NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

2 de jul de 2012

PLACAR ESPANTOSO! SURPREENDENTE! BOA 0 X 0 JEC!

Eu nunca esperaria um placar tão surpreendente para esse jogo lá em Varginha. Zero a zero, quem poderia adivinhar? Estou pasmo, surpreso, estupefato! É um placar que contraria qualquer lógica!
O segundo pior ataque da competição (o nosso), só à frente do lanterna Barueri - diga-se, nosso adversário da próxima sexta-feira (e quem não antevê um jogão com esses dois ataques de asma se enfrentando?) - por óbvio não conseguiu furar o bloqueio do BOA e, se não fosse o Ivan, teríamos perdido, mais uma vez. 
Que chances de gol criamos nos últimos 180 minutos?


Não reclamo dos 12 pontos que temos, mas é de se ver que nos últimos três jogos fizemos 2 pontos em 9, marcamos apenas um gol. Os líderes do certame já começam a abrir vantagem. A vantagem que temos para os da "rabeira" começa a diminuir. E se a meta é fazer 50% de aproveitamento (só pra não cair), então não vencer o Barueri já nos deixará aquém do objetivo estipulado, pela primeira vez no campeonato. Abre o olho, LC.
Barueri (C), São Caetano (F) e Ipatinga (C). Seis pontos - no mínimo - são obrigatórios nas próximas três rodadas - mas em compensação, se obtivermos tal score, é capaz de o LC ficar amorcegando mais 5 rodadas para fazer 6 pontos, para não se perder dentro de seu sistema de mini-metas. Não importa que fosse possível fazer mais, o importante é a meta, diz o professô. 
Isso aqui não é o Banco Central, porra, que fica procurando acertar o centro da meta de inflação. Isso aqui é um time de futebol, e meta, por sinonímia, é gol. Temos que acertar a bola dentro da meta - ou pelo menos fazê-la chegar perto do arco adversário. Já será um começo.
Lembram do assunto que tratei no último post, de que cada jogo é uma decisão, uma necessidade de jogarmos bem para não desanimarmos nossa torcida. O campeonato é longo, e precisamos de um incentivo para que o torcedor não deixe de apoiar. Se nos estabilizarmos aí pelo décimo lugar, estaremos num ponto de "tanto faz, tanto fez", que é chato pra cacete, a torcida desanima, o estádio esvazia, etc, etc.
Cuidado com as emoções na sexta-feira!
Aqui no blog, mesmo, os acessos caíram bastante, os comentários mais ainda, até minha vontade de escrever diminui - em junho foi o mês que fiz menos posts desde que iniciei o blog. 
É claro que não sou idiota ao ponto de achar que é melhor estar perto da zona de rebaixamento só pra ter emoção, mas que poderíamos - e deveríamos - estar com pelo menos 15 ou 16 pontos, na faixa do acesso ou ao menos ali, na beirada, isso me parece óbvio. 
Sexta à noite, o jogo promete tanta emoção que sugiro Lexotan, além de remédios para a pressão alta e para o coração, pois dois ataques poderosos como os que se enfrentarão prometem um jogo de muitos gols. AVANTE, JEC!

12 comentários:

  1. Sandrão - JOINVILLE2 de julho de 2012 15:57

    Tem mais gente enxergando o que toda a torcida do JEC já enxergou. Só nossa diretoria é que não quer ver.

    http://www.futebolinterior.com.br/campeonato/brasileiro-serie_b-2012/226924+Selecao_da_Serie_B_reune_jogadores_que_fizeram_a_diferenca

    "O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER ENXERGAR"

    Tá foda!!!!

    ResponderExcluir
  2. Nem sei o que dizer....acho que vou tomar maracujina sexta feira...e espero um ataque com Lima e Aldair... chega de meiucas. Ou vamos ter um ataque de nervos. Tenho a impressão que LC esta com os dias contados. Como diz o Sandrão... tá foda até pra fazer cometários

    ResponderExcluir
  3. Alexandre B Sgrott2 de julho de 2012 20:21

    De acordo com a imprensa Eduardo e Fabiano Silva estão a caminho do Estreito, pessoalmente acho uma baita cagada, uma vez que o Argel não dura mais 2 rodadas. Eduardo (se realmente for) fará falta pois é uma das poucas válvulas de escape do JEC.
    Volto a comentar, pra mim o Ricardinho merecia um banco (desde que voltou de contusão no catarinense o time caiu) e não vejo no Tiago Real o craque que todos vêem, ele é apenas esforçado. Do que adianta correr o tempo todo se na hora de dar um passe ou chutar pro gol ele erra.
    E não adianta culpar o Leandro Fields. Ele prometeu 12 pontos e cumpriu. Culpado é nosso Ditador Nereu Martinelli que aceitou o acordo.

    ResponderExcluir
  4. Gente, a partir de sexta-feira começara a era Mini Meta 2....rs

    Se levarmos em consideração, ele poderá perder 4 jogos diretos e ainda vai falar que se ganhar os outros 4 jogos, também chegará no objetivo de 12 pontos....olha, não é de duvidar!!!

    Precimos de motivação...estes discursos negativos do treinador e Diretoria pensando pequeno estão gerando um ambiente carregado....

    Quanto ao próximo jogo, me arrisco a dizer que vair ser PEDREIRA, pois o time deles pode até estar na lanterna, mas tem jogadores que ser resolverem jogar, vai ser foda!!!

    ResponderExcluir
  5. Fernando, estou escrevendo exatamente sobre isso. Eles têm 4 ou 5 jogadores de decisão, podem não estar mais no auge de suas carreiras, mas são perigosos.

    Bocão: Aldair, ou virá Adailton (e muda muito?). Lima, Eduardo, FAbiano Silva. É muita confusão.

    Alexandre, também acho que Argel tá chegando ao limite, e se realmente o Loco Abreu for para o Figueira, vai haver no campo um cara que entende mais de futebol que o próprio técnico. POde ser a desgraça dele, ou até sua salvação. Se o LIma for pra lá, reserva será.
    Ricardinho, efetivamente, é lento e não voltou tão bem como estava antes da contusão. Tiago Real é isso mesmo, esforçado, e fica ainda mais difícil com um ataque que está pouco operante, talvez até pela falta de categoria do Tiago.

    Silvio, acho que não adianta esperar Aldair em campo. É mais fácil vemos o JC de titular do que o guri.

    Sandro: o técnico mais medroso e retranqueiro do Brasil (hehe, mas pra nos um sofrimento). O que me irrita é que o que importa nesse campeonato de pontos corridos é a vitória. Se não fossem aquelas três vitórias seguidas (nos outros cinco jogos fizemos 3 pontos), onde estaríamos? Sem querer ganhar os jogos fica bem mais difícil.
    Em casa já deixamos cinco (de doze) pontos irem embora. Dependendo do resultado de sexta, podemos ir abaixo dos 50% de aproveitamento dentro da Arena. Perigo!
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  6. Engraçado.
    No começo da serie B, tinha gente dizendo que o JEC tinha que lutar para não cair. E que seria dificil e que estavam vendo tempos difíceis e negros para o JEC. (É só resgatar alguns comentários de Março e Abril e vcs verão isso).
    Aí chega o técnico e ele diz claramente.
    "Vamos lutar para continuar na serie B. Para isso, precisamos atingir mini metas. Se ao final dessas mini metas ainda tivermos chances de subir para a serie A, vamos lutar para subir". (para comprovar isso, é só resgatar o discurso do LC na entrada dele aqui no JEC).

    Aí o cara vem, está fazendo aquilo que ele propôs e ainda assim o povo fica P da vida?
    Vou pegar uma frase do comentário do Alexandre: "E não adianta culpar o Leandro Fields. Ele prometeu 12 pontos e cumpriu".
    Exatamente isso. Não adianta culpar o técnico.
    Se para você o JEC deveria lutar para subir e com isso tentar todos os meios, quem sabe até gastando horrores em técnico e jogadores, tem que cobrar disso do Presidente.

    Por isso eu digo. Rapaziada. Vamos com calma.
    E digo mais. Prefiro ir com calma e continuar com os pés no chão do que achar que somos um time grande e no final lembrar que ainda somos pequenos e cairmos para a serie C.
    (somos pequenos sim e estamos crescendo. Mas somo pequenos sim.)

    LC tá enchendo os meus olhos com a sua escalação e com o jeito que o JEC está jogando?
    CLARO QUE NÃO.
    Mas se eu vou fazer tempestade em copo d'agua?
    CLARO QUE NÃO.

    Por isso eu digo. Vamos com calma. Acho que estamos fazendo muita bagunça para pouca coisa. Acabamos de subir, temos muita coisa para re-aprender e aprender a jogar um campeonato longo como a serie B. O LC está cumprindo o trabalho que ele propôs e conseguiu atingir o seu objetivo.
    Se esse objetivo é pequenos para alguns, tudo bem (mesmo que para mim não seja). Mas não podemos negar que o objetivo está sendo atingido.

    E por ultimo. Pelo menos aqui não vejo muito mais disso.
    Mas pelo amor de Deus. Vamos esquecer do Arthurzinho.
    Ele cobrou caro, teve problemas na sua saida com diversos jogadores no que diz respeito a $$$ e segundo o Nereu, não vem mais. Vamos mudar a agulha da trilha desse disco pow...!!!! (sou da época do vinil ainda...ehehe...)

    Abrs
    Juka

    ResponderExcluir
  7. Concordo com o juka e acrescento:
    Precisamos a torcer na serie B, demoramos muito para voltar, então temos que apoiar e parar de cornetear.
    Precisamos de imprensa de serie B, e não frustados que tem o poder do microfone na mão fazendo a torcida ficar contra a diretoria e jogadores.
    Como reclamar do jean carlo se ele não teve nem 3 jogos para dar sequencia.
    Como criticar o Marcinho se ele não jogou na posição dele e não teve seqüência.
    Ora o araraúna nem jogou e tavam pedindo para ele ir embora.
    Jequeano o se não joga, pois se tivéssemos ganho do ABC, BOA, CEARÁ E ATLÉTICO, seríamos lider

    ResponderExcluir
  8. Juka, em partes voce esta certo, digo isso porque perdemos pontos fora que ao meu ver não perderiamos de jeito nenhum se a postura do time fosse mais audaciosa, e nesse item quem manda é o técnico, se ele diz pra um ala/lateral que ele deve ir até o meio de campo o jogador vai obedece-lo, então se a permanência na série B nos agrada, pois bem que fiquemos na serie B, mas vejo uma desmotivação muito grande no elenco, quem provocou isso, nós os torcedores que não fomos, então um poko mais de vontade de GANHAR não faria mal ao nosso Amado TRICOLOR.

    No mais, Vamos pra cima Deles, JEC

    ResponderExcluir
  9. Juka e giovani jec, a questão de subir ou permanecer é opinião pessoal de cada um, cada torcedor vê o que acontece e tira suas próprias conclusões mas que esta "fácil" de vencer nesta série B isto está, não vi até agora nenhuma equipe melhor que a nossa, o problema é a maneira como estamos jogando, mais preocupados em não tomar gol do que faze-los e isto mais adiante na tabela deverá fazer muita falta.

    Abraços tricolores

    ResponderExcluir
  10. Meu otimismo em relação ao JEC dentro do campo é inabalável e irracional. Pra mim sempre vamos ganhar. Jogando bem ou jogando mal. E pra mim vamos ganhar os 4 próximos jogos, com postura defensiva ou não. E a minha profecia é de que vamos conseguir o acesso na trigésima primeira rodada, contra o CRB, na Arena, e o placar será igual ao da final do ano passado. 4 a zero. Hehehehe. Estou falando que sou otimista.

    Por outro lado, racionalmente falando, acho que ficar no meio da tabela, de oitavo pra cima, não é mal negócio. Ficar ali na zona cinzenta, para mim, não é desestimulante, pelo contrário, mantemos o foco, sem relaxar. E pode ser interessante durante uma competição de 38 rodadas, porque não adianta correr, correr e perder o fôlego no final. É importante o sprint no final do campeonato. E até por conta disso acho que as tais "mini metas" estabelecida estão quase certas. Pois o plano traçado é que na trigésima segunda rodada tenhamos no mínimo 48 pontos. A partir daí faltariam 6 jogos para tentarmos subir com 18 pontos em disputa. Considero que para subir para a série A, 64 pontos bastam. E é aí é que complica. Pra chegarmos a 64 pontos o JEC precisaria ganhar 5 jogos e empatar um nos seis jogos restantes. ENtão, penso que essas "mini metas" teriam que ser um pouco mais ousadas. A cada 8 jogos deveriamos correr atrás de 14 pontos e não 12. Para cumprir essa "mini meta" teríamos que fazer o deve de casa na arena e buscar ao menos dois empates fora em 4 jogos longe de casa. Com isso, na trigésima segunda rodada teríamos 56 pontos ao invés dos 48 pontos pretendidos no plano atual. Com esse plano um pouquinho só mais ousado, nos seis jogos finais bastaria buscarmos oito pontos em 18 disputados. Muito mais folgado, considerando que bastaria o JEC fazer o dever de casa, fazendo nove pontos, e somando ao final do campeonato 65 pontos. O acesso ficaria mais folgado e uma possível busca pelo título também.

    Sobre o clima atual entre técnico, jogadores e diretoria, me parece que o Leandro não tem a moral de líder com o grupo. Mas penso que isso pode se alterar durante o campeonato. Uma equipe de futebol funciona da mesma forma que outras equipes de trabalho. As vezes o grupo não dá moral ao chefe. Mas com o tempo de trabalho o cara ganha a confiança da galera. É uma dinâmica comum. O cara novo sempre chega sob desconfiança. Então, vamos dar tempo ao tempo. A poucos jogos atrás, na sequencia de 3 vitórias, tinhamos muito mais elogios do que críticas. Tudo mudou em tão pouco tempo? Pra mim não.

    É isso, farou, rapeize.

    ResponderExcluir
  11. Gostei da atitude do Ramon
    http://nossajoinville.com.br/doislances/2012/07/03/diferenciado/

    ResponderExcluir