NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

15 de set de 2011

OS GOLS QUE O JEC SOFREU. COMO DISSE ARTUR, PREOCUPAM - MAS ACHO QUE NÃO TANTO ASSIM!

Percebi nos comentários ao último post, que o assunto de ser o JEC um time que seria competitivo na Série B e que por isso deve ir para lá, gerou alguma preocupação nos leitores do blog, talvez temendo um salto alto, um oba-oba, uma euforia em momento inoportuno, e entendo que a superstição - eu as tenho - também faz parte do futebol, e por isso muitos acharam prudente (e eu concordo) não contar com a vitória (ou o acesso) antes que se concretize.

Tira essa porra dessa bola daí!!
Resolvi então baixar um pouco a fervura, botar os pés no chão, e falar de um probleminha que atinge nosso time, embora eu também preze no futebol a alegria momentânea, ou seja, sonhar AGORA com esse time na B, aproveitar AGORA a boa campanha, porque qualquer time de futebol, no frigir dos ovos, mais perde títulos do que ganha, dá mais motivos de preocupação do que motivos de euforia, e por isso aproveitar o momento, malgrado lá na frente alguma coisa possa dar errado, também deve fazer parte do cotidiano do torcedor.

Mas encaro o problema: tomamos muitos gols! O Brasiliense, por exemplo, só sofreu 3 gols em 7 jogos. O Ipatinga sofreu 8 gols em 8 jogos; a bugrada tomou 7 em 7 jogos (e 4 desses contra nós), e o glorioso TRICOLOR tomou 11 gols em 8 jogos).
Tirando a derrota contra o Caxias - uma má jornada, sem dúvida - o quadro não é tão feio como parece, basta analisar com cuidado para ver que temos um probleminha, com disse, e não o apocalipse que se alardeia por aí - mas temos que estar atentos. "É preciso estar atento e forte!"

Recapitulemos, então, os gols sofridos pelo JEC.
Brasil 1 x1 JEC - gol de falta da intermediária, que desviou na barreira e enganou Ivan.
JEC 2 x 1 Chape - gol de bola rolando em jogada pela direita de nossa defesa, cruzamento e gol de Neilson.
Caxias 2 x 2 JEC - gol de escanteio de Márcio Hahn e gol de falta de Têti, frontal à área.
Santo André 1 X 1 JEC - jogada de contra-ataque, pela direita de nossa defesa, saída equivocada de Ivan, e bola alçada para a área.
JEC 2 x 4 Caxias - gol de falta de Itaqui, da intermediária, frontal à área. Jogada pela esquerda de nossa defesa, com o anão cruzando para o Têti; gol pós cobrança de escanteio, em vacilo coletivo da zaga; pênalti sofrido após passe errado de Eduardo, que cometeu o pênalti.
JEC 5 X 2 Brasil. Gol de cobrança de falta lançada na área, em desvio de Athos, em falha de marcação assumida pelo próprio Bruno Rangel no programa Esporte Verdade; gol de contra-ataque em jogada pela direita de nossa defesa, quando Eduardo se mandara para o ataque e se encontrava, no momento do início do lance, lá na meia-esquerda.


Então, três gols foram de cobranças diretas de falta da nossa intermediária. Esse é um probleminha para o qual venho chamando a atenção há algum tempo. Deve-se evitar faltas bobas nas imediações da grande área. É sempre uma chance de gol evitável. Some-se a estes três gols diretos, o gol sofrido contra o Caxias, em que a bola foi alçada para a área no primeiro pau.


Dois gols de escanteio, uma naquela cagada do Márcio Hahn, e outro numa falha coletiva horrorosa contra o Caxias aqui na Arena.
E um de pênalti, que não considerarei bola parada e não entra nestas (minhas) estatísticas, a meu ver, porque o que houve foi um time já desorganizado buscando o empate, e com passe errado de Eduardo que o levou a cometer o pênalti, como assinalei.

Então, urge com a bola parada, acertar o posicionamento e aumentar a concentração e atenção na hora do lance - e principalmente evitar faltas bobas (parece que com Glaydson isso pode melhorar). Com a bola rolando, me parece que o maior problema é o posicionamento defensivo do Eduardo, algo que parece um pouco mais difícil de corrigir, dada a vocação ofensiva de nosso lateral. Acho que é por aí, mas quem sabe mesmo das coisas (ou seja, na Real...), nosso treinador, é que tem de se virar para arrumar a cozinha.

Sigam nossos zagueiros, portanto, o conselho de Jorge Ben: "Arrepia zagueiro/Zagueiro/Limpa a área zagueiro/.../Quando tiver perigo com a bola no chão/Pensar rápido e rasteiro/ Ou sai jogando ou joga bola pro mato/ Pois o jogo é de campeonato...".
E junto já dá pra ouvir "Umbabaraúma, ponta-de-lança africano", em homenagem ao Capixaba, Rangel, e ao Lima. VAMOS, PORRA! AVANTE, JEC!

25 comentários:

  1. Sandrão - JOINVILLE15 de setembro de 2011 17:47

    http://www.futebolinterior.com.br/clube/ipatinga-mg/194642+Serie_C_Preparo_fisico_e_um_dos_segredos_do_sucesso_do_Ipatinga

    ResponderExcluir
  2. Olha gente sinceramente eu fiquei com pena da xavantada. Pelo que acompanhei nos blogs e jornais daquela região, eles tem uma torcida estilo a nossa (fanáticos e cansados de levar páu).
    Porém achei justo a punição se existe um regulamento o mesmo tem que ser cumprido. Portanto não seria justo com os outros 4 times da chave se o Brasil RS fosse inocentado.

    ResponderExcluir
  3. Jequeano, concordo com você que os gols tomados preocupam, mas não tanto, afinal todos os times tomam gols, e geralmente eles acontecem por falhas na defesa. Enquanto estiver fazendo mais que tomando tá excelente. O importante são os 3 pontos!
    Mas assim, realmente a vocação ofensiva do Eduardo às vezes nos deixa defasados no lado direito da defesa, mas seria que o cara que entende na REAL das coisas estaria acertando se o trocasse por um jogador que jogaria improvisado ali, ou seja, não na sua REAL posição? Hehehehehe
    Ainda bem que é ele quem manda no time, pois nessa situação aí não saberia o que fazer não...
    Abraço, e saudações!

    ResponderExcluir
  4. O que me procupa não é a quantidade de gols mas sim a forma com que os mesmos foram tomados.
    No jogo contra o caxias se não me falha a memória tomamos eu acho que 5 ou 6 contra ataques que resultaram em 4 gosl.
    No jogo contra o Brasil RS em 90 minutos de jogo tomamos 3 contra ataques que resultaram em 2 gols.
    Na minha opinião o time do Jec da muito espaço para os adversários tocarem a bola. Acho que deveriam antecipar um pouquinho mais a Marcação. o résto ta tudo certinho.

    ResponderExcluir
  5. Ahhhh, o Icatinga é o tigre de Minas. hahahaha Tão fudido!! Tigre não se dá bem com o Jec!!!!

    Bem feito pro Brasil de Pelotas. Agora vai surgir a nova tribo Xavauara ou Manauvante hauahahahaha
    Vai lá chorar com eles Sérgio!

    Fabrício, eu já disse: vamos subir juntos. (TchÊÊÊ!!!)
    Mas é bom ganharem dos outros dois, por que sabe né?! o Jec entra nessa fase com 6 pontos já.
    Vitória aqui e lá em Chapecó é padrão. hehehehe

    Abraço, rapeize!

    ResponderExcluir
  6. Leonardo, acho que não damos espaço para os outros times. Eles fizeram esses gols em falhas, mas é que souberam aproveitar as poucas chances que demos à eles.
    Acho o time do Jec que melhor marca nos últimos tempos.
    É só ver que os outros times não conseguem sair jogando por que já recebem marcação lá no seu campo de defesa.

    E tenho dito. hehe

    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Sandrão - JOINVILLE16 de setembro de 2011 09:05

    JEC é líder !!!!!!!!!!

    Pelo menos no É GOL.. rsrsrs

    http://www.soujec.com.br/2011/09/lider-no-ranking-do-e-gool/

    ResponderExcluir
  8. Fiquei famoso aqui no blog mesmo quando nao comento lembram de mim; o unico catarinense por enquanto mais certo na serie B é o Avai,mas se a Chapecoense jogar o que jogou contra vcs aqui, pode marcar os seis pontos mesmo, mas o problema é que se o Jec jogar o que jogou aqui, vai fazer so os seis pontos tambem;
    Ab Fabricio

    ResponderExcluir
  9. Mario L. Nascimento16 de setembro de 2011 10:25

    Fabricio,

    você merece a fama. Seus comentários são sensatos e não ofendem ninguém. As brincadeiras entre todos aqui são saudáveis e constroem um ambiente legal entre rivais - jamais inimigos!.

    Mas você ainda precisa percorrer um longo caminho até se igualar ao maior ídolo "alienígena" do blog, o grande Sérgio Manauara. Esse é persistente. Faz quase um ano que o Ameriquinha foi devidamente despachado da série D e ele continua dando seus pitacos. Estou até estranhando ele não ter se manifestado sobre a queda do Brasil de Pelotas, também via incompetência administrativa.

    ResponderExcluir
  10. Também acho que sobem os dois catarinenses. O Catinga e o Brasiliense tremerão diante da dupla catarinense. Ano que vem teremos 4 clubes de SC na série B.

    Urgente: Juventus não paga algumas taxas e é declarado perdedor por 3 a 0 nos próximos 4 jogos, um deles contra o Caxias. Ou seja: Caxias perdeu a virgindade na segundona e ganhou uma. Milaaaaagreeeee kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Emerson, isso se chama varzea, é time que nao tem estadio, é outro que nao paga taxa, outro joga no Parana, e ainda querem fazer catarinense com 12 times; o pior de tudo é que existe a terceira divisao;
    Mario, apesar das diferenças seria bom os dois subirem, pois mesmo a Chapecoense começando agora a ter uma estrutura de time, queira ou nao tem torcida, mesma coisa voces tem torcida; diferente dos dois la do sudeste;
    Ab Fabricio

    ResponderExcluir
  12. Realmente, catarinão com 12 times não dá. Com 10 já tem umas peladas terríveis, imagine mais dois timecos nessa conta. Tirando os 5 grandes (Avaí, Chapecoense, Criciuma, Figueirense e JEC) e lá de vez em quando um Brusque ou um Metrô, as outras equipes entram no campeonato só para ajudar as equipes que vão brigar pelo título a fazer saldo de gols. Com a "ajuda" que a Federação dá aos clubes é inviável ter 12 participantes.

    ResponderExcluir
  13. Pô, e ainda tem a terceira divisão, é verdade... Pensa no nível do certame!!! kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  14. André, Leonardo, Bocão: se é verdade que tomamos muitos gols, também os estamos fazendo. Mas parece que como eu disse, os gols que sofremos são evitáveis, na sua maioria. De bola rolando só sofremos 4 gols, e destes a maioria em contra-ataques. Ou seja, pode ser que com o Glaydson já acertemos essa marcação e reduzamos os contragolpes. E muitas vezes saímos atrás no placar, por causa de nossas falhas. São coisinhas a acertar.

    Emerson, Fabrício: eu não entendo como se quer doze clubes, mas tem um documento da Associação de Clubes (quem preside essa porra?) pedindo exatamente isso à Federação. Vá entender - se conseguir.
    Quem não tem calendário, até tudo bem, mas times de série A e B - e até da C, concordarem com um campeonato com mais jogos - quase sempre deficitários - é de uma burrice tremenda.

    ResponderExcluir
  15. Mario L. Nascimento16 de setembro de 2011 15:34

    Concordo, Fabricio. Nesta chave os clubes com mais torcida (razão de existir do futebol, afinal de contas) são JEC e Chapecoense. E acho que isso vai acontecer. Acho que o Ipatinga pode complicar, mas o Brasiliense parece não assustar muito. Em todo caso, competição de tiro curto é brabo. Uma derrota pode complicar tudo.

    ResponderExcluir
  16. Mario L. Nascimento16 de setembro de 2011 15:41

    Os acontecimentos nas divisões inferiores da FCF mostram a precariedade dos clubes no estado. Tirando JEC, Criciúma, Figueirense, Avaí e Chapecoense, os outros não conseguem se firmar. Trazer mais dois para aumentar o saldo de gols dos outros não tem sentido.

    E o que dizer de 3 divisões? Um absurdo! Poderíamos ter somente duas. 10 clubes na primeira e quantos quiserem participar na segunda.

    A segunda poderia começar com um filtro regional e classificar 8 clubes para uma fase decisiva de onde sairiam os 2 para o acesso.

    O grande problema é que a nossa federação vê os clubes apenas como fonte de renda. Não lhes dá absolutamente nada e cobra os tubos para qualquer coisa que os clubes precisem. A federação gaúcha paga prêmios para os campeões de divisões inferiores que chegam a viabilizar a participação no campeonato seguinte.

    Clubes à míngua e federação rica. Eis o maior sintoma de que algo muito errado acontece. Mas são os clubes (também as ligas, mas essas também são dirigidas por eleitos pelos clubes) que votam para que os mesmos se mantenham por lá.

    ResponderExcluir
  17. Ao contrario do que comentei antes Brasiliense nao é do sudeste, isso muda tudo hehehe, ano passado com aquela baba de time que nos tinha que acabou rebaixado metemos 3 a 0 neles pela copa do Brasil,jogou o lateral esquerdo improvisado na direita e dois zagueiros canhotos ainda no nosso time, claro que agora os tempos sao outros, mas creio que estes dois times nao sejam melhores que Figueirense e Avai, mas guerra é guerra;
    ab Fabricio

    ResponderExcluir
  18. Mário, Fabrício:
    O único senão em relação ao Brasiliense me foi dito por um conselheiro (não tirei da minha cabeça tal ideia) - vai ter essa porra de copa do mundo, e com o estádio novo, seria bom que houvesse um time da capital na série a, em 2014. É uma preocupaçãozinha a mais. Mas havemos de superá-la, também.
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  19. Sem contar no presidente (nao sei se é o proprio ainda) que tem pouca influencia;
    Fabricio

    ResponderExcluir
  20. O quê, ter medo do time do Luis Estevão? Capaz, sujeito bom caráter. Hahahahaha. Mas só pra garantir vamos pedir pra Polícia Federal acompanhar o jogo deles contra o JEC.
    No mais, tudo OK!

    ResponderExcluir
  21. Vamos mandar uma mala branca pro caxias. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  22. Acho que não adianta, Leonardo. Dificilmente o caxias tira ponto da Chape, mas parece-me indiferente, pois a tabela não tem grandes vantagens para quem ficar em primeiro.
    O Luiz Estevão será ainda bem visto pela cartolagem nacional?
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  23. Se ser sede de copa influenciasse em alguma coisa, já teríamos nos ferrado na disputa contra o América no STJD. Dessa vez temos a grande chance de resolver a parada na bola, não tem influência alguma que atrapalhe a nossa caminhada.

    ResponderExcluir
  24. Eu também não quero crer en las brujas, mas...
    Brasília é mais forte que Manaus, eu acho.
    E eu só repeti o que ouvi. Espero, realmente que não exista nada extracampo, e que dentro dele, ganhemos (porque também tem isso, e principalmente: precisamos ganhar). Ab, St

    ResponderExcluir
  25. Bruxas existem sim: Fortaleza 4 x 0 CRB.

    Mas com bom futebol elas não aguentam.

    Vamos, JEC.

    ResponderExcluir