NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

4 de out de 2011

O BRASILIENSE É O PRÓXIMO ADVERSÁRIO. E A BOLA AÉREA NÃO INCOMODOU.

Arturzinho deu um jeito na nossa defesa nesse último jogo, até contra as bolas alçadas na área - ótima notícia. E volto a dizer, o JEC tem corrido POUQUÍSSIMOS RISCOS com a bola rolando. O time está bastante consistente, sofre alguns gols de chutes de fora da área (pombos sem-asa ou de falta) e de bola parada. Com ela correndo na grama, nosso sistema defensivo - inclusive Ivan der Sar (o ex-terrível) está bastante firme. Nosso próximo adversário tomou quatro gols em dois jogos. Vamos manter essa média ruim deles, no próximo domingo (essa, pelo menos, é a minha esperança).
Little Artur treinou bastante, na semana passada, o posicionamento defensivo, e deu certo. Parece que o Rangel ajudou muito na composição defensiva - não reparei nesse detalhe, mas muitos da imprensa notaram. Pedro Paulo não esteve em jornada muito inspirada, mas tá cheio de crédito, vem jogando bola pra cacete. Domingo ele voltará a jogar o que normalmente joga. Nossa meiúca não é um primor na criação de jogadas, mas tem dado pro gasto, e compensa na vontade, na raça. O meio-campo do próximo adversário é mais técnico do que o nosso. Acho que esse é o grande embate da partida de domingo: nosso time tem mais velocidade, é mais jovem, com um jogo forte de marcação e disposição; o deles, um pouco mais técnico, mais cadenciado, com posse de bola refinada.

O BRASILIENSE
Após o final do jogo em IPATINGA, Acosta, uruguaio do BRA, saiu puto da cara, dizendo para a rádio que esse time do Brasiliense AMARELOU. 
Será?
O clima pode ter começado a azedar dentro do clube, no elenco? Quando um começa falar que outros tão amarelando, sem vontade, a maionese tem tudo pra desandar. Uma declaração dessa raramente ajuda em alguma coisa. Só hoje no site do BRA já vi três jogadores dando declarações, refutando o que Acosta afirmou. Só o que espero é que a "provocação" não tenha o efeito oposto, e a turma de lá resolva se agrupar novamente e fiquem mais fortes, com novo ânimo.

Eles perderam dois jogadores titulares - Cicinho (LD), que para mim foi um dos principais jogadores contra a Chapecoense (não assisti ao embate contra o IPA), e o zagueiro Rafael. Até no site do BRA já tem torcedor deles se desesperando com a entrada do zagueiro reserva. O goleiro deles ainda é dúvida (a tendência é que jogue), e pode voltar ao time um que não joga há 8 meses, recuperando-se de contusão.
No site do BRA é possível ver os melhores momentos do jogo contra o IPA (confira aqui). Faço resumo:
Já aos 5' o bom Wellington Bruno bateu escanteio e Claudio Luiz abriu o placar - esse foi um desfalque sério do IPA aqui em Joinville.
Aos 11', outra chance clara de gol.
Aos 13', Fabiano Galhudo e Ruy Cabeção (de bagre) fizeram espetacular jogada e por pouco não empataram o jogo para os candangos
Aos 18', mais uma grande chance para o IPA.
Aos 36', novamente em escanteio, o goleiro do BRA fez milagre.
Aos 43', jogadaça de Wellington Bruno e gol de Chiquinho. 2x0 IPA.
Aos 8' do 2ºT, mais uma vez em escanteio, o IPA só não aumentou por muito azar.
Aos 12', mais uma vez Wellington Bruno colocou o atacante do IPA, na cara do gol, que perdeu gol feito.
Aos 16', Galhudo chutou de longe.
Aos 19, em escanteio batido por Gadelha, quase gol do BRA.
Aos 20', nova boa jogada do IPA, para finalização de W. Bruno.
Ãos 34', jogada de Ruy Cabeção e Acosta, gol de Djavan para o BRA.
Aos 46, mais uma jogada de Galhudo.
Aos 47 e 48', o IPA perdeu duas chances na cara do Gol.

Vendo esse relato, nota-se que as chances do IPA foram muito maiores do que as do BRA, a bola parada do time de Minas incomodou demais o time candango - talvez o que tenha nos incomodado seja agora uma arma a nosso favor; pelas minhas contas, além dos dois gols marcados, o IPA criou pelo menos mais umas 6 chances claríssimas de gol (e outras duas ou três menos importantes), duas delas quando o jogo já estava praticamente perdido e o BRA lançou-se desorganizadamente à frente. Mesmo excluindo essas últimas, o Brasilliense deu mole para o ataque mineiro, esse mesmo ataque que aqui em Joinville praticamente não nos incomodou - os riscos vieram nas bolas alçadas na área.
O Argel Foda-se foi a Ipatinga pra não perder (e mesmo assim perdeu). Começou num 4-6-1, só com Diego Lira (um bom jogador com estilo parecido com o Capixaba) à frente, e avançando um pouco o Gadelha. Com a volta de Ruy Cabeção de contusão, ele sacou o Tuta, que fora titular contra a CHA, do time titular. Tomando dois bagos, no intervalo o Argh!el colocou o Djavan (bom jogador), e tirou um meia, mas já foi tarde pra ficar corajoso. Argel tá tentando alguma coisa, mas acho que ainda tá meio perdidaço na sua nova equipe. O BRA já está há 5 jogos sem vencer (os dois últimos já sob comando argelino). É só não deixar ressuscitar aqui na Arena. Ou melhor, é hora de afundar definitivamente o time candango, praticamente excluindo-o da disputa pela vaga.

Mas... Esse jogo para o BRA tem a importância que teve para nós aquele jogo contra a Chape, fora de casa, na primeira fase. Eles vêm aqui para o tudo ou nada. Vamos abrir o zóio.
Como até o empate será mau resultado para o BRA, talvez o Argel lance o Tuta ou o Djavan desde o início, para ter ao menos algum ataque.
Penso que o Capixaba deverá procurar cair em cima desse lateral reserva, e se o zagueiro reserva jogar por esse mesmo lado, melhor ainda. E quem sabe o Lima esteja no banco...
Temos que cuidar da meia-cancha do BRA. Ferrugem, Fabiano Galhudo e Ruy Cabeção formam uma meia-cancha bastante respeitável, técnica, marcando-os em cime para tentar roubar bolas e sair no contra-ataque. O Gadelha é 50% do time, tudo de bom que o time faz passa por ele. E bate na bola como quem sabe o que faz, em faltas e escanteios alçados na área, e também chutando forte faltas frontais.
Jogo equilibrado, mais uma vez, é o que prevejo (os resultados dessa fase até agora foram 1x0, 1x1, 2x1, 2x2, tudo muito igual). Nosso time anda bem, nosso momento é melhor, mas dinheiro no bolso (até para comprar o ingresso de domingo), cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém. E algum futebol e muita vontade de vencer também ajudam bastante! VAMOS, PORRA! AVANTE, JEC!

13 comentários:

  1. Texto extraído da entrevista de Argel a respeito de Domingo.
    No próximo domingo, às 16h, o técnico Argel Fucks volta à Arena Joinville, no interior catarinense, para mais um confronto contra o Joinville. E o comandante amarelo experimenta a sensação de já ter vivido situação semelhante à do Brasiliense, lanterna do Grupo F do quadrangular semifinal: "Quando eu estava no Caxias, a situação era bem parecida. O Joinville mantinha uma sequência de 13 jogos de invencibilidade e nós estávamos na vice-lanterna. E nós fizemos 4 x 2 na casa deles, com um a menos desde os 12 minutos do segundo tempo", recorda-se o agora técnico do Brasiliense. "Vai ser um jogo muito difícil, mas nós vamos para lá para jogar futebol. Até porque só a vitória nos interessa, e uma vitória nos deixa muito perto deles".

    A pressão da torcida adversária também é uma variável que o treinador está considerando, além do gramado em dimensões reduzidas: "O campo é menor do que estamos acostumados, e a torcida está em cima. Acredito que o Joinville deve ter pelo menos uns 15 mil torcedores a seu favor. Mas a nossa confiança é grande. Ligamos o sinal de alerta, mas não tem caça às bruxas. Temos que jogar com atitude, perseverança, atitude, vontade e determinação".

    Já da para sentir o clima que eles virão por aqui. Olha, não estou sendo negativista e muito menos pessimista. Estou falando em cuidado, porque sei que alguns jogadores entram aqui e leem os posts bem como os comentários. Vamos trabalhar sério gente. Vamos com cuidado porque eles vem aqui mordidos.

    OUtras respostas do Argel:

    Classificação
    "Se estão achando que o Brasiliense já jogou a toalha, estão enganados. No futebol, tudo pode acontecer. O líder da chave tem três pontos a mais que a gente, e vamos jogar contra este líder, na casa deles".

    "Nada está perdido. Ainda temos 12 pontos para disputar e todos têm chances de se classificar. Vamos trabalhar com os pés no chão, porque temos um jogo difícil no sábado".

    A derrota em Ipatinga
    "Não fizemos uma boa partida. O time não se encontrou e não conseguimos manter o que jogamos no jogo contra a Chapecoense. Fizemos um primeiro tempo sonolento, sem vontade, e aceitando a marcação".

    Desequilíbrio
    "A Série C é um campeonato muito equilibrado. O empate em casa (2 x 2 contra a Chapecoense) foi o que não poderia ter acontecido. Este empate, da maneira que foi, é o que pesa para o nosso lado. Se não fosse este placar, poderíamos hoje estarmos empatados na liderança. Não adianta ficar procurando onde está o problema. É bem simples e claro: fizemos três gols e sofremos quatro. Está desequilibrado".

    Treinamento
    "Vamos trabalhar mais a defesa, mais bola parada. Se nós treinamos 30 a 40 minutos de bola parada lá em Ipatinga, na véspera do jogo, e sofremos um gol dessa forma com 5 minutos de jogo, temos que trabalhar uma hora. Até a zaga entender".

    No mais, creio que o nosso grande Arturzinho sabe bem da dificuldade que esse jogo de Domingo será.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Edson Parana (Fpolis)4 de outubro de 2011 19:23

    Douglas,mandou bem pôd crê.Vale d + o alerta. Vc bem disse,eles (os amarelos,que uniforme horrível) vem mordidos,td td cuidado é pouco. Maaaas...... vamos a + uma batalha e a de ser vitoriosa. JEC RUMO A SÉRIE ''B'' 2012 ST.

    ResponderExcluir
  3. Atenção e cuidados especiais para domingo:
    1. Argel "Foda-se"ja aprontou aqui quando era técnico do Criciuma e recentemente armou um muvuca no jogo do Caxias. Nào vamos entrar nessa. Deixa ele esquentar no campo, no banheiro ou na pqp. Sem confrontos.
    2. O Argel "Foda-se"é genro do homem da federação gaucha. O Arbitro é gaucho... então todo cuidado.. ouvi na radio que o cara é de série A e nao vai macular sua carreira. Veremos.

    ResponderExcluir
  4. Mario L. Nascimento4 de outubro de 2011 23:58

    Hummmm...

    árbitro gaúcho de série A, técnico genro do homem da FGF...

    Sei não. Quando os homens querem aprontar alguma, não colocam um árbitro qualquer. Colocam logo algém de primeira linha, acima de qualquer suspeita. Quem dá bola pra uma "má atuação" na série C?

    Apesar do sorteio (alguem viu?) na CBF, todo cuidado é pouco. Cabeça no lugar e jogar muito pra evitar qualquer surpresa.

    ARENA LOTADA!!!
    LIMATADOR VOLTANDO!!!
    VAMOS SUBIR, JEC!!!

    ResponderExcluir
  5. Ramom e Lima a disposição de Arturzinho, ta no site do Jec

    ResponderExcluir
  6. Vi fotos no site do JEC do treinamento de ontem, e o Lima ta numa pegada "monstra". Lima e Ramon treinaram forte e se colocaram a disposição do "Professô" Arturzinho. Amigos, Arturzinho já declarou ontem que Lima é opção para o segundo tempo e o Ramon briga por vaga com João Henrique caso Ricardinho seja vetado para o jogo de Domingo. Tá ficando boa a coisa!! Já é quarta-feira, ta chegando a hora!!
    O adversário olhar para o banco e ver Lima e Ramon da um susto, não dá? Argel (em alemão: raposa) sabe muito bem da qualidade do Lima, já sentiu na pele quando treinava o Tigre. Para finalizar, Rei Arthur tem muitas opções para o jogo de Domingo e com certeza deve estar "botando" na cabeça da moçada a importância de se trabalhar ter humildade para o confronto do próximo Domingo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Sílvio, concordo contigo, temos de ter decidido bem antes de domingo o que faremos se o BRA quiser aquecer no campo. Se não quiser deixar, já entrem em contato com a diretoria do BRA quando eles chegarem aqui, na sexta ou no sábado, deixem bem claro pra não deixar o babaca fazer aquele papelão que fez aqui para motivar seus jogadores.

    Douglas, falaste nos teus comentários que os jogadores lêem o blog. Sabes mesmo disso ou presumiste?

    Ab, ST

    ResponderExcluir
  8. Jequeano, a informação que tive de um amigo que vive mais o dia a dia do clube é que Ivan (ex-terrível) lê assiduamente o Blog. Os outros jogadores eu presumo pelo fato de que Ivan lê. Como Ivan começou a ler? Como soube? Quem disse a ele que o Blog existia? Entendeu. Outros jogadores, que estavam antes dele por aqui devem ter comentado a respeito deste espaço da torcida Jequeana.

    7 mudanças na equipe do Brasiliense no primeiro trabalho coletivo de Argel "o Raposa" na terça-feira. Mudança de esquema tático também foi efetuada pelo Fucks, 3-5-2 para jogar contra o nosso tricolor no Domingo. Defesa toda reserva para jogar Domingo aqui na Arena. O Fucks ta doidão com a defesa dele e a torcida da doidona com o Fucks. Comentário extraído de torcedores indignados no Site do Brasiliense:

    Lody Borges
    ah ah ah o argel vai afundar o time do brasiliense.

    Zé da Silva · Trabalha na empresa Jacare.Net
    O marcos soares nao tinha esse problema, alias ele nao tomava gols na boca do jacare.

    VAMOS PRA CIMA!

    ResponderExcluir
  9. Sei que Ivan lê assiduamente o Blog. Os demais jogadores eu presumo, porque como Ivan soube da existência do Blog? Será que ele não comenta sobre o que lê aqui com os demais jogadores? Ou será que ele conheceu o Blog através de outro atleta? Enfim, presumo que alguns jogadores leem o Blog porque sabem que é um Blog formado por torcedores tricolores.
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Meus queridos, eu também leio assiduamente o blog, e já estou jogando minhas pedras e consultando o Oráculo, para minhas previsões cabalísticas.

    ResponderExcluir
  11. Argel testa seis mudanças no time titular: toda a linha de defesa e a dupla de ataque. Ele ta doidão com o time dele e a torcida ta doidona com ele. O treinador comandou um treino com seis novidades na formação titular: o lateral-direito Alan, os zagueiros MIltão e Teco, os atacantes Acosta e Djavan e o versátil Elivelto na lateral-esquerda.

    Ta aí uma coisa que nós poderemos nos aproveitar. Mudar 6 peças de um jogo para o outro é muito arriscado, para não dizer que ta faltando um parafuso na cabeça do Fucks. A formação titular foi essa que treinou no coletivo de ontem: A formação principal começou com: Welder; Alan, Miltão, Teco e Elivelto; Deda, Ruy, Ferrugem e Fabiano Gadelha; Djavan e Acosta.
    Arena Lotada! Vamo Moçada!

    ResponderExcluir
  12. Volto ao tema da arbitragem.

    Ontem assisti ao jogo Cruzeiro x São Paulo. Nosso conhecido Bezerrinha (difícil não fazer piada com a progenitora, e as fiz até para a avó, já que xinguei muito o pai dele, conhecido ladrão de times de Joinville, décadas atrás) teve sua incompetência desmascarada pela presença do arsenal de imagens da globo. Até acho que não foi tão mal assim, mas o pênalti que deu manchou sua atuação. Da mesma forma, a presença das câmeras rendeu votos de louvor ao predestinado Erich Bandeira e à bela Nadine. Sobre o pênalti, vibrei quando o Fábio pegou. Atacante imbecil, que deixou de fazer um gol certo pra se jogar e cavar o pênalti.

    Será que os árbitros são mais cuidadosos quando sabem que o que fizerem vai ser mostrado e comentado?

    Esse é um tema a que tenho me dedicado há algumas versões dos estaduais e que acho que deve ser tratado com mais seriedade.

    Para exemplificar, tomemos o eleito da RBS, também conhecido como saco de pancadas da elite do futebol brasileiro. No campeonato do ano passado o azulado (atualmente borrado) time da ilha teve, como soe acontecer, diversas ajudas da arbitragem. As imagens das situações em que isso aconteceu nunca foram mostradas com detalhes. Já quando o prejudicado foi o protegido, até imagem de satélite aparece.

    Vamos a alguns exemplos. No jogo final do primeiro turno 2010, aquele em que o Ricardinho marcou faltando 3 segundos para o fim. Teve um pênalti escandaloso no Lima no primeiro tempo, convenientemente não marcado pelo árbitro campeão de 2003, batizado José Acácio. A única imagem mostrada foi de longe, com a câmera colocada nas arquibancadas cobertas. No segundo tempo, com os bananas de pijamas quase com a mão na taça, houve pênalti no Medina, também não marcado porque o Zé achava que não iria precisar, e apareceu um festival de imagens, provando que o Avaí foi prejudicado.

    Na final do campeonato (3 a 1 para eles na Arena) um jogador do Avaí (Robinho, se não me falha a memória) recebe pela direita em impedimento, voltando da cobrança de escanteio. Cruza e gol deles. Todas as imagens mostradas são do cruzamento para diante. O momento em que recebe impedido sumiu do mapa. Como também sumiram imagens mais próximas do pênalti que resultou no 3º gol, em que claramente o jogador do JEC toca antes a bola, colocando para escanteio.

    Nestes casos, as câmeras estavam lá, mas as imagens mostradas foram só as que interessavam. Como a emissora local do grupo está alinhada como a central, querendo que o JEC se ferre para poder continuar a política de enaltecimento exclusivo de dois times, quem poderia mostrar não mostra. Outro caso foi a de um gol do Imbituba contra os mesmo azuis, marcado por um jogador impedido. Não dá pra acreditar no número de câmeras que havia no portentoso estádio Estádio Emília Mendes Rodrigues. Para provar que a arbitragem errou, mostrarm o lance dos mais deversos ângulos. Eu achava que nem caberiam tantas câmera lá. E tome malhação da imprensa. (continua)...

    ResponderExcluir
  13. O que quero dizer com isso? Que a arbitragem é MUITO MAIS CUIDADOSA quando sabe que há registro competente das imagens. Quando ninguém está registrando, podem pintar e bordar. Além disso, vão tomar muito mais cuidado quando souberem que em rádios, jornais, TV, internet vai haver gente malhando. Nossa "imprensa esportiva de Joinville" (entre aspas mesmo), quase não comenta arbitragens. Os homens pintam e bordam em cima do JEC e só aparece alguma coisa quando a coisa ultrapassa os limites mais altos, caso do famoso Dadá_vaiano naqueles 3 a 0 na Arena. Nem o que ele fez esse ano na Ressacola foi alvo de críticas condizentes com o que aprontou.

    Em resumo, nos jogos do Joinville, o árbitro faz o que quer, porque sabe que se as imagens forem registradas, vão favorecer o adversário. As emissoras locais não têm qualidade para um registro mais cuidadoso. A única que tem não está nem aí para o JEC. Ao contrário, delicia-se com a derrocada do clube e fica na moita quando este está num bom momento. Basta ver que coberturazinha xinfrim fizeram do jogo em Chapecó.

    Aí faço uma sugestão. Que tal todo mundo que filma os jogos de JEC se juntar e fazer um pool de imagens que poderá ser usado por todos? Desta forma teríamos câmeras distribuídas por vários pontos do estádio (Arena ou fora), podendo mostrar os lances polêmicos de diversos ângulos. Quantas câmeras poderíamos ter? Não tenham dúvida de que o pessoalzinho que vem disposto a aprontar vai pensar duas vezes. Do jeito que é hoje, fazem o que querem.

    Lembrei disso relendo o comentário do Silvio R., em que cita que o árbitro de domingo é de série A e não iria macular sua carreira com uma má atuação na série C. Ele só vai levar isso em conta se souber que as imagens aparecerão. Se for como sempre é, o risco que ele corre é pequeno.

    Quem filma os jogos do JEC? Ao que sei, Portal Joinville, SOUJEC e Juca Miguel. Alguém sabe de mais? Seria tecnicamente viável um "pool de câmeras"? É muito caro? Quem pode levar a idéia adiante? Haveria patrocínio?

    ARENA LOTADA!!!
    LIMATADOR VOLTANDO!!!
    VAMOS SUBIR, JEC!!!

    ResponderExcluir