NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

18 de mar de 2013

JEC X FIGUEIRENSE: EMPATE, DEMISSÃO E LITTLE ARTUR IS BACK!

O JOGO:
A 1 minuto Marcelo Costa acertou belo chute, quase abrindo o placar. Aos 6', num passe errado do volante do Figueira, Matheus Carvalho recebeu, avançou e chutou cruzado para abrir o placar. O JEC continuava a mandar no jogo, teve mais uma chance clara aos 22'. 
O Figueirense começou a acordar para o jogo, pressionar nossa saída de bola, ficamos com pouco jogo na meiúca, com os volantes pressionados. Aos 24 não tomamos um gol por sorte, numa falha medonha de passe do Augusto Recife (que para mim não vem jogando grande coisa, tá mais no nome), mas fomos melhores na primeira etapa, tivemos chance de fazer um placar elástico (Matheus, Kim e Pará tiveram grandes chances, Arthur Maia bateu umas duas faltas perigosas), embora não tenhamos passado da vitória mínima.
Parecia que Artur Neto encontrara um time. Porém, no segundo tempo, a famosa "bagunça generalizada" de nosso time, pressão forte do adversário, dois gols incríveis perdidos pelo Figueira (e um pelo JEC, com Matheus Carvalho). Até que, finalmente, gol do melhor time do Estreito. Empate - previsível - aos 34', depois de ter chamado o time deles pra cima, não ter conseguido encaixar os contra-ataques. Dois pontos perdidos, apenas um ponto no returno, tal como nos dois primeiros jogos do turno.
Não estaria o time mostrando: olha professor, nós sabemos jogar assim - bem, no primeiro tempo; mas também assim - uma merda no segundo, quando tu nos manda recuar? Suposições, suposições...

A COLETIVA E NADA COMO UM DIA APÓS O OUTRO:
Aí acabou o jogo. 11 jogos no campeonato, 15 pontos conquistados (desempenho pífio, digno de Giba, Milioli, Leandro Machado), e Artur Neto vai pra coletiva, toma satisfação do Marinho Borba após este ter mencionado que o técnico mandara o time jogar retrancado; disse que não houve qualquer "acordo de cavalheiros" com a imprensa sobre quando ele ia falar antes dos jogos, ao ser perguntado pelo Fronzi; mencionou o Juliano Schmidt como o único representante da mídia esportiva presente na Arena depois do último treino, ainda que esse tivesse chegado atrasado (botou na cola de todos, que não teriam feito bem o seu trabalho). 
Disse que estava seguro no cargo porque tinha cláusula contratual (multa pela demissão) que o assegurava, que não tinha atrito nenhum com o elenco, com a exceção do Lima - cujo nome ele sequer pronunciou. 
Brigado com a torcida (pelos maus resultados), afrontando a imprensa, estremecido com alguns dos ídolos da galera - eis um resumo da situação de Neto Fagundes no domingo, lá pelas 19h. Ainda assim, a entrevista foi de uma autossuficiência que assombrava. Apoio de quem ele ainda tinha pra ser tão "macho"?
Pois bem. Nesta segunda-feira pela manhã a empáfia foi embora, conquanto provavelmente com algum bom dinheirinho no bolso, demitida pela Diretoria (que demorou pra chamar a situação para si e resolvê-la). Eis um defunto. Nunca mais se ouse falar em chamar Artur Neto pra qualquer coisa no JEC. Em 2000 e 2001 foi ótimo, mas convenhamos que já se passaram 13 anos. 

I'LL BE BACK!
Agora, às 14h, a novidade nem tão nova: Little Artur is back. Não há qualquer dúvida que nos últimos (muitos anos), o melhor futebol que vimos o Joinville mostrar foi sob o comando de Arturzinho. Leandro Campos, apesar dos hábitos retranqueiros - mas pelo menos fazia uma retranca - também fez o JEC jogar um futebol muito bom no primeiro turno da Série B. 
Voltaremos a encontrar aquele futebol insinuante do segundo semestre de 2011? 
Todos torcemos para que seja uma daquelas novelas que "vale a pena ver de novo", o que sabemos pela experiência finda ontem, nem sempre acontece. 
Quando de sua demissão, muito se disse à boca miúda que o baixinho tinha perdido o apoio do grupo, que ele quis entrar no rachuncho da premiação da Série C desagradando os jogadores, enfim, que havia uma série de problemas que não apenas o financeiro para sua saída, então muito contestada pela torcida. Ora, nunca se saberá efetivamente - ao menos das fontes oficiais - se tudo que se disse era verdadeiro ou apenas uma manjada justificativa pra demitir, dizendo que o problema (sempre) é o outro. 
Oxalá que realmente tais questões, se as houve, tenham ficado pra trás, e que Arturzinho volte na mesma tocada que tinha quando aqui esteve: treinos intensos e bem dados, jogos intensos, explicações claras e razoáveis sobre os problemas que detectava na equipe, uma equipe ofensiva sem descuidar da defesa. Enfim, o JEC que todos queremos. 
A ação da diretoria demorou, mas parece ter sido acertada. 
Não se pode negar ao Nereu que suas duas primeiras contratações para técnico do Tricolor  foram os dois "sonhos" da torcida. A primeira deu chabu. A segunda, assim desejamos, será um grande sucesso. AVANTE, JEC!

8 comentários:

  1. Sorte ao Arthurzinho pois competência ele tem de sobra...esquecer o inicio ruim que estamos tendo e arrumar a equipe para o restante da temporada é o que precisamos neste momento.

    Abraços tricolores

    ResponderExcluir
  2. Minhas preces e de toda a torcida tricolor foram atendidas. O AN foi para o quintos dos infernos. Um já voltou, agora é natural a volta do outro, nosso matador Lima. Gostem ou não, o cara vem com o maior tesão, vai dar o sangue. Com o mala afastado, as coisas voltam ao normal. Boleiro é assim, não adianta querer aparecer mais do que eles. Mas pode não dar certo o retorno do Aturzinho!! Foda-se, pelo menos nosso presidente deixou as vaidades de lado e repatriou quem deu certo nos últimos tempos. Parabéns diretoria,estamos ao seu lado, der no que der. E não vejo a hora do baixinho imprimir nesse elenco suas digitais, marcação, rodízio dos jogadores pelo gramado todo, criação, toque de bola envolvente e, claro, ataque eficiente. E nós temos todos os materias em casa, é só ajustar e ir para o abraço. Obrigado Nereu, valeu mesmo!! Ahauhú, Lima é matador!! Abraço aos amigos de (o) Joinville, Wanderlei Fodi, de Curitiba

    ResponderExcluir
  3. Enfim o que toda (ou a maioria) da torcida queria...o Arthurzinho voltou.....mesmo que alguns pensem que somos suas "viúvas"...rsrs

    Lembro que ouvi tempos atrás o Nereu afimar em entrevista que enquanto ele fosse o presidente do JEC, o Arthurzinho não voltava e inclusive que haviam alguns jogadores que naquela época foram até sua sala e disseram: "Ou ele ou nós"...isto por questões de rateio de bicho, etc...

    Ótimo que o Nereu pensou no JEC em primeiro lugar...

    Só pelo amor de Deus, que desta vez alguém chegue no Sr. Lima e avise que agora deu pra bola....só jogue futebol que isto ele sabe muito, mas realmente jogue e fique pianinho, pois caso contrário deveria ser o próximo a vazar....

    Vamos agora todos, todos mesmos, seja nós torcedores, imprensa, comissão técnica, e principalmente jogadores, pensar somente em resultados dentro de campo....

    Precisamos colocar este "trem" novamente nos trilhos...

    Grande abraço e rumo ao título catarinense de 2013

    OBS: Fabricio, fica esperto que estamos respirando por aparelhos mas ainda vivos...e acredito que nossa cura chega amanhã....rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tamo ligado, mas tava bem o Artur Neto, sacanagem, ele tinha ate contrato.

      Ab Fabricio

      Excluir
  4. Olá, amigos tricolores!

    A meu ver, temos um plantel melhor que o de 2011, apesar de as exigências também terem aumentado. Vamos ver também como o JEC vai se portar sem o Eduardo infernizando os times adversários pelo lado direito. Sem dúvida é uma grande perda.
    Enfim, vai ser uma experiência interessante. O drama que sofremos atualmente é se apequenar fora de casa, mesmo contra medíocres como Camboriú e Juve. Sob o comando de Arturzinho em 2011, foram 11 jogos fora de casa e NENHUMA derrota. Se ele repetir essa façanha, estamos bem encaminhados, porque na ARENA não tem para ninguém.

    ResponderExcluir
  5. Pelo menos o Arthurzinho vem com respaldo e apoio da imprensa, torcida e espero dos jogadores. O Nereu como um mestre deu um xeque mate em todos e tirou de cima dele o holofote. Como rescaldo de tudo isto a resolver o caso 'Lima". Esperemos que o Arthurzinho consiga repetir a façanha da série "C"e nos leve para "A". Se vier o estadual é lucro.

    ResponderExcluir
  6. Eu fui o primeiro a escrever que o boneco assassino voltaria....Viu, seu burru da zero pra ele...kkkk.....
    Vamos ver o que acontece....
    Abraço RAFAEL

    ResponderExcluir
  7. Como diria o próprio Arturzinho:
    "Papai do céu vai nos ajudar a conseguir a ANNNNSCENÇÃO"!!

    ST Bino

    ResponderExcluir