NASCEU CAMPEÃO

Tu és a glória dos teus fundadores

4 de fev de 2013

O JEC E O BLOG: RESPIRANDO POR APARELHOS, A COPA DO BRASIL E "A PELEIA" DAS PRIMA-DONAS.

O JEC, o blog e o "companheiro Chavez" inspiram cuidados
1. Sim, eu sei, que minha preguiça está deixando o blog às moscas. O blog está igual ao time, respirando por aparelhos. Uma derrota pra bugrada, em casa; um bom empate na Capital; uma vitória na conta do chá contra o Metrô; uma derrota sobrenatural contra o Camboriú, e uma vitória só da bola parada contra o Ibirama. Quatro pontos em doze disputados, ou seja, 25% de aproveitamento até o quarto jogo, uma melhora leve com a última vitória. Um início medonho, medíocre.
Contra a Chape o time morreu no segundo tempo; contra o Figueira venceríamos, até que o Lima deu azar e empatou o jogo para eles; contra o Metrô parece que fizemos um jogo sólido - não vi a peleja, meu filho estava de aniversário; e ontem, uma sucessão de fatos inexplicáveis nos levou à derrota: um primeiro tempo sólido, gols perdidos; na segunda etapa, um pênalti desperdiçado pelo Lima, e depois a virada do lanterna da competição. Contra "os alemão", vitória sem jogar bem. É duro. 
Estamos numa campanha digna de Gonzaga Milioli com Artur Neto. PQP! Voltarei aos últimos jogos e a Artur Neto.

2. Pois bem, o turno já foi pro beleléu (lá perto da casa do caralho). Ainda não me convenci que esse time pode dar liga. Falemos então da COPA DO BRASIL. 
Saiu a tabela da competição (veja aqui) e enfrentaremos, na primeira fase, o Aracruz-ES. Não podemos admitir que não passemos por esta equipe, embora seja o atual campeão capixaba. O escudo do clube é ECA - Esporte Clube Aracruz.
E aí, na segunda fase, pegaremos o Santos, do craque Neymar, Montillo e outros bons jogadores, o que nos permite tranquilamente aceitar que seremos desclassificados nessa etapa, mas teremos obrigações a cumprir nesse embate: primeiro, fazer um bom papel, pois teremos a obrigação de não levar uma sapecada; depois, teremos a chance de lotar o Estádio, fazer uma festa incrível, encher a burra de grana (uns dez mil ingressos a uns cinquenta reais), e dar ao JEC uma visibilidade há muito sumida. Vergonha na cara, rapaziada.

3. A PELEIA DAS PRIMA-DONAS
Já tive a oportunidade de morar no Rio Grande do Sul, em São Borja para ser mais exato. Então vou contar uma historinha fictícia - hehe. Lá em São Borja havia um artista nativista, o Mano Lima. De outra banda gaudéria, tínhamos o Neto Fagundes. Chamemos um de Lima e o outro de Neto, pra abreviar. E os dois deram pra se estranhar. 
Num show (que se revelou uma catástrofe) em Camboriu, Lima tocou uma música (chamada "A 9,15 metros do gol") que era pra ser interpretada em dueto entre Neto e Leandro Costa. Aí Lima desafinou, e a orquestra junto com ele. 
Depois do show, Neto disse que Lima tinha de ensaiar mais, e este então pediu um tempo pra se preparar pro próximo (ou melhor, para um dos próximos shows). Lima, então, não vem tocando sua gaita. 
Depois de um dos concertos no Arena Credicard Hall em Joinville, deu-se o bate-boca (não entre eles, mas pela mídia que acompanha o embate das prima-donas). Um disse que a música nativista não pode ficar refém de quem não quer mais nada com ela, e que ele, o Neto Fagundes, já fez muito pela companhia e pela plateia em outras épocas; o outro, irônico, disse que ainda está ensaiando, que não voltou à velha forma musical. 
E nisso tudo, quem se fode é a banda e, principalmente, a plateia que perde a oportunidade de ver seus ídolos atuando conjuntamente. 

A infantilidade de nossos artistas é de lascar. Neto Fagundes deveria, desde logo, dar a razão correta da briga: o pênalti perdido em Camboriu (ops, a música mal executada em Camboriu) quando a ordem era para outro interpretá-la, e não vir a público dizer que Mano Lima não pode tocar porque não ensaiou e está fora de forma. 
Mano Lima não deveria ser irônico, mas sim aceitar o banquinho do piano que recebera, e quando a plateia estivesse insatisfeita com o espetáculo apresentado, ele teria a sua volta pedida por aclamação pela multidão de ouvintes. Mas não, um prefere dizer que o outro é bobo, que toca com o violão invertido, que desafina no dó de peito. Escolheram o pior caminho. 

Eu prefiro Mano Lima - até porque ele já fechou contrato de lançar mais dois discos pela atual gravadora, um a cada ano, e acho que Neto Fagundes vem há uns bons anos desafinando em suas composições, e até agora o seu grupo não está jogando por música, como se costuma dizer. 
Ademais, a crítica especializada vem dando seguidas mostras que está descontente com a atenção que Neto Fagundes vem dando a ela, atrasa os recitais, só toca quando quer, sem perceber que a satisfação que a crítica pede não é só para ela, mas principalmente endereçada à plateia. Um conhecido crítico musical, o Vieille François já dizia que o Neto Fagundes é prima-dona, implica com tudo, é cheio de manias. 

O presidente da gravadora não fala nada, tá tentando botar panos quentes na contenda musical, mas me parece que mais cedo ou mais tarde vai ter de botar o pau na mesa, no estilo-Ratinho-de-ser. E se os próximos concertos não forem grande coisa, a decisão ficará facilitada. 
Colegas de Mano Lima, como o cantor regionalista (pela região da direita) Ednardo, e contratado da gravadora há bastante tempo, já se manifestaram a favor deste. Parece-me que o vencedor da trova já está decidido, só falta anunciarem o vencedor da "Sapecada da Canção Nativa". Logo saberemos. Um empate, a esta altura, já parece pouco provável. Mas é bom a peleia se resolver ligeiro, porque a plateia já tá ficando de saco cheio (e até entre ela já começam as desavenças entre a plebe ignara, uns gritando a favor, outros vaiando o artista).

Nessa toada - e porque todo artista tem de ir aonde o povo está - confesso que essa contenda gauchesca já me encheu um pouco o saco, e recomendo aos gaudérios nervosinhos que ouçam um pouco de outro tipo de música, esta de Tom Jobim: "se você pretende sustentar a opinião, e discutir por discutir, só pra ganhar a discussão, eu te asseguro pode crer, (...) às vezes é melhor perder do que ganhar, você vai ver". AVANTE, JEC!

35 comentários:

  1. O Ednardo no final do último show falou nos micronfones que a platéia está errada em vaiar o Mano Lima. Quem ele pensa que paga o cachê dele? É uma anta mesmo. Tá que é um pavão misterioso.

    ResponderExcluir
  2. Ô jequeano, tá mais sumido que nota de 100, hehe. Resumindo,sou mais o Lima. Não encontraremos outro camisa 9 com o perfil deste, e como dizia o alagoano, com o veneno da serpente. Sei que muitos colegas tem opinião diferente, mas se o cara quer ser estrela, que seja aclamado estrela. Quanto mais encher a bola,mais ele jogará. Sou mais o Lima, que saia o A. Neto. Ele disse em entrevista que não veio de série D nem C, ele veio de série A. Grandes merda, treinou quem, ganhou o que? A. Goianiense até aquele sarrafo de bater em doido treina(o A. que nos Fuck). Pra mandar o Limatador embora, antes tragam um nove decente, o coitado do Ronaldo, no jogo contra os índios de Ibirama estava mais perdido que surdo em bingo, sem condições. A verdade é que se for dar pau, é o Lima quem vai sair, o A. Neto tem o aval do presidente, e este é mais teimoso que mula velha. A bronca que criou com o Arturzinho que o diga. Baita técnico desperdiçado por orgulho do presidente.

    Grande abraço do amigo Wanderlei Fodi

    ResponderExcluir
  3. Fala Jequeano, não esquece de nós, escreve ae, que "nós" comenta.
    Agora, quanto ao caso Lima, minha humilde opinião e com aval do retrospecto do tartaruga ninja, seu carater não é dos melhores e suas declarações ano passado reforçam isso, e tambem dentro de campo desde o final do ano que ele não faz nada, não to falando de gols, me refiro a garra, vontade, não se vê isso no cara, então nessa queda de braço eu fico com o treinador (seja qual ele for).
    Espero que essa tormenta passe e tudo volte ao normal, chega disso, time que quer se campeão não pode ter essas picuinhas.
    No mais, o JEC É MAIOR QUE TUDO ISSO, Sds tricolores!!!!

    ResponderExcluir
  4. Mario L. Nascimento5 de fevereiro de 2013 00:20

    E eu que achava que este seria o ano do Lima...

    Ainda pode vir a ser, já que estamos muito no começo. O Lima tem futebol pra jogar onde quiser. E este é o problema: ele querer. Não sabe lidar com autoridade e, muito menos, com egos alheios. Se ele não for a estrela da companhia, tumultua o ambiente. Vide a chegada do Ramon. E a confusão foi até a mesma que a de Camboriú: ele queria bater o pênalti, quando o escalado era o Ramon. O Marcelo Costa não se impôs e deu no que deu.

    Uma hora alguém vai descobrir que o JEC não pode se tornar refém de um jogador com esta personalidade. Pelé foi o Pelé porque não quis ser (embora o fosse) maior que o Santos Zico foi o Zico porque não quis ser maior que o Flamengo. Nardela foi o Nardela porque não se atreveu a ser maior do que o JEC. Estas coisas só funcionam quando trabalham juntas. O Lima não descobriu isso. E pelo jeito nunca vai descobrir. Pelo tempo que tem de clube, já deveria saber. Só que ele parece não se importar com a instituição. Preocupa-se, isto sim, com ele e com a torcida.

    Creio que ele está fazendo muito mal ao time e pode fazer a receita desandar de vez. Suponhamos que a diretoria o afaste. Ele já tem advogados dentro do elenco, como se pôde perceber. Como o treinador vai proceder com estes? Que vontade vão ter de acertar o time, se seu líder está fora? Em mais 2 jogos cai o time na tabela e mais gente cai tbm.

    Se, ao contrário, cair o treinador e o Lima voltar ao time, o que acontecerá se ele não gostar também no novo treinador?

    Sinuca de bico!

    Mas o Santos (time pequeno então) soube ser maior até que o maior de todos. Muito porque Pelé soube fazer do Santos maior que ele. Zico ajudou o Flamengo a ser maior ainda do que já era. E o Flamengo guardou um lugar especial para o Galinho na sua história e no coração da sua torcida. Nardela engrandeceu o JEC e hoje é uma unanimidade.

    Que lugar o Lima quer ocupar no coração da grande massa tricolor? O de um ídolo? O do maior artilheiro de sua história? Ou o do cara que quase chegou lá, mas foi impedido pela própria falta de profissionalismo?

    ResponderExcluir
  5. O lima só fez gols. Só.
    Para ser ídolo, precisaria muito mais.

    Sabe quem tem talento igual mas está anos luz à frente do lima em termos de idolatria? Chama-se Ivan.

    Sabem como o lima será lembrado daqui 15, 20 anos? Pura estatística.

    Já o Ivan, será lembrado como ídolo, entre os melhores goleiros que o Jec já teve. Mostrou amor à camisa, disse que jamais jogaria em outro time de SC. Sempre com boas atitudes e declarações. E olha que sei de umas dele lá dentro. Mas ficou lá dentro.
    Ídolo tem de ser o melhor dentro e fora de campo.

    Ainda dá tempo pro Ivan se estragar, o que acredito que não acontecerá.
    E ainda dá tempo pro lima tomar jeito, o que acredito que não acontecerá.


    O lima já tá colocando panos quentes. Mas acontecerá o de sempre: alguns resultados negativos e o técnico cairá. O lima ficará, será artilheiro recordista do Jec, e quando sair do clube, a maioria dará graças à Deus.

    Agora, ao meu ver o maior tanso nessa história é o Artur Neto. Ao invés de mostrar isso pra imprensa, deveria ter obrigado o lima a treinar junto com os outros jogadores e botar ele pelo menos no banco nos jogos. Mas não, agora o babaca do jogador fica parecendo um injustiçado.

    E de duas uma: ou o lima é um coitado sempre injustiçado por todos os treinadores que passam no Jec e sempre menosprezado na hora de assinar contrato novo, ou é muita coincidência ele fazer corpo mole nessas horas.
    Eu não acredito em coincidências.

    O lima deveria gastar aquele caminhão de dinheiro que ele ganha do Jec todo mês com uma assessoria pra ensinar ele a cuidar de sua imagem.

    O melhor desfecho seria se um clube comprasse o jogador. Multinha rescisória paga e talz...

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Jequeano;
    Importante mencionar que o Mano Lima não tem o mínimo de carisma com a torcedor, eu tive o desprazer de encontrá-lo um dia e fui cumprimenta-ló, o cara foi extremamente arrogante.
    Mais se ele jogassse bem (bem sempre) que se foda, mais o cara é mimado parece piá pançudo, se não for como ele quer grita e esperneia, e sempre tem alguém para abraçar e dar aquilo que ele pede.
    Ele só jogou no JEC, onde mais ele jogou? Claro aqui fazem todas as vontades da criança, vai se foder esta na hora de acabar com essa putaria.
    Alguém tem que bater na mesa e dizer chega, aqui não magnata, agora todo mundo passa a mão na cabeça da criança, vem passar a mão na cabeça do....(deixa pra lá).
    Porra Jequeano o Mano Lima esta demonstrando ser um agitador, concordo com Mário fez o mesmo na chegado do Ramon.
    Todos sabemos que Neto Fagundes é um sarna, cheio de manias, superstições...Mais é o técnico e deve ser respeitado, ninguém me tira da cabeça que ele irão a Floripa de sangue doce, a fim de derrubar o treinador e quem se fode nessa bagunça o torcedor.
    Jequeano, já conversamos acerca disso, e sei de que lado você ficaria se fosse consultado, só que não podemos ficar reféns de boleiro, principalmente daqueles que até o momento não demonstrou ter um caratér ilibado, não estou falando se tratar de um mal caratér, só que para o ideal falta muito, todas as confusões o cara esta no meio.
    Tem que rever seus próprios conceitos, e voltar jogar bola, já demonstrou qualidade.
    Abraço RAFAEL

    ResponderExcluir
  7. http://1.bp.blogspot.com/-u6_anRw4YOE/URBryH0Hy7I/AAAAAAAABWI/zbDRiOyHD50/s1600/61782_411867758901675_593296577_n.jpg

    Segue o link do blog do Rodrigo...A montagem é muito boa...
    Abraço RAFAEL

    ResponderExcluir
  8. Rafa, boa a montagem. Sei que você está magoado porque o Mano Lima não te deu bola. Esquece essa frustração amorosa...
    Lima não é ídolo absoluto (desse naipe, para mim, há poucos - Nardela, Paulo Egídio (os meus dois maiores) e mais um ou outro), mas é atacante fora de série (ao menos para o JEC e sua história). Já disse que a hora que ele for embora vamos começar a contratar bondes e ter saudades dele.
    O Artur é treinador. OK! Mas pergunto: se a briga fosse Lima x Argel ou Lima x Miliolli ou Leandro Machado, do lado de quem ficaríamos. A briga é entre pessoas que marcaram a história do JEC, e por isso a repercussão.

    Bocão, vulgo Parreira (o gol é só um detalhe): ele faz gols - e só. SÓ??? Se ele for embora, em dois meses vão ter saudade, e daqui a vinte anos, quando as paixões arrefecerem, vamos dizer - inclusive tu - ah, como era bom o Lima. E o Artur Neto, com Lima ou sem Lima, ou faz esse time jogar ou vai ser demitido de qualquer jeito. Nossa posição correta do campeonato é o sétimo lugar. Aproveitamento de GIBA.

    Mário, o Lima não tem a capacidade futebolística, muito menos intelectual de ser um Pelé, um Zico, um Falcão, um Sócrates, jogadores que fizeram o clube maior do que já eram, e nunca quiseram ser mais do que o clube. Mas eram outros tempos.
    Acho que a reconstrução do JEC passa pelas administrações melhores que as de um passado recente, mas também pela manutenção de jogadores importantes por algum tempo, tais como Ednardo, Lima, Ivan, Ricardinho (desse eu não gosto de jeito nenhum, penso que precisaríamos um jogador mais efetivo pelo lado direito da meia-cancha). O Lima é um cu-de-encrenca? É! O Ricardinho é um cara gente fina? É! Mas se fôssemos jogar uma pelada, quem tu escolherias primeiro pro teu time? É isso que quero dizer - não podemos deixar essas picuinhas nos fazer perder um jogador de 30 gols por ano. Atacantes desse naipe não estão por aí, e se existem, estão acima das nossas possibilidades financeiras.

    Dácio, não esqueci, só ando com várias questões a resolver - por exemplo, daqui a pouco volto do Paraná e volto para SC, embora ainda não em Joinville. Falarei mais sobre isso nos próximos dias.
    O Lima nunca foi jogador guerreiro. O negócio dele é jogar, do jeito dele. Ele não é jogador bunda no chão, mas sim usar sua habilidade pra fazer gols. Não quero ver o Lima dando carrinho, mas sim fazendo o que ele sabe. Como diria o Parreira Bocão: SÓ GOLS!

    Wandeco, como disse, tenho algumas questões profissionais a resolver, e isso me fez sumir um pouco. Espero retomar a freqüência das postagens. Também sou mais o Lima, ainda mais que me lembrastes do aposentado alagoano: ele tem o veneno da serpente - hahaha.

    Jonas, acho que os jogadores há mais tempo no clube se protegem, e estão uns ao lados dos outros. Eduardo defendeu o Lima, por que o Artur não o afasta também pra ver a merda que vai dar? Uma coisa a se pensar para um próximo post é se já podemos começar a julgar se esse elenco montado neste ano é melhor do que o do ano passado. Tenho minhas dúvidas.

    Ab, ST

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero o Boneco Assassino de volta......

      Excluir
    2. Mario L. Nascimento6 de fevereiro de 2013 10:15

      Para apimentar a discussão, entrou no viés do ídolo da torcida. Por seu desempenho em campo, o Lima é um candidato ao posto. Para muitos, já o é. Mas suas atitudes não o credenciam. O ídolo é o cara que, mesmo que seja por obrigação, sabe que deve no mínimo dar atenção aos torcedores. Para não ficar nos exemplos anteriores, cito o Cristiano Ronaldo. Não deve ser o cara mais simpático do mundo. Mas age profissionalmente tanto com o time (dedicação, respeito à hierarquia, companheirismo etc.) quanto com os torcedores.

      Como o Rafael já contou (e não foi o primeiro), o Lima não está nem aí pra torcida. Faz o tipo com a União e só. E se esta resolver pegar no pé dele, vai sofrer da mesma forma.

      É só um sujeito egoísta, egocêntrico e que acha que todo mundo deve atender aos seus caprichos. É competente no que faz. Mesmo 2012 não tendo sido um grande ano para ele, marcou 31 gols entre estadual, série B e copinha. Convenhamos que a marca é de fazer inveja a qualquer um. Por outro lado, o Lima age com a torcida e o clube como um autêntico cafajeste: "faço o que quero e você tem que aceitar porque gosta (ou depende) de mim". Quem gosta de ser tratado(a) desta forma?

      Ou ele muda, ou é melhor que se vá. O clube, o time e a torcida não podem continuar reféns de alguém com esse comportamento.

      PS 1: Por favor, não interpretem o que escrevi como defesa do Artur Neto. Todos sabemos que ele também tem lá suas idiossincrasias. Mas é o comandante e precisa ser respeitado.

      PS 2: Tenho pena do Nereu. Quando fez o planejamento bem feito, contratou bem e tinha tudo para começar o ano muito bem, é colocado contra a parede.

      Excluir
  9. Quando eu dizia que esse elenco não é melhor que o do ano passado eu era burro.

    Jequeano, seu analfabeto gay, eu disse que PARA SER ÍDOLO não bastam apenas gols.

    Se o lima fosse tão bom assim por que então ele não fez a menor diferença para subirmos da série D para série C, para sermos campeões da série C e em qualquer campeonato catarinense? Por que ele ficou tomando trocentos cartões ano passado e não fez gols durante quase todo o segundo turno?

    Ei, tu tá olhando pro lima e vendo um híbrido da seleção de 70. Ele é bem menos que isso.

    Me diga fatos. Em que título ele ao menos ajudou?

    ResponderExcluir
  10. E outra, pagam pro lima 60 ou 70 mil, de acordo com a imprensa, mas querem um substituto pra ele pagando 20. É claro que nunca haverá uma sombra desse jeito.

    E o amiguinho dele, o Eduardo, será mais um Gilton no que tange o retorno para o Jec. Decidiram não vender o Gilton por um milhão achando que ele era o Gerson. Não querem vender o Eduardo e vão ficar com ele aí até Deus sabe quando. Aquela super fase dele ficou para trás, mesmo eu achando que ele está jogando bem.
    Tá faltando timing pra fazer negócio no Jec.

    ResponderExcluir
  11. Ai que tá, pega o Capixaba de volta, jogador guerreiro, ja deu dois passes pra gol só nesse campeonato, em um tentou cabecear espirou e sobrou pro outro jogador, mas foi passe, coloca ele ali junto com o Ronaldo e Ricardinho pra vcs ver. Lima ja era esse negocio de centrovante que faz muitos gols nao cabe mais no futebol moderno, gols é coisa pra zagueiro fazer de cabeça, centroavante precisa marcar os zagueiros.
    Ab
    Fabricio

    ResponderExcluir
  12. Mario L. Nascimento6 de fevereiro de 2013 11:24

    Ah... Esqueci de uma correção MUITO IMPORTANTE. Quem citou a peçonha do ofídio esqueceu-se de qualificativo assaz importante. A frase exaustivamente citada pelo nosso preclaro ex-colunista, alcunhado com o nome de capital nordestina, é "o veneno MATADOR da serpente".

    Veneno este que estava presente, diga-se, já nas pernas brancas de Norberto Hoppe, há mais de 50 anos. O "Alemão" do Caxias tinha a mesma especialidade do Lima, fazer gols. Mas era ainda melhor do que este na arte. Cidadão correto e ciente de sua condição de ídolo, jamais deixou de dar atenção aos fãs. Vinho da mesma pipa (olha ele aí de novo...) é também o Fontan. Ídolo (do Caxias e do JEC, nesta ordem) e que nunca desafiou nem seu clube nem sua torcida.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Normalmente esse Jonas só fala asneira, mas dessa vez tenho que concordar com ele.

    O Eduardo é um idiota. Dizer a um repórter que a "torcida do JEC precisa ter vergonha na cara" é um absurdo!
    Quem é ele?
    Quem precisa ter vergonha na cara é ele.
    Jogador que não seria nada se nao estivesse no Joinville. Tentou em pelo menos 3 oportunidades sair do jec (vide Palmeiras, Figayra e Atlético-MG).
    O Presidente Nereu Martinelli deveria chamar esse lóqui para uma conversa e determinar que se retratasse com a torcida.
    Afinal, somos a maior fonte de renda do clube (sócios). E sim, temos vergonha na cara. De outro lado, tem lateral meia boca que prefere lamber a cloaca do atacante mascarado.
    Gostaria de ver a reação do Nereu Corleone na hipótese de uns 100 torcedores descontentes com a declaração do Eduardo resolvessem cancelar a carteirinha por tal motivo.
    Abraços.

    Pedro Paulo

    ResponderExcluir
  15. Pedro Paulo, posso estar enganado, mas acho que é a primeira vez que comentas por aqui. Seja bem-vindo.

    ResponderExcluir
  16. Sandrão - JOINVILLE7 de fevereiro de 2013 17:37

    Porque os comentários das jequeanas são sempre removidos do blog??? hahahahahahaha

    ResponderExcluir
  17. É verdade Jequeano. Primeira vez. Sempre acompanho o blog mas nunca tinha comentado.Parabéns pelo post. Bela (anal)ogia. Já que são gaúchos né!
    É que fiquei puteado com esse carniça do Eduardo. Um belo de um jaguara. Acho que uma retratação na coletiva pegaria bem. Não achas?

    Abraços

    Pedro Paulo (não o ex-zagueiro haha)

    ResponderExcluir
  18. Sandro, o comentário era meu, mas a senha guardada pelo computador já sabes de quem era...Fiquei puto e exclui.

    PP, se fosses o zagueiro diria que estás fazendo falta. Eu simpatizo com Eduardo, acho que é dos nossos melhores.
    Ab, ST

    ResponderExcluir
  19. Edson Párana; fpolis (vão pro inferno manezada do caralho)8 de fevereiro de 2013 14:05

    HAHAHA KKK AE FIGURAÇA TRICOLOR SANDRÃO, A EXPLICAÇÃO (desculpa) CONVENCEU A VC ? HAHAHA KKK KKK A MIM NÃO. SE LIGA NO MOVIMENTO MEU CARO JEQUEANO ! SAUDAÇÕES TRICOLORES A TODA GRANDE MASSA TRICOLOR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandrão - JOINVILLE21 de fevereiro de 2013 17:06

      Pela amizade.. a gente faz de conta que acredita.. hahaha

      Excluir
  20. O aproveitamento do JEC na seis primeiras rodadas em 2013 é de 44,44 %.
    Nos anos em que o JEC foi campeão o menor aproveitamento equivalente foi de 50% e na média foi de 64,65%.
    Nos anos em que o JEC foi vice o menor aproveitamento equivalente foi de 33,33% e na média 57,77%
    Ou seja, a luz da estatística considerando apenas as seis primeiras rodadas o jejum no catarinense deverá continuar
    Torçamos e esperemos... tomara que os números nos desmintam.
    Um abraço e bom carnaval

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que importa é chegar à final e ganhá-la, independente do caminho percorrido. Estatística em futebol só se olha depois do jogo, pois não muda o prognóstico de nada.
      A chance do JEC perder para o Camboriu, em termos de probabilidade, era de quantos por cento? Só me responde essa pergunta e entenderás que, ao menos no futebol, não há lógica...

      Excluir
  21. ÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔ
    O Ricardinho voltÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔ
    O Ricardinho voltÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔ
    O Ricardinho voltÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔÔ ÔÔÔÔÔ

    ResponderExcluir
  22. Respostas
    1. Bocão, seu falador do car....rsrs

      No mínimo tu queria o Miro Bahia de volta ao tricolor....rs

      Porra, será que o Eduardo não vai parar de puxar o saco do Lima? Alguém da diretoria precisa chamar ele num canto e só pedir para jogar bola...pois isto ele sabe fazer e muito, agora dar entrevista tá foda!!!

      Domingo.....JEC 2 x 1 Carvoeiro

      Excluir
    2. Nem fala nada. Eu sou o cara mais pé quente do mundo. O Jec deve o empate com o avaí por eu ter chego no Meurer momentos antes.
      Meus bons fluidos e o cuba da sorte que eu tava tomando fizeram toda a diferença.

      Você, Fernandinho, é um merda. Bem como a língua do Eduardo.
      Uuuuuuiiiiiiiii, tão falando mau do meu bofe!!!!!!! Vô potegê meu machochô...

      Excluir
  23. Jequeano, que jogo foi esse, to rouco ainda, que garra dos nossos jogadores, e os novos que entraram me deixaram com uma boa impressão. vamo la JECAO, Segundo turno melhor ainda.

    sds Tricolores

    ResponderExcluir
  24. Jequeano....Nao precisamos do Lima!!!!!Leva ele com você para a terra do tatu...kkkkkkk.....Abraço RAFAEL

    ResponderExcluir
  25. Edson Párana; fpolis (vão pro inferno manezada do caralho)18 de fevereiro de 2013 15:05

    HEIM CARO AMIGO JEQUEANO, NUNCA MAIS VOU TELEFONAR PRA TI OK. UI UI IUI NOSSO AMIGO BOCÃO ENFIM ASSUMIU AQUELE LADO QUE POUCOS ATÉ ENTÃO CONHECIAM, HAHAHA KKK KKK HAHAHA. PÔ NOBRE TRICOLOR BOCÃO DEMOROU MAAAAAAAS, HAHAHA HAHAHA. MUDANDO, CONVERSEI ONTEM A NOITE VIA CELULAR COM O TORCEDOR (ta faceiro com o desempenho do time dele igual pinto no lixo) DA chapequena ou chapeOQUE GIOVANE MARTINELLO E ESSE ME FALOU QUE O JOGO DE ONTEM FOI O MAIS MAIS QUE ELE VIU NO ESTADO CATARINENSE. DISSE TBM QUE ACHA QUE O TRICOLOR VAI ENCOMODAR NO SEGUNDO TURNO IGUAL PULGA NA CAMISOLA. TOMARA QUE ESSE ''LOCO'' TENHA RAZÃO. GRANDES E FORTES ABRAÇOS A TODA GRANDE MASSA TRICOLOR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandrão - JOINVILLE21 de fevereiro de 2013 17:10

      Edson Paraná...
      Tens que vir pra cá assistir algum jogo conosco!

      E vê se pára de tocar fogo nos busão aí de floripa rapá... hahahahaha

      Excluir
  26. Pra um time enjambrado como o nosso ate que a campanha não é ruim né? Cuidado com o Guarani hein. Time perigoso pra "arrumar a casa" e manter treinador.
    ab Fabricio

    ResponderExcluir
  27. Teu time não tem nada de enjambrado Fabricio, ele tá é bem arrumado em campo....mais do que justa a conquista ...parabéns !!!!

    Abraços tricolores

    ResponderExcluir
  28. Edson Paraná; fpolis (vão pro inferno manezada do caralho)4 de março de 2013 17:31

    Kd vc caro amigo Jequeano ? Nem com 7 + 0 dá as caras ! Tem idéia quando vai voltar pra região Norte Catarinense ? ST.

    ResponderExcluir