NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

12 de ago de 2013

PORQUE AQUI É O MEU LUGAR. EU VOLTEI.

Se Artur Neto voltou, se Arturzinho voltou, por que não posso eu voltar? Ainda que não pra sentar no banco do técnico, mas naquele lugarzinho de costume, lá na arquibancada.
- Pois o fato é que depois de quase um ano morando longe de Joinville (nesse ínterim, no interior do Paraná, fronteira com o glorioso Paraguai, e em Criciúma, escrevi apenas 34 textos, esse é o 35º e último longe das arquibancadas da Arena), estou de volta a "manchester" a partir de hoje, esta segunda-feira, e como canta o Rei (não o Artur, mas o RC), brilhantemente interpretado por Didi Mocó Sonrisal Novalgino Mufumbo, "agora é pra ficar, porque aqui, aqui é meu lugar" - ao contrário dos dois Artur, que voltaram e já vazaram.
É ótimo voltar pra perto da família, pra nossa cidade, a ver os jogos do JEC na arquibancada, em vez de ouvir pela rádio ou pela internet - lenta pra caralho -, pra cervejinha antes e depois dos jogos (amanhã estaremos lá, no lugar usual). É bom estar em casa. E quem sabe, dar uma ressuscitada no blog, se o time ajudar.

E o JEC também volta pra casa depois de um empate (Paraná) e derrota para o Paysandu, que frequentava a zona do rebaixamento. Tá foda. Nos últimos 8 jogos, 4 derrotas, 3 empates, e uma vitória, 6 pontos conquistados em 24 disputados. Medonho. 
Amanhã enfrentamos o líder Palmeiras, ao que tudo indica, sem dois de seus principais jogadores, Valdívia e Allan Kardec - espero que não soframos gols espíritas sem o mestre deles - e uma vitória pode nos colocar novamente entre os quatro melhores da tabela, apesar dessa sequência terrível de resultados.

Hoje pela manhã, houve a apresentação do novo patrocinador - a FREMAX - empresa de freios. Alguma inspiração somente para frearmos a sangria de pontos, e o número de gols tomados de forma boba. Não frear o ímpeto de atacar, de vencer, de voltar a fazer pontos. E um dinheirinho novo sempre é bom, pois segundo o presidente não cansa de alardear, o JEC tem um déficit mensal entre 200 e 300 mangos. 
Nessa oportunidade, Nereu foi ouvido - escutei parcialmente suas entrevistas na 89FM e na 103FM - e a ladainha continua a mesma: eu contratei jogadores bons, de renome, e eles não estão rendendo, o grupo não "casou". E se não renderem depois do jogo de amanhã, pode haver mudanças. Eu tô pagando tudo em dia, inclusive 20 contos por rodada no G4, e eles é que estão perdendo grana, etc, etc. Enquanto isso, a Chapecoense vai disparando, e nós remando no mesmo lugar.
Nosso técnico já escreveu até livro.
O primeiro problema é o técnico, sempre. Já mudamos o técnico e a má fase continua. 
O segundo problema, portanto, passa a ser os jogadores. A mudança já é cogitada, como expliquei acima. 
A diretoria se equivoca? - Imagina! Maria Antonieta já está alerta, e as cabeças que rolam, ao contrário do exemplo histórico, não são as da realeza. 

Botar o Eduardo à venda no Mercado Livre (além de ser piada sem graça e mais velha que cagar de "croca") também não ajuda.
Não é agourar, mas se notarmos, vemos que Drubscky saiu do Atlético-PR na vice-lanterna da Série A, e agora, com Vagner Mancini, o time curitibano está em 5º lugar, com o mesmo elenco. Por isso, nem se sabe se a opção pelo novo treinador foi uma melhora em relação ao treinador demitido (que nos venceu na última sexta-feira). Drubscky, pelo menos, deu uma amenizada nas declarações do presidente, e acho que o elenco pode entender o recado apaziguador do técnico, e quem sabe, trazer os jogadores definitivamente para o seu lado. 
De novidades, apenas o zagueiro João Paulo, relacionado (era um jogador para nos dar uma grande qualidade na bola parada, mas sequer estreeou), certamente no banco de reservas, e um ressuscitado Mateus Carvalho

Mas o importante é que amanhã, às 21h50, todos nós estaremos, de volta, à Arena. 
É isso aí. Meu cachorro me sorriu latindo. Eu voltei. Mas falta o JEC voltar a jogar bola após a pausa pós-Copa das Confederações. Que comece contra o Parmera, na noite de amanhã. AVANTE, JEC!

13 comentários:

  1. Jequeano, sejas bem vindo a nossa linda cidade, nosso JEC está num período turbulento, porque será que em todo o campeonato que disputa isso acontece, troca-se o treinador, mas as coisas não deslancham, já são dois anos assim.
    Vamos esperar que isso vá embora amanhã a noite, e que alguns jogadores entrem em campo pra jogar realmente, pois a apatia esta geral, assim eu naum aguento, todo Domingo e quarta feira cabrero e mal humorado não dá.

    No Mais, Reage JEC, Sds Tricolores!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Na pág. 48 de seu livro diz que "tudo dará certo no final..." vai se fuder porra, mais um palestrante? Eu quero é técnico, isto sim!!!

    Amanhã se perdermos vamos falar que é normal...e contra o Oeste támbem será?

    Chega de ladaínha, precisamos de ATITUDE, caso contrário, nos preparemos para ter um 2014 com o mesmo calendário, porém com uma dívida herdada de 2013...e isto me preocupa!!!

    ResponderExcluir
  3. Seja bem vindo a casa garoto, bom retorno....Olha, para se classificar a série A do ano que vem precisamos de 69 pontos + ou - , então temos 22, faltando 47 pontos pra atingir a meta, mas o problema -e que faltam 25 rodadas, ou seja temos que ganhar mais de dezesseis partidas em 25 jogos...pra mim já era .

    Abraços tricolores

    ResponderExcluir
  4. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/joinville/noticia/2013/08/torcedor-poe-lateral-eduardo-venda-na-internet-por-r-150-e-aceita-trocas.html
    kkkkkk eu que achava que ja tinha visto de tudo no futebol kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Mario L. Nascimento12 de agosto de 2013 20:35

    Ei-lo que ressurge das profundezas fronteiriças e carvoeiras. Bem vindo de volta à superfície!

    O fato de o Drurys ter deixado o Atlético-PR lá embaixo e o Mancini recuperado o time não quer dizer grande coisa. Técnico costuma ter prazo de validade com o mesmo elenco. O que é sério mesmo é que o JEC apresenta os mesmo defeitos há anos. Uma dúzia de técnicos já se foram e o que precisa mudar mesmo, não muda: a mentalidade amadora do clube. Há problemas que se repetem e não são tratados. O dep. de futebol tem um dono que não dá liberdade para os subordinados trabalharem. Impossível resolver os problemas desta forma. Podem vir o Guardiola com a seleção da Espanha. Gerenciando dessa forma, vão perder para o Camboriú, o Guarani da Palhoça, o Icasa, o Paysandu, o Pirabeiraba, o União Mildau...

    Acho que o Nereu precisa de um estágio em Chapecó. O time deles individualmente é muito inferior ao do JEC. Mas lá o Cadu e o Maringá trabalham com liberdade e sabem fazer os jogadores render. Têm um time limitado, mas coeso, unido e com vontade de ganhar. Quando pedi ao Badá uma vaga de estágio na Chapecoense, ele disse que o Maringá esteve recentemente fazendo um estágio no Coritiba. Isso me lembra que um pouco de humildade não faz mal a ninguém... Alguém tem um dicionário com todos os vocábulos da letra H?

    ResponderExcluir
  6. Estava esquecendo...seja bem vindo novamente.....rs

    Agora só falta pagar uma gelada pra nós!!!

    Será que eu escutei que será amanhã antes do jogo do Parmeras?

    ResponderExcluir
  7. Não é justo a zaga do JEC assistir o jogo de dentro do campo e não pagar ingresso! Se for pra assistir tem que pagar também! Em vez de marcar o jogador adversário ficam olhando a bola?

    ResponderExcluir
  8. Dácio, valeu pelas boas-vindas. Realmente toda quarta e sábado e ou domingo, com uma única exceção nas últimas rodadas, estamos cabreiros. Não sei o que houve.

    Fernando - onde tu viste que eu ia pagar uma gelada? Eu disse que ia beber uma. Ab.

    Sr. Notebooks: Rafael vem falhando constantemente. Caiu muito de produção. O João Paulo não se sabe, não se viu.

    Leonardo, essa aí de vender o Eduardo, que realmente não está bem, foi foda. Tem é que chamar o cara na chincha e não ficar de bobeira na internet.

    Anônimo: ano passado foi um exceção, em que só se subiu com 70 pontos, se não me engano. Às vezes sobe com 62, às vezes com 63. Já escrevi sobre isso, mas não me lembro quando. Podes ver na wikipedia sobre a série B dos últimos anos. Mas jogando como estamos...

    Mário, valeu. As entrevistas do Nereu de hoje, pelas rádios, vieram exatamente para dizer que ele não interfere no futebol, aliás, que interfere menos do que deveria. Será? Li teu texto lá no meujoinville. Very gudí.

    Ab, ST

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você lê porque quer. Leia outra coisa.

      Excluir
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  11. Bom, idiota, já apareceste o suficiente. Vai dar meia hora de bunda. Daqui por diante, serás excluído, sempre.

    ResponderExcluir