.

    Faltam 11 rodadas. Acho que poderemos voltar ao G4 faltando 9 rodadas. Penso isso pois o Jec e São Caetano devem vencer na próxima rodada e depois se enfrentam na Arena Joinville.
    Aí, meus amigos, é que os homens se diferenciarão das crianças.
    Vejam, temos 4 jogos de seis pontos nas próximas rodadas. E, ainda, existem outros 10 confrontos diretos entre os oito primeiros colocados até o final.
    As cinco últimas rodadas acho boa para nós: cri cri freguês, guará, braga, vitória já campeão e goiás.

    Subiremos. Sim, subiremos!

    ResponderExcluir
  2. Eu fui no jogo contra o Cambura. Gostei do Ramon (óbvio que o adversário não era lá aquelas coisas, mas ele foi muito bem assim como quando entrou contra o Boa Esporte pela Série B. Ta querendo arrumar um lugarzinho permanente nas relações de jogos. Pensei em não ir pro jogo, mas aí um amigo me puxou a orelha dizendo que até 2009 essa competição era a nossa COPA DO MUNDO, me rendi e fui. hehe

    ResponderExcluir
  3. Também fui no jogo, o Camboriu é um time muito frágil, e por isso é dificil analisar, no intervalo choveu muito o que tbm comprometeu o andamento do jogo. De útil concordo que o Ramon foi bem (para um jogo da copinha). O Vanderlei querendo mostrar serviço tava meio afoito, o Adailton fisicamente é muito bom, sai atrás e chega na frente de todos os zagueiros, mas me parece que corre tanto que as vezes falta oxigenio no cérebro, se ele aprender a levantar a cabeça na linha de fundo vai ser um baita jogador. Aldair até que gostei, ele entrou na meia (fora de posição) e não comprometeu, deu bons passes e lançamentos, porém era contra o Camboriu. O que mais me preocupa é misturar as competições, exemplo: o Wiliam entrou no segundo tempo na lateral esquerda, ele já é meio canela de vidro, imagina então se machucar num jogo desses.

    ResponderExcluir
  4. Porra Bocão, você esta melhor que o matemático do Globo Esporte, só espero que seus calculos não sejam iguais aquele de remar no cachoeira, senao estamos fudidos....
    Eu não fui ao jogo sexta, porque a mulher não deixou, e sabe como é né magnata, lá eu mando, então preferi guardar meu latin para brigar nos jogos da série "B".
    O Jequeano entende bem o que estou falando...kkk...(agora vou aguardar o esporro).
    ST...RAFAEL

    ResponderExcluir
  5. Algo estranho esta ocorrendo com realação ao São Cateano. Varias vitórias aos 46, 47, 48 e 49 minutos do segundo tempo. Esta me parecendo que o Juiz só termina o jogo quando o SC faz o gol. Esta parecendo armação. Estou temeroso quanto a clasificação do JEC, pois em matéria de influência na CBF estamos mal. São Caetano, Atlético Pr, Ceará tem muito mais. Com na minha opinião só resta uma vaga.. ta complicado. Tomara que eu esteja errado e queime a lingua.

    ResponderExcluir
  6. Eu acompanhei o jogo do São Caetano ontem. Acho que nesse caso não dá pra dizer que houve culpa do juiz, ou algo arquitetado pro S. Caetano subir. O escanteio aos 49 minutos aconteceu depois de uma espalmada do goleiro aos 48, portanto, é comum que o árbitro deixa o lance final acontecer. E os 4 minutos de acréscimo dados também é algo comum para um segundo tempo. A verdade, no meu modo de ver, é que o São Caetano, depois da expulsão do jogador do Guaratinguetá aos 27 do segundo tempo, aumentou muito a pressão sobre o Guará. O gol só não saiu antes por incompetência do ataque do azulão. Até pode haver armação para alguns escolhidos subirem, mas no caso de ontem, a vitória no último segundo foi um lance de sorte mesmo.
    Pô, e o Goiás também teve mais sorte que juízo, acharam um gol no jogo com o Bragantino. Por pouco que a secação ontem não foi completa. De bom mesmo, só a vitória do Cheiro de ASA sobre o Avaíbis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Avaibis voltou a realidade, sabe como é, a boa fase do Argel sempre dura uns 5 jogos, depois passa a motivação e tudo volta ao normal

      Excluir
  7. Eis as explicações do argel, no pós-jogo, que só me fazem rir.

    — O resultado é ruim, né? O time brigou, lutou, usamos nosso banco. Tivemos uma desatenção com três ou quatro minutos de jogo e pagamos caro. Mas, claro, tivemos quatro ou cinco oportunidades claras para empatar, para virar o jogo. É normal, principalmente no segundo tempo. Só uma equipe jogou porque a outra estava satisfeita com o resultado. A nossa equipe está de parabéns porque lutou muito, correu muito, mas o resultado não foi o que nos interessava — disse o técnico da equipe Azurra.

    ResponderExcluir
  8. Edson Párana; fpolis (vão pro inferno manezada do caralho)3 de outubro de 2012 14:10

    Palavras do quase, quase, quase filosofo argeu fucks (em minusculo). Como sempre cheio, cheio de razão. VAMOS SUBIR JEEEC. ST.

    ResponderExcluir
  9. Sandrão - JOINVILLE4 de outubro de 2012 10:18

    Agora é oficial... o alogoano se aposentou mesmo! Dizem que já limpou as gavetas e tudo!!

    Para nooooossaaaaaaa alegriaaaaaaaaaaaaaaa... hehehe

    ResponderExcluir
  10. Sandrão, não sei se dá pra comemorar. Ainda que Alagoano vacilasse quase todo dia, hora errando datas, nome de jogadores, e mencionando por vezes outros times e ignorando o JEC, por outro lado algumas vezes conseguia desenterrar boas histórias do JEC e sempre bateu na tecla de que o empresariado local não abraçava o JEC. E em contraponto mencionava que Criciúma tinha o seu Angeloni, o Avaí o Zunino e o Figueira, como o avaí, as tetas gordas do Estado.
    Meu medo é de que se era ruim com o Maceió, pode ser bem pior sem ele. Note que nesses últimos tempos de férias do alagoano a coluna editorial ficou às moscas, com assuntos ainda mais desinteressantes e continuava a focar nos clubes da capital.
    Só vejo uma solução para termos uma coluna verdadeiramente jequeana e de conteúdo digno. O nome eleito para ocupar o lugar do Maceió é WILSON FRANÇA.
    Primeiro temos que saber se ele gostaria de escrever pro AN. Depois o negócio é mandar e-mails para o editor chefe do AN pedindo o Dino no lugar do Alagoano. O nome e email dele são os seguintes: Domingos Aquino - domingos.aquino@an.com.br

    ResponderExcluir
  11. Onde escrevi "hora", leiam "ora". Que burro, dá zero pra mim.

    ResponderExcluir