NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

23 de mai de 2011

EU TE DISSE, EU TE DISSE!

Não consigo parar de pensar no desenho animado que fez parte da minha infância, "Carangos e Motocas", em que as motocas (The Chopper Bunch) faziam planos contra Willie, o fusquinha, e o quando plano dava errado, sempre a menor das motocas, de sugestivo nome "Confuso", dizia aos seus comparsas: "Eu te disse! Eu não te disse? - Eu te disse!".

Pois bem, vimos só o que ja sabíamos que seria visto, e piorado ainda, porque Jailton não pode jogar.
O Ramon é um jogador entrado em anos (que chique), deveria ser poupado por agora, jogar só uns 60 minutos por jogo na Copinha, ser substituído para chegar inteiro lá na frente. Nas últimas rodadas do Catarinense ele já não andava bem. Não dá para exigir que ele se mate agora. E ele ainda vai demorar alguns jogos para encontrar seu ritmo, e depois, ele só consegue manter esse ritmo por um período não muito longo.

Tiago Real não funcionou como segundo atacante, ou como um falso-atacante, parece ser jogador de segundo tempo. O Lima se fodeu o jogo inteiro sozinho lá na frente, e convenhamos, não estávamos jogando com o Barça no Camp Nou, mas contra o Concórdia, em casa. Um 4-5-1 não parece o melhor esquema para enfrentar um timeco desses.

Nosso jogo ficou afunilado pelo meio, com raras escapadas do Daniel na primeira etapa pela direita, e com o Gilton, no segundo tempo, pela esquerda. David parece bom, chega mais que Daniel ao ataque, mas só jogou 20 ou 30 minutos. Vamos esperar mais um pouco.
O Gilton, apesar de ter certa culpa no gol dos caras, no segundo tempo saiu melhor para o ataque, e parece que pode ser um jogador um pouco diferente do que foi no Catarinense, quando pouco apoiava. Falei com nosso ex-volante Juari, que disse que chegou a jogar com o Danilo Tarracha, e disse que este é bom jogador, tem seu forte no apoio, mas não é um grande marcador.

Júlio Bastos é um mistério. É um volante comum, joga meio corcunda, e não dar uma seqüência para ver se o Zanutto pode ser sempre aquele jogador que foi contra o Avaí, Imbituba e um outro time, fora de casa, me parece uma teimosia incompreensível.

Quando saímos perdendo o jogo não vi o "evoluído" time do segundo turno, mas parece que vi, por alguma alucinação não-alcóolica (êta proibição de merda), PASMEM, o Leandro Machado mudando o time no primeiro jogo do Catarinão contra o Brusque, botando Aldair e Edinho para virarem o jogo. Tive a impressão de que em vez de evoluirmos, involuímos para a época do Leandro Machado. Só falta no jogo em Brusque o Pantico ou o Marcelo Silva virem de titular!

Aceito a explicação do Giba, de que ele não quis por o Chris porque o jogo estava complicado e ele quer ver o nosso atacante em um joguinho mais mamão-com-açúcar, para não colocá-lo numa roubada, vindo de contusão. O que não sei é se vamos conseguir um joguinho assim "doce" jogando o que jogamos ontem.

Bom, tudo resumido, o jogo foi ruim. Não nos esqueçamos que o Concórdia foi rebaixado no Catarinão. E a mesma desculpa de sempre, de que o adversário veio aqui "retrancado" não pode servir sempre como explicação recorrente para maus resultados em casa.
Ora, o JEC quando vai "retrancado" jogar fora, costuma voltar derrotado. Os outros times, retrancados, vêm aqui e conseguem bons resultados. Que lógica é essa? A retranca só é boa pros outros?

E, digo mais, os caras foram no nosso gol uma vez e abriram o placar. Imaginem um time bonzinho, da Série C, que vier aqui e fizer um a zero. Vão começar a tocar a bola, se defender com mais qualidade, e imaginem as grandes dificuldades que teremos para reverter um placar contra um time melhorzinho, se contra esses mortos de fome já passamos um sufoco. A expulsão do cara do Concórdia, aliás, pra mim foi exagerada.
Pra que serviu o jogo, então? É como no samba enredo da União da Ilha: "como será o amanhã, responda quem puder". ESTRÉIA LOGO, JEC!Ficha técnica: Joinville 1 x 1 Concórdia, Arena, 22.05.11

JEC: Wanderson; Daniel (David), Linno, Renato Santos e Gilton; Mateus, Júlio Bastos (Edinho), Jocinei e Ramon; Tiago Real (Aldair) e Lima. T: Giba.
Concórdia: Segala; Maurício, Charles, Sig e Rodrigo Crasso; Tomaz, Sabará, Rodolfo e Toldi (Rafael); Gazola (William) e Alan (Gustavo). T: Ílton de Almeida.
Gol: Lima, aos 37/2º tempo (Joinville).

24 comentários:

  1. Sandrão - JOINVILLE23 de maio de 2011 16:27

    "Caaaaaaaalaaaaaa essa buzinaaaaaa!!" hahahaha

    O jogo serviu pra provar o que todos nós mais temíamos: as contratações de jogadores de série A e B não ocorreram!

    Ninguém da imprensa está sendo franco e está malhando o pau ainda, só porque dão moral pra dupla Nereu/Márcio; então é melhor ficar no politicamente correto do "vamos aguardar e avaliar os jogadores em campo".

    Mas já já o pau começa a roncar... não tenho dúvidas!

    Normalmente sou otimista... mas todos com quem converso estão extremamente céticos com esse time para a série C.

    É não ficar em 5º no grupo pra pelo menos permanecer na série C. Nosso grupo é o mais forte da competição.

    Oxalá eu esteja enganado!!!!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Jequeano,

    Primeiramente gostaria de parabenizá-lo por este excelente blog, que já se tornou leitura obrigatória para mim.
    Ontem fui ao estádio novamente com uma sensação ruim, de que o time entraria em campo dormindo... Será que foi isso que aconteceu? Gostaria de expor uma opinião minha sobre quem jogou ontem... Será que o Giba não está realmente querendo ver quem NÃO serve para a série C botando o time que vimos ontem? Por que, convenhamos, foi sofrível! Quero acreditar que talvez seja uma "última chance" para alguns. E também espero que os novos contratados não sejam piores dos que estão jogando, porque senão ferrou!
    Hoje posso dizer que logicamente vou continuar torcendo muito para o Joinville subir à Série B, só que eu vi ontem parece credenciar o time para uma luta contra outra divisão. Tomara que eu esteja errado, e tomara que muita coisa melhore, ou que os outros times do nosso grupo no camp. nacional estejam no mesmo nível.
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Pois é povo jequeano, acho que este time que vimos ontem na Arena vai ser mudado, espero eu que sim, e as peças novas deste tabuleiro na cabeça do Giba deem resultado, na verdade eu sabia que o time do Catarinense ja deu pra bola, conforme o Sandrao comentou em postagens anteriores, só falta dinheiro para regularizar e dispensar, será??????.
    E nosso técnico parar de ser medroso, cauteloso ao extremo, que é isso meu povo (to parecendo político, muito povo na cabeça), dentro de casa temos que jogar a la Barcelona(time ruim que dói), pra frente pelos lados do campo, pra que afunilar tanto, é melhor a tabelinha dos lados do campo que no meio(exceções acontecem), fazendo isso podemos ter homens vindo de tras e caixão pro Billy.
    Vamos esperar os proximos dias e cobrar mesmo jogadores bons, senão me amigo, as motoquinhas entrarão com o buzinaço, Eu te disse, Eu te disse.
    Caramba, lembrar dessas motoquinhas realmente é cavar fundo o Baú né Jequeano, no fim desse ano que nao me venham super heróis tipo spectroman, ultraseven e tao pouco o Zorro para nos salvar.

    No mais, Confiança é meu nome do meio, Sds Tricolores.

    ResponderExcluir
  4. Que jogo sofrivel, alguns ali assinaram sua demissão...coisa feia.
    Aguardamos dias melhores......
    A esperança é a última que morre!

    ResponderExcluir
  5. Dacio diz que seu nome do meio é confiança; Cristiano diz que a esperança é a última que falece. As coisas não andam bem.

    Dácio, quando eu disse que o 5º lugar no catarinão já dizia o que ia acontecer, só vimos isso ser confirmado ontem.

    Cristiano e André (seja bem-vindo aos comentários, André, continue metendo o bedelho por aqui) apontam na mesma direção, dizendo que alguns assinaram a sua saída, e o André veio com uma linha de raciocínio interessante, de que talvez o Giba tenha dado uma última chance a alguns jogadores (embora eu ache que não foi isso que aconteceu, mas sim que o Giba acredita em alguns cabeçudos do time). Se foi assim, o Giba pensou muito bem.

    Sandro, o Aurélio Ramos (e este humilde - mas não tanto - blogueio) tem pregado que o mais importante é se manter na C. É claro que seria imprescindível subir agora, por razões financeiras inadiáveis, mas muito pior que não subir seria voltar à Serie D e atrasar, no mínimmo por mais dois anos, nossos planos. Como já disse, em 2014 ou 15, será feito o novo contrato de TV da Série B (ver post sobre o abismo intransponível) e em tal data precisamos, sem outra possibilidade de sobrevivência, estar na segunda divisão.

    Ah, e me respondam uma coisa. Eu fiz o post e publiquei ao meio dia. Vcs só tiveram conhecimento dele às 16h - foi só neste momento que os acessos ao "eu te disse" começaram, ou já tinham visto e só comentaram às 4 da tarde. Preciso saber para ver se há um delay entre a publicação e a disponibilização aos leitores.

    Ab, ST

    ResponderExcluir
  6. Eu li no horário de almoço, mas só tive mais tempo para comentar às 16h.

    ResponderExcluir
  7. Jequeano,

    Continuo lendo, mas não vou comentar mais nada, para não tumultuar seu ótimo blog.

    Meu e-mail continua à disposição (caso ele esteja funcionando, porque a mudança do site tumultuou um pouco as coisas).

    Abraço "anônimo".

    ResponderExcluir
  8. Beleza, André. Eu achei que estava havendo um delay, mas pelo jeito está ok. É que às vezes, durante o dia não temos tempo, mas hoje uma coincidência de que não houve comentários por 4 horas, e de repente, apareceram vários.

    Fernando, valeu pela contribuição aqui no blog. Pelo menos os acessos dispararam. Se houver alguma coisa que eu ache importante saber a posição do clubed antes de cometer algum post, te mando um email. Sobre o novo site, ainda não formei minha opinião, acho prudente que ele esteja testado e estabilizado antes de elogiar ou meter a lenha. Quando a tiver (a opinião), publicarei aqui no blog.

    Ab, ST

    ResponderExcluir
  9. Sandrão - JOINVILLE24 de maio de 2011 09:19

    O Fernando acreditou em você jequeano, quando dissetes que teu blog é aberto e sem censura. E que portanto, fala-se aqui exatamente o que se pensa, doa a quem doer, importando a todos nós somente o bem do glorioso tricolor.

    Aí ele fez exatamente isso... e se enrolou todo.. hahaha... faz parte!

    Eu já comprei a minha camisa retrô na pré venda do site. Rodou direitinho... agora vamos ver se a "degraçada" chega bonitinha... hahahaha

    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. O desenho animado pode ser A Caverna do Dragão também, ou seja, o JEC tá procurando o parque de diversões, mas não encontra devido ao Vingador (Gilton, voltou mas não quer jogar no JEC) e o Uni (Daniel) que não deixam os tricolores voltarem para a casa. Nesse caso a Série B.

    O "Nosso, nosso, nosso!" reforçou minha opinião e eu não fui ver o "mais do mesmo". Fazia tempo que isso não acontecia. Aliás, não lembro a última vez que deixei de ver um jogo do JEC em Joinville. E, pelo jeito, o "mais do mesmo" foi o "mais do mesmo". Haha Giba, começa a mexer nesse time pelo amor de Deus! Padre Bertino e Dom Gregório, orai por nós! Amém!

    Volta Juari e Perivaldo de 2001! Por favor!

    Fernando, o Dalonso terá autonomia no cargo? Como você mora em Florianópolis, acho que você deveria ser responsável por convênios e capitação de projetos. E, como você trabalha na receita federal, poderia estreitar as relações com Brasília. Aliás, esses dois projeto em trâmite a sua participação foi fundamental. Voltando ao Dalonso, sepero que não seja mais um cabide de emprego. Só de lembrar em politicagem no JEC, me dá calafrios. Compra de vaga, sem divisão, times lutando para não cair no catarinense...

    ResponderExcluir
  11. Leonardo
    Acho que o problema está no giba. Anda recebendo pra profissionalizar jogadores. e o time não está dando resultados, nem sei o que ele está fazendo no jec ainda. Espero que o próximo jogo seja pior pois ainda está em tempo de arrumar a casa.
    AH voces viram o novo site? Agora temos uma loja virtual e adesão de sócios online.

    ResponderExcluir
  12. Vamos aguardar o próximo jogo, se o Martineli criticar o Giba nos meios de comunicação é porque ele esta com os dias contados na comissão tecnica.
    Vamos aguardar e se alguém ouvir ou ler alguma declaraçao do nosso gerente de futebol comentem no blog.
    Abraços RAFAEL

    ResponderExcluir
  13. Mario L. Nascimento24 de maio de 2011 15:57

    Sem tempo e sem ânimo para comentar, meto a minha colher torta bem de leve, mas com uma certeza: o JEC não vai se classificar sequer para a segunda fase na série C. Teremos que torcer mesmo para não dar um passo atrás, ou seja, para não voltar para a série D.

    Da primeira vez já não dava para perdoar (empate em 2 a 2 com direito a gol do portentoso Miro Bahia). A segunda, pior ainda. Inadmissível. O JEC manteve o time que foi mal no estadual. O Concórdia, nem isso. Deve ter até jogador amador no clube. Sem nenhuma esperança para a série C, amigos.

    Uma pergunta para todos: vocês acham que o Giba é "o cara"?

    E os problemas são os mesmos. Não há profissionalismo e a prova disso foi a nota do Diego hoje em AN (tentativa do MV de impor a não escalação do Daniel). Assim não tem como funcionar. Se o jogador não está nos planos do clube, que seja dispensado. Se o treinador acha que ele pode (ou deve) jogar, não há porque estar fora dos planos. É o samba do dirigente doido. Assim o JEC não vai a lugar nenhum.

    Como já escreveu o França, é mais e mais e mais e mais do mesmo. Até quando essa incompetência continua?

    As perguntas de sempre:

    - quem contrata e com que interesses?
    - quem ganha com as contratações?
    - quem perde com as dispensas ou com o come e dorme?
    - se é para ter o time inteiro por interesse de empresário, por que não fazer um acordo com o famoso "sem sobrenome", que já provou sua competência em mais de um time?
    - o Moisés Cândido é um profissional rodado e competente, mas pouco se vê de resultado do seu trabalho no JEC. Qual tem sido o seu papel no clube?
    - quando alguém vai procurar dar ao clube a credibilidade de que necessita para buscar patrocínios dignos do porte da cidade e da torcida?

    ResponderExcluir
  14. Mario L. Nascimento24 de maio de 2011 16:03

    Agora me empolguei... hehehe

    O Mauro Ovelha finalmente foi campeão!!! Esteve perto outras vezes, inclusive no ano passado, de triste memória para os tricolores.

    Será que o elenco da Chapecoense é melhor que o do JEC? O time foi, sem dúvida, o melhor do campeonato, campeão com méritos.

    Alguém pode dizer o que acontece, que eles consegue e o JEC não?

    Será que é difícil enxergar que tem gente que não tem condição de estar nas posições em que está? Que por mais boa vontade que tenham, já "deu pra bola"?

    ResponderExcluir
  15. Mário: uma pequena correção: quem esteve perto de ganhar o título ano passado foi o Ramirez, que ganhou o primeiro turno. O Ovino passou longe (no acumulado perdemos de 5 a 1 do Avaí). E também, com o time que está jogando hoje, tenho medo na C. Esperarei as contratações entrarem em campo para refinar minha opinião.

    Rafa e Leonardo: não sei se a chapa tá esquentando pro Giba, e até agora, não vi nada que demonstre que ele é o cara, mas também técnico bom é artigo de luxo. Até na Série A tem uma cambada de enganador. Ele parece sério, trabalhador, e conseguiu montar um sistema que defende mais ou menos bem (no returno, em 9 jogos sofremos 9 gols, e pelo menos uns 4 foram falhas do Max). Na Série C é mais importante defender bem do que atacar bem, a meu sentir.

    Maneca, lembrar do Dom Gregório foi demais. Aqui em Joinville tem tanta teoria da conspiração que até o reverendíssimo bispo era tido e havido como traficante (lembram dessa?). Não é só no JEC que a conspiração faz suas vítimas.

    Sandro, ainda estou analisando o site. Fiz o caminho para comprar a camisa mas acho que não se chega a um site seguro (httpS). Estou equivocado? Esperemos, porque nos primeiros dias sempre há adaptações a serem feitas. O lay out achei meia-boca.

    Ab, ST

    ResponderExcluir
  16. Fala Jequeano, tu ja viu que é sempre a mesma coisa, bla bla bla daqui, bla bla bla delá, é nós torcedores, sofrendo as minguas, tem até Joinvilense tirando sarro do nosso time, essa Diretoria tem que rever isso, a meu ver todos que entram numa diretoria é para fazer o nome do clube ser motivo de alegria, satisfação, mas aqui é o contrário, os caras entram e colocam o time as mazelas, Meu Deus, quanta incompetência.

    PROFISSIONALIZAÇÃO JÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    No mais, Saudades do Ernestão, Sds Tricolores

    ResponderExcluir
  17. Mario L. Nascimento25 de maio de 2011 00:12

    Jequeano,

    sem querer teimar e já teimando, eu lembro do JEC do returno, não só das derrotar nas finais. Mesmo sem ser "o" time, venceu o Avaí em casa por 3 a 2, sob o comando do Ovino. O segundo gol do Avaí foi "ao apagar das luzes" da partida.

    Pela atitude e volume de jogo, 4 a 1 teria sido um resultado normal.

    Da mesma forma que o JEC passeou contra o time da (c)elite esse no returno desse ano também (e lá, perdemos para o Dadá, é bom lembrar).

    Continuo firme na minha tese: o elenco do JEC não fica devendo para o do campeão desse ano, para exemplificar. O que falta é transformar um conjunto de jogadores (nada excepcionais, mas bons o suficiente) em um time de futebol. Há algo que impede que isso aconteça com o pessoal que desfila de preto, branco e vermelho no Estádio Municipal do Bucarein. E não é falta de garra. Fosse assim, não estaria acontecendo há tanto tempo e com tanta gente diferente que já passou por lá...

    PROFISSIONALIZAÇÃO JÁ!!! (com a devida vênia, Dacio).

    ResponderExcluir
  18. O time não rendeu contra o "fechadinho" Concórdia? É verdade. Isso nos dá medo ao pensar no desempenho desse time na série C? Claro. Mas concordo com a coluna escrita no Sou JEC (aqui http://www.soujec.com.br/2011/05/tempestade-em-copo-dagua/). Temos bastante tempo pela frente e acredito que esse time pode jogar melhor do que naqueles jogos contra Avaí e Imbituba no Catarinense. Principalmente se nossos novos laterais apoiarem mais. O David parece que vai dar conta do recado. Vamos ver se no próximo jogo o Tarracha faz a parte dele. Valeu, galera. Saudaçoes tricolores.
    Ah, sobre a loja on line. Também encomendei, com mais dois amigos, trÊs camisas retrô do JEC. Não parei para ver se havia um site seguro Jequeano (HttpS), porém acredito que sim. Na parte final da compra o consumidor é direcionado para o site do PAGSEGURO do UOL. Falou!

    ResponderExcluir
  19. Concordo com o Jonas. É claro que nos preocupamos com a nossa equipe, queremos vê-la evoluindo, mas, quando olhamos para o lado, vemos equipes com dilemas muito maiores que os nossos. Eu me apego ao exemplo do Criciuma ano passado, fez um ridículo estadual e uma horrível copinha, e no final do ano estava estava comemorando o acesso. Este ano temos melhores condições do que eles tinham ano passado, olhamos para o elenco e vemos que temos jogadores que podem fazer a diferença. Os nossos adversários não são esquadrões, são equipes cheias de limitações. Acho que é excesso de modéstia dizer que o nosso objetivo maior é a permanência na C. Teremos até julho um time pronto para brigar pelo acesso.

    ResponderExcluir
  20. Fernandinho Santa Clara desembarcou no Vitória-BA. Vamos ver se o FDP joga alguma coisa lá.

    ResponderExcluir
  21. Emerson, tenho um amigo que é conselheiro do Tigre, e no ano passado, o orçamento do clube era de 900 mil mês, e o Angeloni botava do bolso 300 paus. O Time só subiu porque apareceu dinheiro.

    Jonas, não é questão que pode melhorar (e tem que melhorar), mas se é pra treinar o novo time, que comecemos logo. O jogo de domingo foi uma perda de tempo. Essa é a reclamação, a meu ver.

    Mário, É verdade, fizemos aquele baita jogo contra o Avaí no ano passado, mas na hora H, nosso time pipocou.

    Ab, ST.

    ResponderExcluir
  22. Mario L. Nascimento25 de maio de 2011 16:05

    Emerson,

    o Fernandinho é um caso clássico de grande jogador (provou isso nas suas melhores passagens por diversos clubes), mas que não tem cabeça para administrar a própria carreira.

    Já tinha estado no JEC em 2002 (então com 21 anos) e não deu certo. Alavancou sua carreira a partir de um campeonato excepcional pelo Caxias em 2003. Era o maestro do time, que perdeu o título para o José Acácio da Rocha no Scarpelli. Jogou muita bola.

    De sua passagem pelo Gualicho, sabe-se que era constantemente monitorado por jogadores mais velhos (Oliveira, Téio, Aldrovani) e pelo técnico José Galli, que sabiam tanto da sua grande qualidade quanto do seu pequeno juízo.

    No Paraná, chegou como estrela e não se firmou, justamente por não ter cabeça. Era chamado de Fernandinho maluco. Aprontou mais do que jogou.

    Acertou mais ou menos no Criciúma, depois de idas e vindas, com passagem sem brilho pelo Vasco.

    Sua passagem mais regular foi no Cruzeiro, onde perdeu espaço por conta de contusões. Esteve também no Galo Mineiro, sem maior destaque.

    Parece que o tempo passou e o Fernandinho não se aprumou. Continua sem juízo. Não sei como foram seus dias no sul do estado nem na Toca da Raposa. Mas pela experiência no Caxias, precisa de "controle externo". Não é de surpreender que não tenha acertado no JEC (nem em 2002 nem agora). Com a falta de profissionalismo reinante, jogador faz o que quer. Ficou um tempo, levou um caminhão de dinheiro (para os padrões das combalidas finanças do JEC), não jogou nada e foi embora.

    E la nave va...

    PROFISSIONALIZAÇÃO JÁ!!!

    ResponderExcluir
  23. Mario L. Nascimento25 de maio de 2011 16:31

    Pois é, Jequeano. É sempre assim. O time faz um ou outro jogo bom, mas não mantém a regularidade.

    Alguns jogos mostram que o time pode ser melhor. Para ficar em exemplos recentes, cito os jogos contra Figueirense, Avaí, Criciúma e Imbituba no returno deste ano.

    Por outro lado, não há como esquecer os vexames contra o Metropolitano, Concórdia e Marcílio.

    Alguma explicação há de existir. Por que não aparece? Meu palpite: não há ninguém no clube com competência para analisar. São todos amadores, achando que vão salvar o clube apenas com sua boa vontade. E quem teve competência para dizer o que acontece, foi mandado embora.

    E tem sido assim desde quase sempre. Para ser mais preciso, desde 1987, quando o time foi canetado para o módulo amarelo da Copa União, depois de ter sido o 12º na Copa Brasil 2006.

    É muito tempo. Mas a torcida tem paciência...

    PROFISSIONALIZAÇÃO JÁ!!!

    ResponderExcluir
  24. https://edsonjnovaes.wordpress.com/2015/01/29/eu-te-disse-eu-te-disse/

    ResponderExcluir