NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

2 de ago de 2012

AMÉRICA 0X2 JEC: O PROFETA DO ACONTECIDO.

O profeta é burro! Já me dizia meu amigo Alexandre, que o profeta é adivinho, e por isso, embora ela saiba de alguma coisa, ele sabe apenas por uma revelação, e não porque realmente entenda das coisas. 
E por isso, porque sou profeta, não há nada de extraordinário no que direi; confesso que pensei em dizer o que segue antes do jogo de terça, mas não o fiz. Logo, o que escreverei é "adivinhar sobre o passado". Sou um profeta do acontecido.
Eis a revelação, quase uma confissão: nessa última semana sem jogo comecei a pensar (coisa rara), e cheguei a uma conclusão não-definitiva: é possível, embora seja improvável, que LC entenda um pouco -muito pouco - mais de futebol do que eu. 
O bigode deve ter chegado aqui no JEC e pensado: esse time, há anos perdendo, eu tenho que evitar, a qualquer custo, o rebaixamento, e impedir que essa fase recente e crescente do clube acabe de repente. "Vou me segurar pra não chegar na décima rodada fodido, na zona do rebaixamento". E meteu o time lá atrás, pra ter alguma segurança. Deu certo, ficamos ali pelo meio da tabela - onde ainda estamos, é bom dizer.
Aí, de leve, ele começou a dar sinais de que tava começando a mudar suas pretensões. Tentou vencer o São Caetano e até merecia. Tentou vencer o CRB, e conseguia, até a pane do time. E terça-feira, pela terceira vez seguida fora de casa, tentou vencer e - surpresa - venceu, em mais um bom jogo do Joinville
Após um primeiro tempo com alguns sustos, Marcinho entrou na segunda etapa, fez ótima partida, e mudamos o jogo. Lima, um minuto depois de perder um gol feito, abriu o placar, e pasmem, Jean Carlos marcou, no apagar das luzes, para decretar a vitória do JEC, fora de casa, sobre o terceiro colocado do campeonato.
Parece que não é só a torcida que acredita, LC começa a achar que podemos mais. 


Nessa seqüência de jogos difíceis, contra os ponteiros do campeonato, já vencemos dois times que estão dentro da zona de acesso. Agora vem o Criciúma, nosso freguês, mas que tá numa fase iluminada. O que o Tigre já fez de gols no último minuto, virou jogos espetaculares, meteu goleadas improváveis fora de casa, etc., não tá no gibi, mas, não há bem que sempre dure, não há mal que não se acabe. 
Esta semana começaram tumultos no Tigre, o que até então não se via por lá. Primeiro, lançaram um chororô em nota oficial contra "assédio" de outros clubes por jogadores - nós passamos dessa fase de ficar reclamando porque alguém (que não digo o nome) queria o Eduardo ou o Lima; depois, o Zé Carlos (um baita atacante, diga-se), que já fez 16 gols, conseguiu cavar uma suspensão para o VERDADEIRO clássico catarinense e não nos incomodará no sábado. E não fosse isso, resolveu tumultuar o ambiente, fazendo um pedido de aumento de apenas 80% (quer passar de 50 para 90 merréis por mês). 
Jardel sentenciou: clássico é clássico; e vice-versa.
Sábado, então, é o jogaço, imperdível. Estreia do bandeirão, fogos de artifício, combate contra o líder da Série B no VERDADEIRO clássico catarinense (os dois maiores campeões catarinenses desde o surgimento do JEC), dois times embalados e que vêm jogando bem. Você não pode estar em outro lugar  no sábado à tarde. Ir à Arena é obrigação, para respaldar o time que vem fazendo belíssima campanha e que precisa de seu apoio. Temos tudo para conquistar uma vitória, fazer um grande público, e com alguma sorte, quem sabe, chegar ao terceiro posto na tabela.AVANTE, JEC!


Ficha técnica: América-MG 0 x 2 JEC, 31.07.2012, Estádio Independência

América-MG: Neneca; Boiadeiro, Gabriel, Vinicius Simon e Pará (Brian); Dudu, Agenor (Romão), Gilberto e Rodrigo Pimpão; Alessandro e Fabio Junior (Sebastian). T: Givanildo.
JEC: Ivan; Eduardo, Pedro Paulo, Maurício e Tarcísio; Leandro Carvalho, Glaydson, Ricardinho e Tiago Real (William); Adaílton (Marcinho) e Lima (Jean Carlos). T. Leandro Campos
Gols: Lima aos 19’ e Jean Carlos aos 47’ do 2º T.

18 comentários:

  1. Alexandre B Sgrott2 de agosto de 2012 12:30

    Pensamentos do Leandro Campos após o jogo:

    "...chupa corneteiro!!!..."
    "...deixa o homem trabalhar..."

    ResponderExcluir
  2. No sábado, todos os caminhos levam a Arena de todos os Joinvillenses e de todo o pessoal da região.
    Alguém sabe se a RBS vai transmitir o jogo para o restante do Estado?
    Vamos brigar para subir Tricolor!
    Abraços a todos do blog.

    ResponderExcluir
  3. Sandrão - JOINVILLE2 de agosto de 2012 14:36

    O momento é bom... e devemos ser otimistas. Mas o jogo será muito difícil com certeza.

    É SÁBADO... É JEC PORRRRAAAAAAAAAA !!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Grande comentário Jequeano.
    Com certeza já cornetamos muitas vezes o LC.
    Mas temos que admitir que o cara tá fazendo um bom trabalho.
    Claro que sempre queremos o melhor. O PLUS A MAIS como escutei essa semana (ahahahahha).
    Mas vamos com calma pois o homem tá trabalhando bem.

    E sabado, todo os caminhos levam a arena.

    ResponderExcluir
  5. Bocão, chega cedo pra pagar uma gelada! hehehehehhe, sábado 13:30 estarei na frente do chawarma, tomando todas... Eu e o cachaça!

    JEC!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar que levarei um barril de Opa só pra ti!

      Excluir
    2. kkkkkk, to brincando!
      Mais chega cedo pra tomar uma!

      Excluir
  6. Edson Párana; fpolis (vão pro inferno manezada do caralho)2 de agosto de 2012 21:18

    Ae TRICOLOR Cristiano, o tremendo jogo não sei se sera transmitido para todo o restante do estado! Como não poderei estar na MANCHESTER TRICOLOR CATARINENSE, aqui na ilha perdida (no mar) assistirei via a rbs (REDE de BICHAS SARNENTAS). JEC RUMO A + UMA VITÓRIA MAIUSCULA. ST.

    ResponderExcluir
  7. Grande Edson Párana, obrigado pela informação.
    Ferra com essa mazezada, da dita catipal. Brócolis na B e Avaibis na C.
    Só hoje ja forma vendidos mais de 500 ingressos, vai socar a Arena
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Com os pés no chão JEC.
    Vai ser um jogo muito difícil, Mas temos plenas condições de vencer. Tomara que esse sentimento de já ganhou não baixe sobre os jogadores, lembrem-se do jogo contra o CRB.

    ResponderExcluir
  9. Jequiano, quando você escreveu,(os dois maiores campeões catarinenses desde o surgimento do JEC) acho que cabe uma retificação. Melhor ficaria se escrevesse, ((os dois maiores campeões catarinenses desde que o futebol é jogado com chuteira), campeonato contra Esternato, Internato, Madre Paulina, governador Celso Ramos isso pra mim não conta é o mesmo que contabilizar os títulos do américa na primeirona.
    Até o ano de 1927 as disputas foram apenas entre os clubes de Florianópolis. De 1924 a 1927 3 títulos do Avai, ganhou um do Trabalhista e conseguiu perder um para o Esternato é brincadeira.
    O figueira ganhou dois títulos em cima do IRIS e em 90anos Avai e Figueirense decidiram incríveis 4 vezes o compeonato. Que baita clássico.
    Joinville e Criciuma decidiram 6 vezes em 36 anos, isso que o JEC nos ultimos 20anos ganhou apenas dois.
    A RBS vai ter trabalho para polarizar o futebol em Florianopolis.

    ResponderExcluir
  10. Sandrão - JOINVILLE3 de agosto de 2012 13:52

    O país inteiro vai estar de olho nesse jogaço da série B! É clássico estadual; há uma rivalidade natural; o cricri é o atual líder isolado da série B; o JEC vive um ótimo momento vindo de 2 vitórias sobre 2 concorrentes diretos no G4...

    ... além de que, o mercado da bola está inflacionado e os clubes de série A que pretendem reforços certamente estão de olho nos clubes que se destacam na série B.

    Certeza de um grande jogo!

    Nós temos que fazer a nossa parte... lotando a Arena e empurrando o time o tempo todo pra cima das tigresas.

    Temos que botar uma pressão filha da puta nesse jogo! Aplaudir o tempo todo, jogar junto mesmo!!! Com ou sem fogos... com ou sem bandeirão!

    Temos que fazer a festa mais linda dessa série B!!!

    AQUI NÃO TIGRESAS DO SUL... AQUI É JEC PORRRRAAAAAAAAA!!!!

    ResponderExcluir
  11. Jean, estás coberto de razão. Só para te dar um exemplo: em 1942 - segundo o site rsssf, que me foi indicado pelo Mário Nascimento - o América de Joinville perdeu a final pro avaíbis por WO, porque quatro de nossos jogadores estavam de sobreaviso no então 13º BC, por causa da segunda guerra, e não puderam comparecer pra jogar a final. Nós (o América, na verdade), aqui, preocupados com a guerra, e os caras achando que ganharam um título. É brincadeira! Isso que a maioria dos campeonatos deles tinha 4 ou 5 times na disputa. Deixa pra lá.

    Edson: pau no cu da RBS!

    A ansiedade pro jogo aumenta. LC faz mistério (quem será o goleiro? Eu apostaria no Jair, mais experiente). Criciúma também com desfalques.

    Vi num blog do Criciúma, que a própria torcida acha que o Comelli armou uma marcação frouxa. Se lembrarmos que ele era o técnico do CRB na final do ano passado, podemos até acreditar nisso, e apostar que teremos espaço para jogar.

    Até amanhã, em frente ao chawarma antes do jogo e na ARena.

    Ab, ST

    ResponderExcluir
  12. Amanhã.....JEC 3 x 0 Carvão&Cia

    ResponderExcluir
  13. Sandrão - JOINVILLE3 de agosto de 2012 16:42

    Dizem que as tocas do coelho estão bombando na venda de ingressos!!!!!!!!

    Amanhã mostramos ao Brasil inteiro que esse time do criciúma não é imbatível !!!!

    JEC 3 x 0 Tigresas Carvoeiras

    ResponderExcluir
  14. Que domingo feliz, acordei hoje com um sentimento de vitória. Ai me lembrei que ontem sapecamos o cricri e, mais uma vez, derrubamos sua invencibilidade....hahaha! Nosso esterno freguês.
    Que partidaça do Lima, esta cada vez melhor, até o Carlos Aberto jogou muito. Por causa do cagalhão do Atl. Paran. não entramos no G4, mas é questão de tempo para que isso aconteça.
    Abraços de um Tricolor muito feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mario L. Nascimento6 de agosto de 2012 10:55

      O Leandro Campos disse ontem a mais clara das verdades: entrar no G4 agora é bom, mas não significa muita coisa. A hora de estar no G4 é ao final da 38ª rodada.

      E o time vai, aos poucos, mostrando que a estratégia do LC não estava errada. Apesar dos tropeços o time vai mostrando mais e mais consistência e já podemos acreditar na estabilidade dos resultados até agora, fazendo boas projeções para frente.

      O aproveitamento em casa é de 79,2% e fora 38,1%. Supondo que o rendimento do JEC nos jogos restantes caia para 75% em casa e que mantenha os 38% fora, chegaria a algo entre 64 e 66 pontos, que devem ser suficientes para o acesso à série A 2013.

      Um outro dado muito significativo. Deixando de lado os jogos atípicos (ATL-PR e CRB), em 13 jogos o JEC marcou 22 gols e sofreu apenas 6. Uma marca excelente! Mesmo levando em conta aqueles dois jogos, o JEC tem o 3º melhor ataque, a 2ª melhor defesa e o 2º melhor saldo de gols.

      Excluir
  15. Mario L. Nascimento6 de agosto de 2012 10:29

    Jean e Jequeano,

    sobre os títulos da pré-história do futebol catarinense, é marcante a II Guerra Mundial. Além do título ganho sem jogar (há que se reconhecer que o Avaí tinha um timaço na época e poderia ganhar do América), há muitos outros anteriores em que as armações eram tão grandes que as cidades do interior só ficavam sabendo delas muito tempo depois.

    Com a II Guerra Mundial houve um incremento muito grande das comunicações e facilidade de transporte. Assim ficava mais difícil armar para beneficiar os times da capital. Não é por acaso que entre 1947 e 1972 apenas o Paula Ramos levantou o título em 1959. Ainda assim com um julgamento mandraque de um recurso do Caxias que, se desse ganho de causa ao alvinegro da Manchester, provocaria uma final entre os dois clubes.

    Depois disso, com a estratégia do Giuliari de fortalecer o futebol da capital para acelerar a presença de SC no nacional, os times de lá ganharam 4 títulos seguidos, até o surgimento do JEC, voltando à rotina de hegemonia do interior, que perdurou por mais 25 anos.

    Durante boa parte desse tempo a RBS adotou descaradamente dois times de uma só cidade, dando uma banana para o resto do estado - 5 em cada 6 catarinenses. Nesses mais de 20 anos de patrocínio descarado, conseguiram fazer com que esses dois times até chegassem a algum lugar, onde sem o apoio diferencial jamais chegariam.

    Mas, para provar que quem manda no futebol catarinense é mesmo o interior, vai se desenhando novamente a situação que a história sempre mostrou. Pode até não acontecer e sabemos que não será fácil que aconteça. Mas deveria servir de alerta para quem pensa que pode mudar a história com mão de ferro.

    ResponderExcluir